Inglaterra

Uma das nações constituintes do Reino Unido, a Inglaterra é conhecida por diversos motivos, como ser a terra da rainha, das cabines telefônicas, dos Beatles, do Big Ben, do chá das cinco e da pontualidade.

É uma potência europeia, com o foco em uma política de desenvolvimento e evolução. Além disso, o país tem diversas facetas e abriga a todos sem distinção. Sem contar que é um dos países mais tradicionais do mundo e um dos destinos mais visitados por turistas e estudantes de diversos lugares.

Quase 20 milhões de turistas de todo o mundo visitam a terra da rainha, onde tradição e modernidade se unem em perfeita sintonia.

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Até o metrô na Inglaterra é ponto turístico

Informações úteis

Capital: Londres
Moeda: Libra esterlina
Idioma: Inglês
População: 65,9 milhões
Requer Visto: Não
Requer Vacinas: Não
Eletricidade: 240v
IDH: 0,907 (14º)

Quando ir a Inglaterra

Por estar localizado no hemisfério norte, as estações da Inglaterra são contrárias às brasileiras. No Inverno o clima é gelado, porém, o local é muito bem preparado para receber os dias mais frios do ano. A temperatura pode variar entre 5°C e 10°C.

Durante o Verão, a temperatura é bem agradável, variando entre 16°C e 21°C, entretanto, essa é a estação do ano que mais chove.

Quando ir à terra da rainha vai depender das suas preferências climáticas. A maioria das pessoas considera os meses de maio a setembro como os mais agradáveis para conhecer o país. Se você gosta de frio, os meses mais apropriados são janeiro e fevereiro.

Alta temporada (de junho a agosto): em relação à temperatura, o meio do ano permanece na média dos 20°C a 25°C. Por ser alta temporada, as acomodações e alimentação têm os preços mais elevados nessa época, por conta do pico nas férias escolares de verão na Inglaterra.

Média temporada (março a maio, setembro a novembro): A primavera é sempre uma boa estação, os dias vão ficando mais longos, e apesar de alguns dias frios, é possível ter dias ensolarados e com preços bem mais razoáveis. Já no outono, as temperaturas geralmente são agradáveis, os dias são ensolarados com pancadas de chuva repentinas. Os ingleses chamam a época de Indian Summer, com dias quentes, úmidos e abafados. Os turistas acabam ganhando nessa época por conta dos preços reduzidos. As crianças inglesas estão em período escolar, então as atrações turísticas em dias de semana costumam estar vazias.

Baixa temporada (de dezembro a fevereiro): de dezembro a fevereiro o clima é frio e chuvoso. Especialmente no Norte, as chances de nevar são grandes. Os dias são mais curtos, anoitecendo por volta das 16h30, o comércio abre com horas reduzidas e algumas atrações fecham por completo. Mas em compensação os preços ficam mais baixos.

Verão na Inglaterra: Algumas cidades mais turísticas, como Bath, podem ficar bem cheias e no verão você pode enfrentar congestionamentos e muita fila nas principais atrações turísticas. Para compensar, os dias são mais longos – amanhecendo entre 3h e 4h da manhã e anoitecendo por volta das 21h –, significando que o comércio e os pontos turísticos permanecem abertos até mais tarde.

Como chegar no Inglaterra

Por conta da importância do país como destino turístico a capital, Londres, é uma cidade conectada com o Brasil e o resto do mundo. Os turistas encontram voos diretos de São Paulo e do Rio de Janeiro e em algumas ocasiões é possível encontrar voos mais baratos fazendo escala em alguma cidade da Europa.

As opções de voo

A companhia British Airways faz voos diretos a Londres do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Guarulhos em São Paulo. Já a TAM realiza saídas e chegadas apenas do aeroporto de Guarulhos.

Para quem vai viajar para outros países da Europa, a dica é pesquisar os voos com as companhias EasyJet, Ryanair, Vueling, Norwegian, Air Berlin e Transavia.

Transporte no País

MiniCabs: Os táxis alternativos de Londres são conhecidos como MiniCabs. O serviço é prestado por carros normais, com os valores das corridas mais em conta. Os preços não são calculados no taxímetro, mas sim por uma tabela da empresa.

Além do preço, a diferença com os táxis tradicionais é que esse tipo de serviço não pode pegar passageiros na rua sem terem sido contratados antes. Para reservar, peça no seu hotel indicações de empresas confiáveis. Os carros terão um adesivo do órgão oficial de transporte, Transport for London, nas janelas.

Trem: Com mais de 16 mil quilômetros de ferrovias, no centro de Londres há 15 estações ferroviárias principais que partem os trens para o interior da Inglaterra, para a Escócia e País de Gales. Como as estações se encontram bem na área central, não há perda de tempo com deslocamento e o transporte é fácil e confortável e os bilhetes podem ser comprados com antecedência.

Car Pooling: CarPooling consiste em compartilhar um veículo e suas despesas em uma viagem entre vários passageiros. É uma solução econômica com possibilidades de conhecer novas pessoas e uma alternativa para ajudar o meio ambiente. Basta acessar o site que oferece o atendimento, informar a data e o destino e as opções de carona irão aparecer.

Metrô: Considerando que o metrô de Londres é o mais antigo no mundo, o país tem experiência nesse tipo de transporte. São cerca de 300 estações e mais de 400 km de linhas de trens subterrâneos. Por conta disso, é fácil localizar estações próximas por toda a cidade. O tempo de espera na estação normalmente é de 5 minutos. O horário de funcionamento das linhas é das 5h às 00h e aos domingos os horários são reduzidos.

Ônibus: Muitas linhas operam entre às 5h e 00h e também existem opções de ônibus noturno, que funcionam durante a madrugada. Os pontos de ônibus são identificados por uma placa com círculo vermelho, que contém informações como o nome da parada e as linhas que passam por elas.

City Pass para o Transporte: Para usar o transporte com mais tranquilidade, a dica é adquiri o Oyster Card, um cartão magnético que dá para carregar com a quantidade de libras necessárias para se locomover pela cidade.

Navio / Barco / Cruzeiro: Conhecido como River Thames, o passeio de barco é uma alternativa para os passageiros conhecerem diversos pontos turísticos. As paisagens são impressionantes e é possível fotografá-las. Isso sem contar que o passeio por si já é interessante.

Três símbolos da Inglaterra: os táxis, o ônibus vermelho e o Big Ben

Hospedagem na Inglaterra

Por ser um dos países que mais recebe turistas no mundo, a Inglaterra oferece uma vasta rede hoteleira composta por albergues, grandes redes e hotéis de luxo.

Mas, apesar da variedade, a capital do país tem uma das estadias mais caras da Europa, então é importante se preparar para investir em hospedagem caso espaço, conforto e boa localização sejam sua prioridade.

Comece a procurar com antecedência e fique atento aos detalhes, como a escolha do período em que vai ficar hospedado. No Verão e na Primavera as cidades costumam ficar mais cheias, o que resulta em preços mais altos.

O Airbnb vai ser uma opção mais acessível, mas se quiser ficar no centro de Londres vai ser caro. O couchsurfing é a opção mais em conta se você estiver aberto para uma experiência completamente multicultural como é a Inglaterra.

Low budget – até 30 usd:

Wombat’s City Hostel London

Uma opção de albergue na capital da Inglaterra é o Wombat’s City Hostel London, a poucos minutos de pontos turísticos, como a Tower Bridge. Com camas confortáveis, chuveiro e armários privados, é ideal para jovens viajantes.

De brinde você recebe um conjunto de roupa de cama, bebida de boas-vindas, Wi-Fi e um mapa da cidade com todas as informações essenciais.

Médio – 50 – 70 usd:

Uma rede conhecida e confiável com hotéis confortáveis e espalhados por toda a cidade nos bairros Kensington, Waterloo, Tower Bridge, Victoria, é a Rede Premier Inn.

Luxury:

Considerado um dos hotéis mais famosos da Inglaterra, o Hotel 41 está na lista dos 20 melhores do mundo. Localizado atrás do Palácio de Buckingham, é um hotel tranquilo e exclusivo, com ambiente tradicional. Os hospedes apreciam quartos espaçosos e sérvios 5 estrelas.

Principalmente no verão, reserve com antecedência para não ficar sem opções ou pagar preços exorbitantes.

Você pode gostar:

Quanto custa um hotel em Londres?

Coloque uma ideia das datas e faça uma consulta. Clique em qualquer hotel do mapa abaixo para ter um ideia…

Booking.com

O que levar

Para uma viagem longe de casa, é muito importante levar tudo o que você vai precisar. Não se esqueça dos documentos, acessórios básicos, remédios, dinheiro, informações sobre a viagem, eletrônicos como câmera fotográfica, celular, carregadores, fone de ouvido, adaptador…

O que levar no verão: Apesar do sol, essa época do ano chove bastante, então não se esqueça do guarda-chuva e das botas de borracha. Reserve os shorts jeans, camisetas, casaquinhos caso dê uma abaixada na temperatura, lenços e echarpes, sandálias, sapatilhas, tênis confortáveis e óculos de sol.

O que levar no inverno: Não se esqueça dos casacos e meias de lã para se proteger do frio. Jeans, calça térmica, bota, gorros, cachecol, luvas e um bom casaco.

Veja também:

Comidas imperdíveis

Por muito tempo a culinária inglesa foi completamente renegada por quem visitava o país. Apesar de alguns clássicos citados abaixo, vale lembrar que os mercados são incríveis e neles é possível encontrar comida de vários lugares do mundo. Fora isso, a cidade de Londres hoje tem mais de 60 estrelas Michelin com chef estrelados como o Gordom Ramsay e famosos como o Jamie Oliver.

#1 Fish and Chips: Uma das comidas mais típicas da Inglaterra, o tradicional prato de peixe com fritas é muito famoso. Trata-se de um peixe empanado, frito e temperado com sal e vinagre de malte e para acompanhar muita batata frita.

#2 Roast Beef: Este é o famoso almoço de domingo dos ingleses. Roast Beef é literalmente carne assada. O prato vem acompanhado de molhos, mostarda e um molho de raiz forte.

#3 Yorkshire Pudding: Bolinho feito de massa muito comum na Inglaterra, feito para ser consumido com carne assada e muito molho. Sua receita leva ovos, farinha de trigo, leite, banha e sal.

#4 Bangers and Mash: Outro típico prato inglês, composto por salsicha e purê de batata, pode ser encontrado em outras versões, como com salsicha mais apimentada, à base de ervas ou com outras variedades. Normalmente é servida com molho de cebola.

#5 Summer Pudding: Para sobremesa, os ingleses gostam de Summer Pudding. Em sua receita é utilizado pão italiano, frutas vermelhas e açúcar.

Londres é moderna e tradicional de uma maneira completamente única

Dicas e Curiosidades da Inglaterra

  • É possível assistir aos políticos trabalhando no parlamento inglês e entender um pouco mais sobre o parlamentarismo. Só checar o site do Parlamento.
  • Os principais museus em Londres são gratuitos, Tate Modern, British Museum, National Gallery, Victoria & Albert Museum, então aproveite ao máximo.
  • São mais de 140 parques na capital inglesa.
  • Lá é comum os ingleses passearem pelo cemitério.
  • Existe uma lei inglesa que proíbe meninos menores de 10 anos de verem manequins nus.
  • As primeiras ferrovias do mundo foram inventadas pela Inglaterra.
  • O futebol teve origem na Inglaterra.
  • Na Inglaterra os veículos são conduzidos pela faixa da esquerda.
  • Uma das datas mais importantes é 23 de abril, dia de São Jorge, padroeiro da Inglaterra.
  • A polícia britânica não transporta armas, exceto em emergências.
  • O francês já foi língua oficial na Inglaterra.
  • Os ingleses têm a maior taxa de obesidade da União Europeia.
  • Mais de 75% da população inglesa frequenta pubs. E 30% são frequentadores assíduos.
  • Apesar do aniversário da Rainha Elizabeth II ser no dia 21 de Abril, a comemoração é no segundo sábado de Junho. Uma ótima oportunidade de vê-la de perto.

Top 10 imperdíveis

  1. Experimente o Chá da Tarde.
  2. Não deixe de conhecer a Torre de Big Ben, em Londres.
  3. Tome uma cerveja no pub Princess Louise, um dos mais antigos de Londres.
  4. Assista a troca da guarda, que acontece diariamente em Maio, Junho e Julho, às 11h30.
  5. Visite Cambridge, a cidade universitária.
  6. Conheça o museu Madame Tussauds London.
  7. Tire uma foto na famosa cabine telefônica.
  8. Conheça a roda gigante mais famosa: London Eye.
  9. Conheça o Castelo de Windsor.
  10. Visite o The Beatles Story Museum.

Se você gosta de…</