Fim da linha em Bishkek no Quirguistão

Depois de 20 dias a bordo de um truck/caminhão com um grupo bem internacional, acampando e viajando, estávamos chegando ao fim da nossa overland trip pela Ásia Central.

Depois de alguns dias acampando nas montanhas da reserva de Aksu-Zhabagly no Cazaquistão, era hora de desmontar as barracas, organizar a vida e seguir viagem.

Teríamos ainda uma parada no país, a cidade de Taraz, para comprarmos as coisas para o jantar e dormiríamos em algum bush campperto da fronteira, ainda no Cazaquistão. Para nossa surpresa, o lugar onde acampamos era perto de um pequeno rio, com as montanhas de fundo, e com um clima bem agradável, fecharíamos nossa penúltima noite da viagem com chave de ouro.

Nossa última noite de camping ainda no Cazaquistão

Dia de aproveitar o acampamento e o grupo

Apesar de ser a penúltima noite para nós, a Oasis Overland tem vários roteiros, e boa parte do grupo seguiria viagem por mais duas semanas pelo Quirguistão.

Era a vez do meu grupo cozinhar, éramos eu, um brasileiro e um australiano no time. Fizemos um spaguetti carbonara, e apesar de já ter cozinhado muito no carro na nossa volta ao mundo, cozinhar para um grupo de 11 na fogueira a lenha é bem mais difícil.

No clima de despedida, ficamos todos conversando até tarde depois do jantar, fizemos uma última foto com todo o grupo diante do truck amarelo, e fechamos a noite com muitas rodadas de banco imobiliário, versão cartas, bem mais fácil de jogar dentro de um caminhão.

Hora de se despedir dos novos amigos

Chegada ao Quirguistão e despedida do grupo

No dia seguinte acordamos cedo e seguimos rumo a fronteira do Quirguistão, nosso quarto país na viagem e país 126 no Viajo logo Existo. A fronteira foi tranquila e ficamos com a sensação de isso ser resultado do Quirguistão ser o mais democrático dos países da Ásia Central.

Diferente das outras fronteiras que não tinham nada, aqui tinha sim card a venda, mercado e restaurante. Fora que em vez de ter 30 funcionários e demorar 2 horas, tinha 1 funcionário e demorou 5 minutos.

Da fronteira até a capital, Bishkek, foram duas horas. Ficamos em um hostel bem centralizado junto com o grupo, para nossa última noite, onde fizemos nosso último jantar juntos. Mais oito pessoas chegaram de diferentes partes do mundo para começar a overland trip a partir de Bishkek, alguns farão a jornada de três meses por toda a Ásia Central até chegar a Turquia, passando pelo Irã.

Um pouco da vida em Bishkek

Bishkek, capital do Quirguistão

Ficamos impressionados com a limpeza da cidade

Hora de seguir em frente, sozinhos…

Já estávamos todos bem entrosados e o grupo com certeza foi o destaque da viagem, mas, como sempre, depois de conhecermos muitas pessoas legais, e em algum momento, temos de nos despedir delas. Ficamos felizes também de ter um brasileiro no grupo, o Ricardo, um fotógrafo de mão cheia.

Ainda ficamos mais dois dias na capital do Quirguistão, onde aproveitamos para organizar a vida depois de tantos dias a bordo do truck. Lavamos roupa, arrumamos as malas, separamos as coisas de camping que não usaríamos mais, baixamos as fotos, fizemos back-up e usamos a internet a vontade, depois de tanta limitação.

Cenas do cotidiano de Bishkek

Hora de voltar para o Cazaquistão

Bishkek é uma capital bem tranquila e aproveitamos os dias por lá para comer bem e passear com calma pela cidade, vendo a vida passar, sem nenhuma agenda específica do que fazer. A maioria dos turistas só passam pela capital rumo as montanhas e lagos, que são o que realmente há de belo no país.

Estávamos felizes com o fim da viagem, pelo desafio que nos propomos, de viajar por terra novamente, a bordo de um overland truck, com um grupo desconhecido, onde mais do que viajar, tínhamos de nos ajudar.

Agora era hora de voltarmos para o Cazaquistão, para a antiga capital, Almaty, mas isso é assunto para outro post.

Quer fazer Overland também?

Essa viagem pela Ásia Central de caminhão foi feita em parceria com a Oasis Overland, uma das principais empresas de Overland no mundo. Eles possuem roteiros no mundo todo. Se você gosta de explorar o mundo, fazer amigos e ainda viver experiências diferentes, essa é uma boa escolha.

Para quem quer saber mais informações é só acessar o site da Oasis por aqui ou deixar sua dúvida abaixo!

Boas viagens…

Artigos relacionados

Artigos relacionados

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link