Cruzeiro no Caribe, por que fomos novamente?

Alguns países não são fáceis de visitar, e o cruzeiro, as vezes, é a melhor forma de chegar a determinados lugares. Por isso, mesmo na dúvida, embarcamos novamente em um cruzeiro no Caribe.

Para quem acompanha o Viajo logo Existo assiduamente, sabe que já tínhamos tentando fazer este mesmo cruzeiro em Fevereiro. Porém, o mesmo foi cancelado uma semana antes e fomos parar no México como plano B.

Agora, mais uma vez fomos testados. Nosso cruzeiro sairia de Miami, nos Estados Unidos e estávamos na capital, Washington D.C., a caminho do aeroporto, quando recebemos uma mensagem que nosso voo tinha sido cancelado.

Parece que o cosmo não estava colaborando para fazermos este cruzeiro… mesmo assim, fomos até o aeroporto, tentar resolver a situação. Duas horas mais tarde e 800 dólares mais pobres, embarcamos rumo a Miami para pegar o cruzeiro no dia seguinte.

As belas praias do Haiti no Caribe

Mas por que fazer um cruzeiro no Caribe novamente?

A primeira vez que embarcamos em um cruzeiro pelo Caribe foi em Julho de 2018. Foi nossa primeira vez em um cruzeiro depois de cinco anos viajando o mundo. E tivemos opiniões opostas sobre o mesmo.

O Leo achou um tanto superficial e apesar de concordar, achei ótimo para descansar, ler, ficar sem internet e mesmo assim conhecer alguns lugares que são de difícil acesso. Na época fizemos um cruzeiro que saiu de Porto Rico, rumo a cinco ilhas.

Agora, nosso cruzeiro sairia de Miami rumo a apenas dois países: Bahamas e Haiti. Este primeiro, apesar de ser um lugar de fácil acesso, ainda não conhecíamos e o Haiti, na contramão, é um país que desde que foi devastado por um terremoto em 2010, passa por uma crise humanitária terrível, falta de governo, além da violência.

Então a maneira mais tranquila de visitar o país seria de cruzeiro.

O cruzeiro que foi nossa casa por 5 dias no Caribe

Viagem curta e prática pelo Caribe

Nossa viagem começou por Miami, saímos do porto da cidade em um fim de tarde de domingo, e a vista da cidade do barco foi impressionante. Navegamos a noite toda até nossa primeira parada, Bahamas. O cruzeiro para no porto de Nassau, e apesar de termos ido a pé mesmo até uma praia bonita, sabemos que o melhor de Bahamas está nas outras ilhas, onde os cruzeiros não chegam.

O terceiro dia foi em navegando e aproveitamos para trabalhar, dormir bem e colocar a leitura em dia… e esta é a parte que adoro do cruzeiro, você não tem para onde escapar, e o fato de não ter internet, por um curto período de tempo, é realmente maravilhoso.

Finalmente chegamos ao Haiti e apesar de saber que todos os portos do Caribe são na maioria iguais, descobrimos uma coisa nova por aqui: que não estávamos descendo no Haiti e veríamos o país como ele é.

Diferente das outras paradas que já tínhamos feito em outros cruzeiros, aqui a Royal Caribbean para em um resort próprio, onde você vê praias lindas, restaurantes, lojas, mas tudo totalmente controlado.

As belezas do caminho nas Bahamas e Haiti

Altos e baixos de um cruzeiro no Caribe

Depois de passarmos o dia no Haiti, navegaríamos por mais duas noites e um dia para chegarmos de volta a Miami. Com isso tivemos bastante tempo para refletir sobre o que vimos, e mais do que isso, sobre fazer um cruzeiro.

Com certeza existem cruzeiros mais exclusivos e com experiências extraordinárias. Mas, definitivamente, para nós, este cruzeiro foi bem mais ou menos. Apesar do lugar lindo no Haiti, ficamos com a sensação que não vimos o país de verdade.

Falha nossa, óbvio, podíamos ter pesquisado mais sobre Labadee e saberíamos que era um resort privado da Royal Caribbean. Mas talvez não teríamos ido até lá e descoberto mais sobre o país.

A praia particular da Royal Caribbean no Haiti

Toda viagem é válida, mesmo quando você não curte

Apesar de termos ficado com a sensação de que não conseguimos ver realmente os lugares que visitamos, toda viagem é válida.

Tivemos a oportunidade de conversar bastante sobre a experiência de cruzeiro e para nós, talvez uma viagem direto para o destino nos satisfaça mais. Faz parte, assim vivemos e aprendemos, e só poderíamos ter esta opinião depois de termos vivenciado duas viagens a bordo de um cruzeiro.

Artigos relacionados

Artigos relacionados

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link