Home – Europa – Inglaterra

Cruzando o canal da Mancha, rumo a Londres

Como sempre nos dias que vamos cruzar uma fronteira acordamos cedo e nos preparamos mentalmente para explicar nosso projeto. Explicar de onde somos, quem somos, como temos dinheiro para viajar e assim vai.

Principalmente, porque nos falaram que entrar na Inglaterra seria chato, cheio de perguntas e aporrinhações. Visando evitar qualquer problema fomos atrás de tudo que poderiam pedir para a gente na imigração.

Conseguimos desde uma carta convite de nosso amigo Rodrigo, que mora em Londres e nos receberia, até cartas do banco atestando nossos investimentos. Cópia da homepage do site do VLE, do facebook, documentos do carro e passaporte, seguro saúde e assim vai.

Levamos quase uma hora em uma gráfica em Bruxelas para ser atendido, mas era melhor prevenir do que remediar.

Ainda na Bélgica tiramos cópias de todos os nossos documentos

Uma rápida passada em Gent e rumo a França

Saímos com fome da cidade e decidimos que passaríamos por meia hora em Gent, uma bela cidade no caminho para Calais, já na França. Em Gent tomamos nosso café da manhã/almoço, demos uma volta pelo centro da cidade.

A Chel experimentou as famosas e crocantes batatas fritas da cidade. Dizem que a origem da batata frita é belga, mais especificamente em Gent. A mais tradicional das batatas fritas deve ser frita duas vezes para ter o cozimento e crocância perfeita. Antes do dia terminar já estávamos seguindo para a França.

Nossa ideia era pegar o trem que saía às quatro da tarde. Para cruzar de carro de Calais na França para a Inglaterra você pode ir de balsa ou de trem, sendo que no trem você dirigir seu carro para dentro dele, puxa o freio de mão e quando percebe já chegou! A dica aqui é: Compre seu ticket pela internet antecipadamente, não fizemos isso e custou 100 euros mais caro!

Chegamos na área de embarque às três da tarde, uma hora antes da nossa partida. Porém na hora de comprar o tickets fomos informados que o embarque até as 18hrs era limitado a carros que já tinham os tickets, que não era o nosso caso! Tivemos que ficar duas horas parados em um shopping ali perto fazendo hora. Por fim, as 18:10 seguimos de carro para a fila, pagamos os 240 euros.

Já com nosso ticket comprado, esperando nossa vez de entrar no trem

Rumo a Londres!

Na hora da imigração, preparados para milhares de perguntas e duvidas, fomos surpreendidos por uma rápida conversa, e um “aproveite a Inglaterra”. Caramba, a agente nem pediu os documentos do carro, não revistaram o carro, não pediram passagem de saída, não pediram nada! Cadê tudo aquele aborrecimento que tinham nos falado? Bom, melhor assim…

Seguimos para o trem, surpresos por ter wi-fi em quase todos os lugares do embarque e em meia hora já estávamos trafegando em solo inglês. Para não esquecer que aqui temos que dirigir do lado oposto, colamos um adesivo no meio do carro escrito “Ficar na Esquerda”, o que vai ser útil na África do Sul.

Por fim, depois de quase 12 horas da nossa partida em Bruxelas, uma rápida visita a França, chegávamos em nosso destino final em West London, na casa do Rodrigo, que já estava ansioso nos esperando. Pedimos uma pizza para matar nossa fome, tomamos um banho e desmaiamos.

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem