Cruzeiro pelo Rio Nilo no Egito

Depois de alguns dias no Cairo, capital do país, voamos para Aswan, quase 1000km ao sul do país de onde vamos fazer um Cruzeiro pelo Rio Nilo no Egito.

Mas antes de começarmos o cruzeiro ainda passeamos por aqui e visitamos esse magnífico templo, o Templo de Isis ou Philae Temple… E apesar de ser maravilhoso e toda importância histórica do lugar, o mais impressionante é que o templo estava em uma ilha que começou a ser alagada, por causa de uma represa que foi construída, e para não ter o risco de perder essa preciosidade, a Unesco fez com que ele foi literalmente transferido de uma ilha para outra!

Isso mesmo, eles picotaram o templo inteiro e o reconstruíram exatamente igual! Isso foi na década de 70. Inacreditável né? Aproveitamos a manhã por lá e ainda temos um passeio antes de começarmos a navegar!

Ah, quer ver o guia completo de dicas do Egito? Clique aqui, é de graça!

A felicidade estampada no rosto!

O lindo Templo de Isis em Aswan

Último templo antes do Cruzeiro pelo Nilo

Tudo, mas tudo, tudinho o que você vê no Egito é impressionante… e nada do que já vimos pelos 115 países que já passamos se compara a isso aqui. Confesso que estamos exaustos pois são muitas coisas para ver e dá aquela ansiedade de que não queremos perder nada… Hoje acordamos as 4hrs da manhã e seguimos por quase três horas rumo ao sul do país para visitar Abu Simbel, quase na fronteira com o Sudão.

É realmente impressionante e muitos de vocês que já foram, disseram ser o lugar que mais gostaram… Assim como o templo de ontem, o Philae Temple, ele estava ficando submerso e tudo foi transferido de lugar…não é uma loucura? Amamos conhecer mais um pouquinho, bem pouquinho da história do Egito ?? e agora, bora navegar pelo rio Nilo rumo a Luxor!

O incrível templo de Abu Simbel no Egito

Abu Simbel fica próximo a fronteira com o Sudão

Todos a bordo do Cruzeiro?

Quando soubemos que iriamos fazer um cruzeiro pelo Rio Nilo, confesso que ficamos bastante animados. Afinal, este é o maior rio do mundo e com certeza o mais famoso, junto com o Rio Amazonas. Essa seria uma experiência muito diferente e que com certeza ganharia seu lugar no Hall da Fama do Viajo logo Existo.

Embarcamos no cruzeiro em Aswan rumo a cidade de Luxor, em torno de três dias de navegação ao norte. No caminho pararíamos em alguns templos, passaríamos pela eclusa, e poderíamos curtir o sol escaldante do Egito no deck do cruzeiro. O quarto que ficamos era bem honesto, com vista para o Rio Nilo, banheiro na medida certa. A comida do navio já era um pouco mais complicada, alias a comida no Egito foi complicada o tempo todo. Não pelo tempero, mas sim pela variedade e questionável padrões de limpeza.

O negocio mesmo era aproveitar o deck do navio. Apesar do calor , a piscina não chegava a ser convidativa, sua agua fria assustava os corajosos rapidamente, rs! Mas pegar um bom livro, sentar na cadeira de praia e ficar ali, vendo o Egito passar com certeza foi um momento muito legal. Passávamos por vilarejos, ouvíamos as mesquitas chamando para a reza, os vendedores em seus pequenos barcos…

Uma experiência unica, com certeza.

O deck do cruzeiro e sua piscina no Egito

Uma das belas vistas que tivemos no Rio Nilo

Passamos por dezenas desses vilarejos no caminho de Luxor

Rio Nilo e suas peculiaridades

Navegar pelo Rio Nilo é uma experiencia única, não só pela historia do local, mas pelo que vimos ao longo do caminho. Uma das coisas que mais no chamou a atenção foi como os vendedores locais arranjaram um jeito de vender seus produtos para o pessoal do cruzeiro. Alias, se tem algo que os egípcios são muito bons, é na arte de vender coisas.

Conforme o barco chegava perto da eclusa e diminuía sua velocidade, os vendedores jogavam seus produtos (na maioria tolhas de mesa ou cangas) para dentro do cruzeiro dentro de sacolas plásticas. Os turistas abriam e negociavam lá de cima mesmo. Os que gostavam, desciam para os andares mais baixos do navio para pagar, os que não tinham interesse simplesmente jogavam o produto de volta.

Se só isso não for interessante o suficiente, eles pegavam suas jangadas e saiam remando atrás do cruzeiro, com um deles chegando a se amarrar no cruzeiro com uma corda. Ele foi levado tranquilamente uns cinco quilômetros pelo cruzeiro rio adentro. Tudo isso foi no mínimo, curioso!

No próximo post vamos contar como foi a nossa viagem por Luxor e o passeio de balão que fizemos por lá!

abs e bjs leo e chel

Pescadores e vendedores no Rio Nilo

Entrando na eclusa no Rio Nilo

Vendendo arremessa um produto para o cruzeiro

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link