Home – Europa – Irlanda

O que fazer na Irlanda em pouco dias! Dublin, Moher e mais…

Nossa decisão de visitar a Irlanda foi tão repentina quanto a ideia de ir para Dubai antes da África do Sul.

Gastamos um bom tempo trabalhando no envio do carro para a África do Sul, e até que ele chegasse até o seu destino final, em Durban, teríamos um mês para fazermos o que quiséssemos.

O dinheiro estava meio curto por conta dos gastos com o envio e também da emissão do Carnet de Passage, um documento para o carro, necessário para dirigir na África e Ásia e que custou quase 2mil dólares!

Portanto nossos movimentos deveriam ser calculados e econômicos, no mínimo!

Recebemos a indicação do Rodrigo para olharmos as passagens pelo site Skyscanner, um buscador de passagens super usado aqui na Europa e que também tem no Brasil. Com passagens por 20 dólares ficou difícil não incluir um tour pelo país e pelo Reino Unido.

Começamos a colocar os custos no papel e concluímos que dificilmente estaríamos na região novamente em um futuro próximo, e se é para dar a volta ao mundo, vamos incluir o máximo de países nisso! Colocamos uma mensagem no FB e rapidamente conseguimos uma pessoa para nos receber em Dublin, teríamos casa e uma cozinha, duas coisas que ajudam a economizar bem em uma viagem!

Dublin é conhecido por suas estreitas ruas e PUBs legendários!

Rumo à Irlanda

Saímos de Londres e voamos por 90 minutos até Dublin, na Irlanda. Lá pegaríamos um ônibus e iríamos de encontro com o Thalis, um brasileiro de 24 anos que está estudando inglês em Dublin e que seria nosso anfitrião. Ele gentilmente cedeu seu quarto, obrigado por isso! Uma vez em sua casa conhecemos a galera que vive com ele, mais 4 brasileiros, uma francesa e uma ucraniana.

Todos super simpáticos conosco, me lembrou o tempo que vivi na Austrália e a forma que muitos brasileiros moravam por lá! Cada uma com sua historia e objetivo, mas sempre em uma vibração muito boa, muitas risadas e descontração.

No próximo post um pouco sobre os nossos dias em Dublin e a sequencia da nossa jornada pelo Reino Unido!

Entre amigos na Irlanda.

A pé pela cidade de Dublin na Irlanda!

Dublin em si é pequena, tem 500mil habitantes e o centro é super tranquilo de percorrer. Beirando o rio Liffey fomos vendo a cidade, um antigo prédio da prefeitura abandonado, uma ponte com uma bela arquitetura e restaurantes à beira do rio.

Caminhamos até o Trinity College que é a Universidade mais antiga da Irlanda e foi fundada em 1592, além da arquitetura que é interessante vale visitar a biblioteca que como muitas coisas aqui e no Reino Unido influenciaram a autora J.K. Rowling nas aventuras de Harry Potter. De lá seguimos pela Grafton Street, que é uma rua fechada com um calçadão e onde está o centrinho, até o parque St. Stephen’s Green.

Antes de voltarmos para casa ainda passeamos pela região do Temple Bar, que apesar da má fama a noite, é bem charmosa durante o dia, nós gostamos de passear por ali e achamos bem bonitinho de dia.

Explorando a cidade de Dublin

No fim de semana já na companhia da Camila, minha amiga de Londres que veio conhecer a cidade. Aproveitamos para explorar outra parte de Dublin, seguimos até o Castelo da cidade e de lá até a St. Patricks Cathedral, assistimos a uma missa e vimos o coral.

Foi bem bonito, a catedral é uma das poucas construções da época medieval junto com a Catedral da Santíssima Trindade (The Cathedral of the Holy Trinity), que também vale a visita.

No final do dia seguimos para um encontro com os seguidores do projeto. Por Dublin receber tantos brasileiros, também tivemos o contato de várias pessoas. Foi muito legal pois conseguimos sentar em um café bem gostoso, uma mesona e fazer um bate papo com todo mundo junto. Até encontramos uma pessoa de Dourados que o irmão estudou comigo no colegial.

Ótima maneira de fechar nossa experiência na capital Irlandesa.

Apesar do frio, os dias estavam lindos e caminhamos bastante por Dublin.

Fizemos uma visita ao Trinity College.

Passeando por Dublin.

 O famoso Cliffs de Moher na Irlanda

Apesar da nossa chega a Dublin ter sido embaixo de uma leve chuva de neve, não podemos reclamar que os próximos dias foram ótimos! Frio, muito frio, mas pelo menos com sol. A Camila que estava nos recebendo em Londres, resolveu vir nos encontrar para o fim de semana e o Thalis, nosso anfitrião, resolveu recebe-la também. Não preciso nem falar que foi uma festa né!?

No sábado alugamos um carro e fomos até o famoso Cliffs de Moher. A Irlanda é bem famosa pelos inúmeros castelos mas esse é um dos lugares mais bonitos de paisagem. Como o nome já diz trata-se de umas falésias e apesar de ser quase 300km de Dublin vale o passeio. No caminho ainda encontramos uma charmosa chocolateria e paramos para tomar um café.

Quando chegamos aos Cliffs de Moher já era quase 15:00hrs mas foi ótimo, apesar dos ventos fortíssimos o tempo estava aberto e ficamos por lá até o pôr-do-sol. O lugar em si é bem organizado, há estacionamento e centro de visitantes. Apesar de ser só natureza dá para andar bastante por ali para ver os diferentes recortes, fotografar e aproveitar o lugar.

Na volta ainda paramos em um restaurante local, bem bonitinho, entre os pratos tradicionais os mariscos e a lagosta estão entre os principais. Ainda estávamos bem longe de Dublin e precisávamos devolver o carro no aeroporto antes de voltar para a casa do Thalis.

O dia foi intenso e cansativo, mas se estiver com disposição e gostar de natureza, vale a pena o esforço.

As incríveis falésias na costa da Irlanda beirando o Oceano Atlântico.

Newgrange, uma viagem ao tempo Neolítico

Na companhia do Thalis, nosso anfitrião em Dublin, alugamos um carro e dirigimos para a Irlanda do Norte. Antes de chegar a capital Belfast fizemos uma visita a Newgrange, patrimônio da humanidade pela Unesco e um dos lugares mais antigos que visitamos até agora na nossa volta ao mundo. O dia estava lindo, e apesar de frio, sol e com o céu azul.

Para quem não conhecer Newgrange é uma tumba do Conjunto Arqueológico do Vale do Boyne, no Condado de Meath, na Irlanda. Um dos mais famosos sítios pré-históricos do mundo e o mais famoso da Irlanda. Newgrange foi construído de modo que, ao nascer do sol do dia mais curto do ano (solstício de inverno), um fino raio de sol ilumina por pouco tempo o piso da câmara no final de um longo corredor. Construída por volta de 3200 AC, durante o período Neolítico, o que o faz mais antigo do que Stonehenge e as pirâmides do Egito. Newgrange parece ter sido usada principalmente como uma tumba.

Foram encontrados restos humanos cremados de cinco indivíduos. O sol parece ter sido um importante elemento nas crenças religiosas do Neolítico.

Ficamos quase duas horas por lá, tudo muito bem organizado, como tudo por aqui. Pagamos algo como 3 euros para o tour, que inclui uma simpática guia e o transporte até a tumba. Hora de seguir em frente para Belfast!

Visitamos o Newgrange que tem mais de 5 mil anos.

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem