Home – Sudeste Asiático- Vietnã

De bermuda e chinelo em Hue no Vietnã

Iniciamos os trabalhos aqui no Vietnã por Hue. Não sei se vocês viram ontem o vídeo da maratona que foi chegar até a cidade de Hue, na região central do país… mas no final tudo deu certo!

Que delícia esse calor do Sudeste Asiático… Sair de chinelo, bermuda, ficamos cansados de usar a mesma calça jeans por 1 mês na Nova Zelândia.

Nossa passagem pela Malásia foi tão corrida para embarcar o carro no navio, que só agora realmente começamos a relaxar! Acordamos cedo e fomos visitar a Citadel de Hue, é uma especie de cidade murada. Meio que parecido com a Cidade Proibida em Pequim, mas em uma escala bem menor!

A tranquilidade do Vietnã

Uma coisa que gostamos de cara, foi o fato de não ter muita gente, ser mais tranquilo e silencioso. No geral é um passeio legal e bonito, mas não é fantástico  – claro que isso é um efeito colateral de estar há quase 4 anos viajando pelo mundo e já ter visto muito de tudo por aí.

Agora a tarde saímos para “pernar” pelas ruas de Hue aqui no Vietnã. Eu achava que aqueles chapéus pontudos que vemos nos filmes do Rambo era algo forçado, só que não! Todo mundo usa de verdade – outra coisa que todo mundo usa aqui é moto!

Caramba, e ainda ouvi falar que Ho Chi Minh tem bem mais!

Nos sentimos seguros o tempo todo na Ásia

Uma coisa é fato aqui no Vietnã e em todos os países que visitamos na Ásia: você se sente seguro o tempo todo! Isso não tem preço, poder sair com a câmera no braço e andar com o telefone na mão olhando o mapa.

Isso sem dúvidas vai ser o mais complicado de voltar para o Brasil! Triste… Ainda lembro do barulho da arma sendo engatilhada na minha cabeça mais de 10 anos atrás. Atiraram no meu pai (por sorte erraram), lembro que já entraram na casa deles e assim vai…

Foi-se o tempo que ser assaltado no Brasil era exceção, agora é estatistica, se não foi você, foi seu vizinho e assim segue o jogo.

Eu sinceramente, odeio escrever sobre isso. Escrever mal do país que eu amo, que é a minha casa, onde está minha familia e amigos – mas prefiro ser realista e encarar os problemas de frente, sem maquiagem.

Sem dúvidas adaptar a essa realidade será desafiador, mas costumo dizer que quem dá a volta ao mundo de carro perde o medo de muitas coisas.

Time will tell (o tempo dirá) – bora para Hoi An.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link