Revendo amigos em Oldemburg | Europa

Revendo amigos depois de 10 anos Oldenburg na Alemanha

Depois de pegar o carro em Rotterdam, ainda ficamos mais dois dias em Den Haag, onde aproveitamos para tentar solucionar nosso problema de visto e para um dia para Amsterdam.

Sobre o visto, para quem não sabe, brasileiro não precisar de visto para entrar na Europa, ou pelo menos nos países que fazem parte do acordo Schengen.

Depois que você entra, tem direito a ficar 90 dias dentro de um prazo de 180 dias. Com já sabemos que queremos ficar mais tempo, estamos correndo atrás de visto que seja referente ao prazo total. Temos uma possibilidade em Berlin e por isso começamos a seguir rumo ao leste da Alemanha.

Reencontro com a Carol, Lucas e Thomas, em Oldenburg.

No meio do caminho, pausa para rever os amigos!

Nossa primeira parada depois de cruzarmos a fronteira da Holanda com a Alemanha foi a cidade de Oldenburg. Lá tínhamos a Carol e o Thomas, que o Leo conhecia de São Paulo, mas que não os via há pelo menos 10 anos!

Ele apesar de ser brasileiro, é filho de alemão e hoje já é cidadão, assim como a Carol e o pequeno Lucas, de dois anos! Ficamos dois dias por lá que foram muito gostosos!

Passeamos pela cidade com eles, a Carol cozinhou pratos típicos alemães para nós, como o gulasch, e um risoto de aspargos brancos.

Conversamos muito, sobre os mais diversos assuntos e óbvio, nos divertimos!!

Aproveitando um dos muitos parques da cidade de Oldenburg.

Últimos acertos antes de seguir

O Thomas também nos ajudou com a troca de óleo do carro. Fomos em dois lugares antes de chegar na concessionária Land Rover e pagarmos uma fortuna por um filtro de combustível e 10 litros de óleo. Aqui na Alemanha tudo é marcado com antecedência, então é quase impossível chegar e conseguir um horário para o mesmo dia!

De qualquer forma, eu e o Leo já tínhamos aceitado que iríamos tentar fazer sozinhos, dessa vez aprenderíamos! O Thomas resolveu tentar somente mais um lugar e o responsável nos disse: deixe o carro aqui e vamos tentar encaixar entre um serviço e outro. Morreu mais uma grana já que ele só faria com comprando o óleo lá e foi o que fizemos!

O troca do filtro de combustível tem sido super carro, apesar de levar cinco minutos, nos EUA queriam nos cobrar 60 dólares e resolvemos não fazer, e aqui, foi 38 euros, que dá quase a mesma coisa. Como já não tínhamos feito na ultima troca de óleo, resolvemos fazer e não arriscar!

Algo que nos impressiona no dia a dia na vida das pessoas por aqui é a qualidade de vida! Conseguimos acompanhar a Carol e o Thomas em uma aula de ginástica para o pequeno Lucas, de 2 anos, que nada mais é que um lugar para brincar, com trampolim, colchões, etc.

Como sempre, saímos com aquele gostinho delicioso de ter participado um pouco do dia a dia deles e ainda nos divertir!! É sempre bom quando vamos embora com aquela vontade de ficar mais uma semana!

Mas, a viagem segue! Ainda queríamos passar por Bremen e Hamburgo e chegar a Dinamarca!!

Como muitas cidades europeias o centrinho é um charme.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link