Tudo sobre Overland Trip antes de você embarcar

Cada vez mais as pessoas estão em busca de experiências, mais do que destinos, e uma overland trip ou overland tour garante boas emoções.

A primeira vez que ouvimos sobre o termo, foi ainda em 2012, quando planejávamos uma Overland Trip sem nem saber sobre este termo. Mas ficamos felizes ao chegarmos em alguns campings pelo mundo e ouvir a pergunta: Por acaso você é um overlander? Se for, não precisa pagar o camping!

Mas nem todo mundo está disposto a largar tudo para viajar e explorar o mundo de carro como fizemos, por isso, hoje em dia existem empresas que oferecem uma overland trip, sem você precisar se preocupar com o carro, as fronteiras, as burocracias, eles fazem tudo para você.

Nosso caminhão em algum lugar do Uzbequistão – 2019

E o que é uma overland trip?

Apesar de muitas pessoas pensarem em overland trip simplesmente como uma viagem de carro pelos lugares, o conceito é muito mais amplo, o que importa realmente é a viagem. Pode ser feita com uma bicicleta, com um carro 4×4 ou com um caminhão, onde a principal forma de acomodação é acampar.

Muitas viagens overland levam de semanas a meses, e até anos, como foi a nossa. E geralmente, elas cruzam fronteiras, viajando por outros países. Em uma overland trip não existe um objetivo especifico, o importante é a viagem.

E por viagem entende-se conhecer pessoas, culturas, explorar o lugar independente de ser um lugar turístico. O mais importante é ver o mundo com seus próprios olhos e aprender sobre outras culturas que não a sua.

Para nós, o que mais gostamos é o fato de passarmos nos pequenos vilarejos, sair dos destinos turísticos e realmente ver o país. Parar nos mercado locais e demorar 10 minutos para conseguir comprar um pão porque ninguém fala inglês.

Isolados na Namíbia com nosso carro – 2015

Como fazer uma overland trip?

 Se você pretende dar a volta ao mundo com seu próprio carro, acesse AQUIonde contamos tudo sobre o planejamento e o que fizemos.

Como estávamos com saudades de fazer uma overland trip e não queríamos montar novamente um carro só para fazermos esse trajeto na Ásia, embarcamos em uma viagem com a Oasis Overland. São diversos roteiros e eles tem uma certa flexibilidade de onde você pode começar e terminar. Uma opção era começar pela Geórgia, mas como já conhecíamos o país, resolvemos começar pelo Turcomenistão.

As opções de termino também são variadas, a nossa viagem duraria 21 dias, cruzaria 4 países e acabaria no Quirguistão. Uma parte do grupo ainda seguiu viagem por mais duas semanas, completando 36 dias no total, e explorando mais o Quirguistão.

Grupo reunido preparando o jantar

Nessas viagens todo mundo se ajuda o tempo todo

Geralmente os cenários são lindos

Os desafios de uma overland trip

A primeira coisa que você precisa saber antes de embarcar em uma overland trip é que é uma viagem em grupo. Então serão semanas, as vezes meses, na companhia de outros viajantes.

A segunda coisa importante é que são diversas empresas e cada uma oferece uma estrutura. No caso da Oasis Overland, durante a nossa viagem tínhamos um motorista, um australiano especialista em mecânica, e uma team leader, a Laura, que nos ajuda com o roteiro, as burocracias nas fronteiras e a organização da viagem, mas ela não é uma guia.

A viagem que fizemos pela Ásia Central teve um bom equilíbrio entre acampar e ficar em hotel, foi basicamente metade do tempo acampando. Nos dias que tínhamos de acampar, tínhamos de montar nossas barracas e cada dia um grupo cozinhava.

Todo mundo se ajuda, não só na cozinha, mas para lavar louça, montar a barraca um do outro, limpar o truck/caminhão e por aí vai. No fim, tem de estar com disposição de não dormir e não comer tão bem em certos dias.

Entre amigos na estrada

O que nós achamos dessa experiência em grupo

Estávamos realmente ansiosos com essa viagem, afinal, sabíamos que seria desafiador viajar em um caminhão, acampar, cozinhar, e tudo mais que uma overland trip envolve, depois de tanto tempo viajando de maneira mais convencional…

Para nós, o melhor da viagem, sem dúvida, foi o grupo e as pessoas que conhecemos. Foi um grupo particularmente pequeno, éramos doze pessoas, o motorista australiano e a team leader britânica, e os viajantes eram um casal australiano/polonês, um norueguês, uma holandesa, um casal de britânicos, e além de nós, mais um brasileiro.

Por ser um grupo pequeno, mesmo quando estávamos nas cidades e em hotéis, acabávamos indo jantar juntos, ou fazer um passeio pela cidade acompanhados do grupo. Todos no grupo já viajaram muito e além de aprendermos sobre os lugares e sobre o que víamos, também aprendíamos muito uns com os outros.

Valeu muito a pena a viagem e com certeza faríamos outras, principalmente em lugares remotos da África, onde ter um grupo, com certeza faria a viagem ficar mais divertida e sem tantas preocupações.

Artigos relacionados

Artigos relacionados

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link