fbpx
França2019-11-02T10:46:47-03:00
APROVEITE TUDO ISSO DE GRAÇA! 💰💰💰

Baixe agora as melhores dicas de viagem para suas próximas férias!

*Tenha certeza que os pop-ups estão liberados em seu aparelho.
BAIXE AGORA O E-BOOK

França

Banhado pelo Oceano Atlântico e pelo Mar Mediterrâneo, com uma grande riqueza histórica e cultural, o país é o destino turístico mais popular do mundo. Sua economia está entre as cinco primeiras do mundo e o país está entre os três mais industrializados da Europa.

Se você é o tipo de pessoa que adora conhecer novas culinárias e uma grande variedade de vinhos, a França, localizada no oeste da Europa, é o lugar ideal para você.

Sua capital, Paris, a cidade da luz, tem um importante papel na Europa e é uma das mais populosas do continente. Museus, monumentos e praias são só alguns dos atrativos da França.

Aprecie a arte de viver à francesa!

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

O monumento mais visitado do mundo

Informações úteis

Capital: Paris
Moeda: Euro
Idioma: Francês
População: 65,1 milhões de habitantes
Requer Visto: Não
Requer Vacinas: Não
Eletricidade: 220v
Código telefônico: +33
IDH: 0,897 (21º)

Quando ir a França?

Viajar para a França é ir de encontro a um clima agradável e temperado. Por possuir influências continentais, oceânicas e mediterrâneas, é possível encontrar diversos tipos de climas.

O oeste do país é mais variado. A parte continental oferece estações de frio intenso e calor excessivo. Já o sul da França apresenta verões secos e quentes e se você está indo para os locais mais montanhosos, pode encontrar chuva, frio e neve em alguns meses.

Então tudo vai depender do que você gosta. Se gosta de verão, a alta temporada é ideal para você. Mas caso goste de dias mais frios, opte pela baixa temporada.

Alta temporada (junho a agosto): Começa o período de férias escolares no hemisfério norte e os números de turistas aumentam e, consequentemente, os preços também.

A época que vai de junho a agosto possui os meses mais quentes, com os dias mais longos. O que significa que só começa a anoitecer por volta das 22h. Por conta disso, durante o mês de julho acontecem diversos festivais de música, como o Les Siestes Electroniquese, o Nice Jazz Festival, o festival de cinema ao ar livre no Parc La Vilette.

Média temporada (março a maio e setembro a novembro): De março a maio chega a primavera e o frio vai ficando mais ameno, os termômetros começam a esquentar e os lugares ficam mais tranquilos. Por conta da média temporada, sua viagem pode sair até 40% mais barata. Os hotéis acabam oferecendo bons descontos e promoções na compra de passagens aéreas.

Paris começa a renascer com os campos cada vez mais floridos. Para aproveitar a paisagem, você pode optar por caminhadas às margens do Sena. Nessa época, em Paris acontece a Noite dos Museus e as cerejeiras florescem, inclusive uma dica é vê-las no parque Parque de Sceaux.

O outono também é outra época incrível, com as folhas douradas e uma atmosfera muito romântica.

Baixa temporada (dezembro a fevereiro): Caso você seja o tipo de pessoa que é apaixonada pelo frio, aposte na baixa temporada. Nessa época do ano as temperaturas não ultrapassam os 5ºC ou 6ºC.

Os dias são mais curtos, escurece mais cedo e o vento gelado passa a sensação térmica de estar ainda mais frio. Nesses dias, invista no chocolate quente. Não se esqueça dos casacos pesados, luvas, tocas e cachecóis.

Durante o inverno neva em muitas regiões. Uma alternativa para aproveitar o tempo é frequentar uma das pistas de patinação em Paris, que ficam abertas de dezembro até o final de janeiro. Fora das pistas é importante tomar cuidado com o chão que se torna escorregadio.

Se estiver indo à Paris, aproveite para apreciar a decoração de Natal na Champs-Élysées.

Como chegar a França?

O meio mais rápido de chegar à França é o avião. Existem muitas combinações de voos disponíveis e a AirFrance tem voos direto de São Paulo. Há muitos voos com escala e a maioria possuem ligações aéreas com os aeroportos de Paris. O tempo de viagem varia entre 11 e 12 horas.

Comece a pesquisar os preços das passagens aéreas com três a quatro meses de antecedência. E se pretende ir durante a alta temporada, pesquise seis meses antes. Isso vai fazer com que consiga comparar bem os preços e encontrar promoções mais vantajosas.

Uber

Assim como no Brasil, as viagens de Uber na França são mais baratas que os táxis. O Uber oferece diversas opções que variam em conforto, número de ocupantes, características do carro e custo. As opções são UberLINE, UberX, UberVAN, UberGREEN (carros elétricos) e UberPOOL. A forma de pagamento pode ser feita através de cartão de crédito. As únicas cidades francesas que aceitam pagamento em dinheiro são Nice e Lille.

Trem

Uma das formas mais práticas e baratas de andar pela França é através do sistema ferroviário europeu. O serviço cobre 776 quilômetros entre Paris a Marselha em apenas três horas. Além disso, o trem permite que você admire a paisagem francesa durante o trajeto.

CarPooling

Uma alternativa barata e ecológica, o serviço de compartilhamento de caronas é muito popular na França. Mais barato do que o trem e ônibus, é uma ótima maneira de compartilhar histórias e conhecer os locais. O BlaBla Car é o serviço mais popular na França. Basta entrar no site, se inscrever e escolher um assento dianteiro ou traseiro em um carro que já esteja indo para o seu destino.

Metrô

Dizem que de qualquer lugar de Paris você encontra um metrô a 500 metros de você. Em Paris, é possível até apreciar arte da entrada nada convencional para uma estação próxima do Museu do Louvre. É possível encontrar metrô em Lille, Lyon, Marselha, Paris, Renner, Ruão e Toulouse. As inúmeras ligações permitem o fácil acesso às outras cidades. O horário de funcionamento acontece em média das 5h30 às 00h30.

Ônibus

A maior parte das cidades de França oferece inúmeras opções de ônibus, que circula entre às 5h30 e 23h30. O mesmo bilhete do ônibus pode ser usado no metrô e os estudantes de menos de 26 anos podem comprar um bilhete anual chamado Imagine R.

City Pass

Passaportes para os locais imperdíveis das principais cidades francesas são geralmente válidos por 24, 48 ou 72 horas. Eles dispõem reservas para as visitas culturais e passeios turísticos. Incluem entradas de várias atrações e o uso do transporte público.

Navio/Barco/Cruzeiro

De abril a novembro pode-se usar barcos como meio de transporte entre as estações Tour Eiffel, Musée d’Orsay, St Germain-des-Prés, Notre Dame, Jardin des Plantes, Hôtel De Ville, Louvre e Champs-Élysées.

Aproveite para fazer um passeio pelo rio Sena em Paris e apreciar a linda arquitetura da cidade.

Acessibilidade: O metrô de Paris é conhecido por ter muitas escadas, então, não é a melhor opção de transporte para quem possui mobilidade reduzida. Além disso, Paris é uma cidade antiga, então os pontos turísticos variam em relação à acessibilidade pois as construções mais velhas ficam difíceis de serem adaptadas.

O Natal é maravilhoso em várias cidades da França

Hospedagem na França

Hospedagem no geral é caro no país, mas, é possível encontrar hostels em Paris, Lyon e Nice, onde você consegue alugar camas em quartos compartilhados nos grandes centros urbanos.

Para quem gosta de mais privacidade, existem as opções dos hotéis tradicionais. Com uma boa organização, é possível encontrar ótimos lugares por preços acessíveis onde se hospedar.

Hotéis até 30 usd

St Christopher’s Gare du Nord Paris: Entre as opções, recomendamos o albergue St Christopher’s Gare du Nord Paris, que fica localizado a apenas dois minutos da estação de trem Gare du Nord, em Paris. Todos os quartos oferecem aquecimento, Wi-Fi gratuito e banheiros privativos.

Hotéis até 70 usd

Yooma Urban Lodge: No fim da rua do hotel está a torre Eiffel, o chef cozinha com vegetais que crescem na cobertura. Os quartos são super family-friendly. São mais de 100 quartos divididos em dois andares. Tem alguns quartos que recebem até seis pessoas.

Luxo

Hotel Prince de Galles: Se você procura por algo mais elegante e luxuoso, o Hotel Prince de Galles, em Paris, é para você. Os quartos oferecem varandas, spa, academia, lojas na redondeza e ótimos restaurantes.

Airbnb e Couchsurfing:

Para quem é fã da economia colaborativa, o Airbnb e o Couchsurfing são ótimas ferramentas. O Airbnb é uma plataforma em que você pode alugar tanto um apartamento ou casa, ou somente um quarto na casa de alguém. Tudo é feito pelo site e de forma bem segura.

Já o Couchsurfing é ainda mais ousado e alguém literalmente te oferece o sofá da casa para você dormir. O sistema oferece hospedagem na casa de moradores na cidade em que deseja.

Nas duas plataformas você precisa se cadastrar e fazer tudo pelo site. Em ambas plataformas é possível conversar com o proprietário e verificar sua reputação. O Airbnb é um serviço pago, quase um serviço de aluguel. Já no Couchsurfing, os anfitriões oferecem um espaço em suas casas sem receber nada em troca e você tem a chance de viver como um local do lugar que está visitando.

Segue um desconto para quem ainda não é cadastrado no Airbnb, só clicar AQUI.

Quanto custa um hotel em Paris?

Coloque uma ideia das datas e faça uma consulta. Clique em qualquer hotel do mapa abaixo para ter um ideia…

Booking.com

O que levar para França

Arrumar a mala é um assunto que sempre rende. Todo mundo fica na dúvida do que levar e sempre bate um medo de esquecer algo. Por isso, é importante fazer um checklist. Abaixo listamos alguns itens que são essenciais de acordo com cada estação do ano.

O que levar no verão: Como no verão os dias são mais longos e só começam a anoitecer lá para às 21h, foque em roupas diurnas. Os dias são quentes, então, coloque na mala shorts/bermudas, vestidos, saias, blusas de tecidos leves, camisetas, sapatilhas e sandálias e óculos de sol.

O que levar no inverno: Prepare-se! Nessa época a temperatura varia entre 1ºC e 7ºC. O primeiro item obrigatório é o casaco. Blusas térmicas, tricô, cachecol, gorro, luvas e botas.

Veja também:

Comidas imperdíveis

Se pudermos considerar a França por algum ponto forte, com certeza esse ponto é a riqueza da culinária francesa. São inúmeras opções de comida, tanto salgadas quanto doces.

Considerada o berço mundial da gastronomia, a cozinha francesa é conhecida pela sua qualidade e diversidade. Sua gastronomia mistura queijo, vinho, temperos e outros sabores peculiares. Preparadas com muito cuidado, nasce em nós o desejo de experimentar e saborear.

#1 Pain au Chocolat: Feito de massa folhada e em formato regular, tanto pela manhã ou no fim da tarde, Pain au Chocolat são os pães recheados de chocolate mais procurados por todos. Em toda a França eles são desejados.

#2 Cassoulet: Feito com feijão seco, carne de pato, salsicha, linguiça, carne de porco ou cordeiro dependendo da época do ano, o prato é tão importante na cultura local que três cidades disputam a fama de fazer o melhor de todos: Castelnaudary, Carcassonne e Toulouse.

#3 Coq au Vin: Inspirado no prato português com carne de galo lusitano, este prato é tradicionalmente preparado com um galo velho e cozido por horas em vinho tinto e também leva cogumelos.

#4 Raclette: Na maioria das mesas francesas você pode encontra-lo. Parecido com o fondue, existem duas opções de servi-lo. A tradicional, que vem com pão e batata cozida para derramar o queijo por cima. Ou com charcuterie, que além do pão e batata, serve-se com embutidos como presunto, salame etc.

#5 Boeuf Bourguignon: Criado em Borgonha, um dos mais conhecidos e famosos pratos da França, é um cozido de carne em vinho com vegetais.

#6 Escargot: Moluscos com um sabor delicado e sofisticado, são considerados uma iguaria. Para dar mais sabor à carne, é banhado com vinho.

Uma das delicias francesas: Pain au Chocolat

Dicas e Curiosidades da França

  • Na França é permitido por lei casar-se com alguém morto, desde que se prove que a pessoa tinha intenção de se casar quando vivo.
  • O primeiro transplante de coração artificial e o primeiro de rosto, do mundo, aconteceram na França.
  • Acredita-se que virar uma baguete de ponta-cabeça dá azar.
  • Concursos de beleza para crianças são ilegais.
  • O McDonald’s da França serve cerveja.
  • Não existe pão francês nas padarias francesas.
  • A expressão “sair à francesa”, na França é conhecida como “sair à inglesa”.
  • Em geral, os franceses se cumprimentam com dois beijos, mas em algumas regiões com até cinco.
  • Os franceses chamam o Natal de Réveillon.
  • A Torre Eiffel é uma antena de rádio.

Top 10 imperdíveis

  1. Subir a Torre Eiffel
  2. Fazer um piquenique no Champs de Mars
  3. Ficar cara a cara com a Monalisa no Museu do Louvre
  4. Ver a arquitetura de Paris de um barco pelo Rio Sena
  5. Conhecer o Jardin du Luxembourg
  6. Visitar os castelos franceses, como o Castelo de Versalhes
  7. Chegar ao Monte St. Michel na Normandia
  8. Fazer um passeio de balão pelo Val de Loire
  9. Explorar as passagens secretas de Lyon
  10. Descanse em Riviera Francesa, à beira de um lindo mar azul turquesa

Se você gosta de…

Adrenalina: Com uma extraordinária beleza natural, o Gorges du Verdon possui uma paisagem natural francesa impecável. Localizado em Provence, o que você encontrará por lá te deixará encantado. O passeio é voltado para o turismo de aventura como rafting, trilhas, mountain bike, escaladas e canoagem.

Caminhadas: Se você gosta de caminhar e conhecer lugares diferentes, que tal realizar uma caminhada por uma antiga linha de metrô que foi desativada e transformada em uma passarela com muito verde? Aberta ao público, a Coulée Verte tem 4km de percurso, começando em Bastille. A maior parte do trajeto é no alto, passando por cima das ruas e a outra parte é em terra.

Culinária: Um ótimo programa é o mercado mais antigo de Paris, Le Marché des Enfants Rouges. O mercado possui tantos produtores locais vendendo produtos frescos, quanto restaurantes. Uma ótima opção para provar as diferentes gastronomias.

Cultura: Para os amantes da literatura, Paris é o paraíso. No Cimetière de Montparnasse você pode andar entre as lápides de mitos da cultura como Sartre, Baudelaire ou Maupassant.

Paisagens memoráveis: Os jardins do Palácio de Versalhes se tornou referência mundo afora desde o século XVII. A paisagem surge à medida que o visitante avança, assim como em uma sucessão de cenas de teatro.

Refúgios remotos: Frequentado por poucos turistas, o Canal Saint-Martin fica entre as estações République e Gare du Nord. O recanto a beiro do rio é um ponto de encontro dos parisienses para fazer piquenique, ler, tomar vinho ou caminhar sem pressa.

Vida urbana: Localizado em Troyes e seguindo o mesmo estilo dos outlets americanos, o McArthurGlen Designer possui mais de 100 lojas que vendem aproximadamente 300 marcas diferentes como Lacoste, Guess, Hugo Boss, Calvin Klein, Nike, entre muitas outras.

Vida noturna: A casa noturna Zig-Zag é conhecida por suas festas eletrônicas. Localizada próxima à Champs-Élysées, recebe diversos DJs do mundo todo. O ambiente lembra um antigo teatro.

Planejamento de viagem

Abaixo listamos uma série de posts que vão te AJUDAR a chegar ainda mais longe! São diversas dicas para que sua viagem ocorra de mais tranquila possível, como dicas de finanças, de saúde, de segurança, aplicativos imprescindíveis, e por aí vai. Se achar que faltou alguma coisa, só nos avisar.

Finanças na Estrada

5 dicas importantes na hora de trocar dinheiro em sua viagem

Como ganhar milhas reservando hotéis

10 dicas para planejar as finanças de uma volta ao mundo

Saúde na Estrada

Qual plano de saúde usar para sua viagem?

Vacinas e cuidados extras na estrada

Como usar o cartão de crédito para fazer seu seguro de viagem

Cuidados com a Malária em sua viagem

Documentos Importantes

10 documentos que você não pode esquecer em sua viagem

Como tirar Passaporte no Brasil

Saiba como solicitar o passaporte de emergência

Aplicativos para sua viagem

Os melhores aplicativos para ajudar sua viagem

Airbnb: O que é, como funciona e como usar?

Como enviar dinheiro para o exterior com o TransferWise

Nesta página você pode acessar todos os posts de planejamento!

Nossa viagem pela França

A França é incrível e é impossível ver tudo o que o país tem a oferecer em uma só viagem. Então prepara-se para visitar o país muitas vezes ao longo da vida. Nós já visitamos o país quatro vezes e não vemos a hora de voltar.