Inglês é essencial para aproveitar melhor sua viagem

Falar inglês para o mercado de trabalho, todo mundo já sabe que é importante, mas para viajar, apesar de inglês ser essencial, muita gente se vira mesmo sem falar nada. O que muda é o aproveitamento da sua viagem!

Eu e o Leo temos histórias muito diferentes em relação a como aprendemos inglês. O Leo já estava no banco e sabia que não tinha inglês suficiente para crescer profissionalmente, deixou o estágio promissor e foi passar dois anos na Austrália. Já eu cresci no Mato Grosso do Sul e fiz curso de inglês quando pequena. Era um curso bom, mas caro para nosso padrão de vida e minha mãe pagava a dona da escola com créditos na loja dela.

Fui realmente aprender inglês quando partimos para a nossa volta ao mundo de carro. Para quem segue o Viajo logo Existo ao longo dos últimos anos, sabe que para nós, mais do que os lugares, as pessoas que cruzamos e conhecemos são o que realmente importam.

E para isso, falar inglês é essencial.

Juntos explorando algum lugar da Tunísia, Norte da África

Muita coisa mudou com a tecnologia

O que é mais legal nos dias de hoje, é que com o avanço da tecnologia, surgiram livros digitais, cursos de inglês online, aplicativos… E você não precisa mais ir morar na Austrália ou ir viajar o mundo para melhorar seu inglês.

Existem aplicativos, como o Cambly, por exemplo, em que você só precisa de um celular e internet para aprender inglês. Isso com certeza é uma revolução e uma forma de democratizar o ensino de vários idiomas. O legal é que você pode fazer a aula enquanto está no ônibus indo para a faculdade ou indo para o trabalho, pode fazer no trânsito, enquanto espera para fazer um exame, em qualquer brecha de horário que tiver.

E esqueça a aula formal como conhecemos. O Cambly te conecta com professores do mundo todo e você escolhe o tempo, pode ser 5 minutos, 10 minutos ou até mesmo 1 hora, você que escolhe.

E se você não tem um bom pacote de internet, lembre-se que pode sentar em um café com um bom wi-fi, tomar um café e ainda fazer uma aula de lá. É bem mais barato que pagar uma passagem até o outro lado do mundo.

Viajando com um grupo de 6 países diferentes. O que tínhamos em comum: o inglês 

Funciona mesmo para iniciante

Sempre que alguém divide conosco sobre a dificuldade de aprender inglês, nós falamos sobre o Cambly. E a principal dúvida é sempre a mesma: mas como vou conversar com professores nativos de inglês se não entendo nada? Claro que esta é uma dúvida válida, e por isso o Cambly tem professores que também falam português. A dica é, pesquise no aplicativo o idioma português e a pesquisa irá mostrar os professores que falam inglês e também português.

Se você se interessou, acesse o Cambly aqui e use o cupom CamblyLogoExistovocê terá DEZ minutos grátis para testar a ferramenta.

Outra dica legal é que existe uma ferramenta que faz tradução simultânea da conversa para que você se sinta mais seguro no começo. Mas não se engane, se você quer aprender inglês, sabe que inglês é essencial, então, mão na massa, use na primeira aula para se sentir seguro, mas depois foco no inglês.

Como dizem por aí, a vaca dá o leite, mas nós que temos que ir lá tirar, rs!

Na China fomos parados algumas vezes por chineses, que queriam praticar inglês

O principal desafio é você

Ao longo dos últimos anos, temos ajudado muitos amigos e familiares a mudarem de ideia em relação ao inglês e voltarem aos estudos para realmente mudar de nível.

O que sempre sentimos quando conversamos com eles e dividimos sobre aplicativos como o Cambly, é que a vergonha é o principal impeditivo para o verdadeiro desenvolvimento. E isso não é só para aprender inglês com o aplicativo, mas em qualquer situação. Se em uma viagem você não vencer a vergonha e falar, você dificilmente vai conseguir evoluir em qualquer idioma.

Eu nunca esqueci quando pedi uma sopa em um restaurante e em vez de pedir uma “soup” (sopa) pedi um “soap” (sabonete). Bastou uma vez para aprender. As pessoas que cruzamos, na maioria das vezes, reconhecem o esforço que você está fazendo para falar com elas e não vão ligar se você falar uma palavra ou outra errada.

E o mais importante, elas não estão lá te avaliando, não é uma entrevista de emprego, a pessoa do outro lado da tela não te conhece, provavelmente você nunca vai cruzá-la pessoalmente, então, solte o verbo.

Lembre-se que enquanto tem alguns com vergonha paralisados, existem muitos correndo atrás de seus sonhos.

Testamos e aprovamos o Cambly

Esqueça o inglês e pense nas possibilidades

Melhor ainda que aprender inglês é poder aprender sobre outra cultura, sobre a cidade, a região, o país onde o professor mora. É uma aula de inglês e uma aula de cultura também.

Quando falamos que inglês é essencial é porque nos possibilita aprofundar nos assuntos. Nunca esqueço que estávamos viajando com um casal de ingleses, no Sudeste Asiático, estávamos na Tailândia e começamos a conversar sobre política. Eles nos explicaram como funcionava o parlamento na Inglaterra, como eram as eleições e etc… Eu poderia ter lido tudo sobre como funciona o parlamento inglês no site do parlamento, mas provavelmente meu cérebro teria fritado antes de eu concluir qualquer coisa.

Ficamos na casa de muitas pessoas pelo mundo com histórias muito interessantes e não teríamos aproveitado um milésimo do que aproveitamos se não fosse pelo inglês fluente para poder conversar com elas. Ali ficou claro que o Inglês é essencial.

E já que você chegou até aqui, aproveita os próximos DEZ MINUTOS e faça uma aula grátis no Cambly, clique aqui, use o código CamblyLogoExisto e veja se funciona para você.

Nossa experiência no Cambly

Nós já testamos o Cambly e achamos super proveitosa a experiência. É um bom jeito de pedir dicas sobre um lugar que você vai visitar. A experiência como um todo é bem positiva, e o fato de você estar falando com uma pessoa nativa da língua inglesa, te ajuda muito na escuta principalmente. Não tem jeito, quanto mais você falar e escutar, mais rápido você vai aprender o idioma.

Voltando a nossa experiência, como nós já dominamos a língua, foi um bate papo legal com um professor australiano, perguntamos algumas coisas da cidade onde ele morava, sobre o local e sem dúvidas saímos da aula com coisas novas. Ah, também pedimos para ele corrigir qualquer erro nosso, porque no dia a dia ninguém vai te corrigir se você fizer pequenos erros… Mas se tratando de duas pessoas perfeccionistas, estamos sempre atrás de melhorar.

Resumo, teste você mesmo e divida conosco o que achou. Pode ser?

Qualquer dúvida, é só falar conosco.

Grande abs, leo e Chel

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link