Home – África – África do Sul

Apaixonados pela maravilhosa Cidade do Cabo

Ansiedade pura para o encontro com meus pais depois de quase de dois anos de viagem. A parte boa é que terminamos todos apaixonados pela maravilhosa Cidade do Cabo.

Depois de quase dois anos sem ver meus pais, era estranho a sensação de saber que eles estavam para chegar nos próximos dias. Claro que hoje em dia a conexão pela internet é muito mais presente.

Quer queira quer não, vejo meus pais quase todas as semanas pelo Skype. Muito diferente de dez anos atrás quando morei na Austrália e as ligações com imagem eram algo do futuro. Tecnologias a parte, agora era hora de vê-los em carne e osso.

Nosso ponto de encontro seria a Cidade do Cabo, onde daríamos uma folga para nossa vida na estrada e ficaríamos com eles. Todos juntos e grudados por quatorze dias.

Optamos por alugar um apartamento pelo Airbnb, próximo a Long Street. Essa é uma das principais ruas da cidade com restaurantes, galerias de arte, bares e não muito distante do famoso Waterfront. Como meus pais so chegavam depois do almoço, marcamos de pegar as chaves cedo, ver o apartamento, fazer um bom mercado e seguir para o aeroporto!

Praia maravilhosa pertinho da Cidade do Cabo

O grande encontro na maravilhosa Cidade do Cabo

Eles chegaram bem no meio do feriado de Páscoa, o que foi ótimo, porque a cidade estava bem tranquila. No aeroporto a Chel já não se continha, os minutos que anteciparam a confirmação da chegada do avião até os encontrarmos foi de pura ansiedade.

A Chel já chorava antes mesmo de eles chegarem, foi muito bom revê-los, poder abraça-los e ficar perto mais uma vez. Levamos eles para o apartamento, e eles adoraram! Tínhamos uma linda vida da Table Moutain.

Todos em seus devidos quartos, embalamos no papo e não tivemos coragem de sair. Fizemos um bom jantar regado a muito bate papo e risadas! Como era bom tê-los conosco. Sem querer me peguei pensando que já se faziam 15 anos que não viajávamos juntos, ou seja, desde meus tempos de adolescente.

Agora era a minha oportunidade de proporcionar isso tudo a eles! Não tem alegria maior que essa.

Confuso pelas quatro horas de fuso horário e sem pressa para nada, saímos para ir conhecer o Waterfront após o almoço e caminhamos quase uma hora até lá.

Felizes da vida de ter nossa família conosco

Muita coisa para fazer na Cidade do Cabo

O Waterfront é o lugar mais badalado da cidade, um bairro novo, com algumas partes ainda em reforma, mas bacana. São restaurantes, bares, lojas, um belo shopping e um boa estrutura para passar horas por ali.

O tempo passou rápido e quando vimos a noite já havia caído, comemos em um café cheio de charme e pegamos um taxi para casa! Começamos com o pé direito, que venham os próximos dias.

No dia seguinte fomos até um parque chamado Company’s Garden, repleto de verde e bem tranquilo. Vimos muitas famílias fazendo piquenique, tomando sol, curtindo a natureza. Caminhamos por todo o parque e chegamos no centro antigo da cidade, e por conta do feriado, estava as moscas, sem ninguém nas ruas.

Seguimos pelas ruelas até chegar no castelo da Boa Esperança, que não parece muito um castelo, male mal uma fortaleza, mas… Chegamos lá, demos uma olhada e voltamos.

No caminho de volta passamos em frente ao imponente prédio da prefeitura, cruzamos um restaurante lotado de gente (o único), visitamos uma feira de artesanato, bisbilhotamos umas lojas de colares e fadigados pela meia maratona, voltamos para o nosso cantinho.

Com os dois anos de distancia, o que não faltava era papo, historias, discussões.

Andamos muito pela cidade e adoramos tudo o que vimos

Muito verde e clima praiano na Cidade do Cabo

Em nosso terceiro dia pela maravilhosa Cidade do Cabo lá fomos nós caminhar novamente. A cidade ainda estava adormecida pelo feriado da Páscoa e depois de muita pernada, chegamos ao centro cívico da cidade. A Chel queria ir em uma feira não sei onde e por sorte não deu certo, porque a feira não estava rolando aquele dia.

Pegamos um ônibus que demorou um bom tempo para chegar e fomos para o Sea Point. Decisão acertada.

O lugar como o próprio nome já dia, é o lugar do mar, onde um longo calçadão contorna toda a encosta. Para melhorar, um belo e verde gramado onde famílias aproveitam o feriado, amigos jogam seus esportes favoritos e até paraglides aparecem por lá. O dia estava lindo, com o calor na medida certa.

Paramos em um restaurante para comer e de barriga cheia continuamos a andar até apreciar um belo pôr do sol dourado.

Finalizamos o dia novamente no Waterfront, onde compramos algumas coisas no mercado, pegamos um taxi para casa, onde cozinhamos algo e desmaiamos felizes da vida!

Adoramos a atmosfera da cidade

Os arredores da Cidade do Cabo

Saímos da maravilhosa Cidade do Cabo cedo e seguimos para o Cabo da Boa Esperança, um dos lugares mais bonitos da região. A estrada é beirando o mar e cheio de lindo visuais. Nossa primeira parada foi na praia de Camps Bay, onde do alto da estrada vimos essa incrível praia, ali nos perguntamos: Estamos no Caribe, nas Maldivas, no Taiti? Que lugar lindo e que bela surpresa.

Uma das coisas que a Chel sempre quis ver na viagem foi pinguim e em Simon’s Town é possível ver muitos deles, bem de pertinho na praia. Ótimo para fazer algumas fotos e curtir o momento.

Infelizmente o parque nacional da Boa Esperança estava fechado. Chegamos depois das 16hrs (fica a dica) e, portanto, tivemos que voltar e nos “contentar” com o pôr do sol em Camps Bay, que foi maravilhoso!

Depois de alguns dias aproveitando a Cidade do Cabo a pé, onde andamos por todos os cantos da cidade, alugamos um carro para dirigir com eles até o Parque Nacional dos Elefantes Addo. Seriam 700km onde exploraríamos algumas cidades que ainda não conhecíamos.

A maravilhosa praia de Camps Bay

A região de vinícolas perto da Cidade do Cabo

Com o roteiro todo já desenhado, o primeiro lugar que fomos foi em um monumento de homenagem a língua africana, uma construção interessante localizada no alto de uma montanha perto de Paarl.

Visitamos também a vinícola Fairview, que segundo eles existe desde o século 18. O melhor foi o preço das degustações, 3 dólares… Aí sim, como não bebo nada, fiz somente a de queijo junto com meus pais, a Chel fez a de vinho também. O lugar é super bonito e vale a visita!

Saímos de lá e dirigimos cinco minutos até o “Spice Market”. É uma espécie de galeria de lojas e restaurantes ao ar livre, no alto de uma colina, bem bonitinho e charmoso! Entre os destaques visitamos uma pequena fábrica de cerveja e fizemos uma degustação de chocolates. Aliás, a loja do chocolate vale a pena ir, destaque para as embalagens deles, cada uma mais bonita que a outra!

Com o dia terminando dirigimos até Stellenbosch. Ao chegar a rua principal da cidade parecia que tínhamos voltado para a Europa, tamanha semelhança dos lugares. Tudo arrumadinho, organizado, caramba, que surpresa agradável. Difícil seria achar uma hospedagem barata, mas não desistiríamos rapidamente. Achamos vários que queriam 100 dólares por casal, ou seja, impossível.

Uma hora mais tarde e umas dez tentativas em vão, achamos um hostel com um preço que cabia no nosso bolso. Com o clima agradável a noite, saímos para comer algo em um dos restaurantes com mesa na calçada e aproveitar a atmosfera desse charmoso vilarejo.

Nossa primeira parada em direção as vinícolas foi na cidade de Paarl

Hora de mostrar a vida selvagem para meus pais

Depois da região das vinícolas, dirigimos até Jeffreys Bay nas proximidades do Parque Nacional dos Elefantes Addo. Acordamos sem pressa, Chel e minha mãe foram tomar sol e eu e meu pai fomos no mercado comprar tudo para fazer um braai, o famoso churrasco por aqui. Para inovar compramos carne de avestruz, muito consumida por aqui e cordeiro.

Depois de um longo churrasco e muito bate papo, fomos caminhar até a praia. Aquele clima de parado no tempo, todos felizes, o tipo de momento que você não quer que acabe, logo um momento de felicidade. O dia seguinte seria tão especial quanto, era bom descansar.

Dirigimos quase duas horas até o Parque Nacional dos Elefantes Addo. Já tínhamos visitado o parque mas será que meus pais teriam a mesma sorte?

Em menos de cinco minutos no parque avistamos uns vinte elefantes. Cinco minutos depois mais uns vinte cruzaram a frente do nosso carro. Eram adultos, filhotes, família, de tudo um pouco! Caramba, o que vimos em três dias eles viram em três minutos. É desse jeito que eu gosto!

Ainda vimos veados, antílopes, zebras, tartarugas, pássaros, javalis e até um búfalo solitário correndo para o meio do mato. Foi a nossa primeira visão desse grande animal também.

Almoçamos no gostoso restaurante do parque e saímos para mais um passeio no parque. Tentamos achar um leão, mas não deu certo, contudo encontramos dois grandes búfalos e ficamos impressionados com seu tamanho e robustez!

O passeio havia valido a pena. Duas horas de carro até o nosso hotel e o inicio da nossa volta para a Cidade do Cabo. A noite a luz acabou e vimos um céu maravilhoso, algo que meu pai adora desde os tempos de adolescente, quando ele ia no planetário em São Paulo.

De volta ao parque dos elefantes

Hora de começar nossa jornada de volta a maravilhosa Cidade do Cabo

Um lugar que tínhamos pulado na nossa passagem pela Garden Route era a cidade de Cape Agulhas. O lugar mais ao sul de toda a África. Fizemos o caminho que leva até a placa de ponto mais ao sul da África e que também tem a indicação onde os oceanos Índico e Atlântico se encontram.

Tivemos agradáveis dias com meus pais pela Garden Route. Aproveitamos o máximo que conseguimos desses 15 dias que eles ficaram conosco. Mas como tudo na vida, até a viagem, e até a vida, era hora do fim…

Não sei quem estava mais tenso, eu ou o Leo… voltamos para Cidade do Cabo onde eles pegariam o voo no dia seguinte.

Para não termos que cozinhar fomos até o restaurante mais próximo e tivemos uma grata surpresa, o Lola’s fica na Long Street e tem uma comida deliciosa. Apesar do ótimo jantar, acho que estávamos todos tristes de saber que iríamos para a cama e acordaríamos para nos despedir, mais uma vez.

No dia seguinte, acordamos as cinco da manhã e seguimos para o aeroporto. Malas despachadas e ainda tivemos tempo para um café da manhã com eles… a parte boa da despedida em aeroporto é que tem horário então não dá para sofrer muito, entre lágrimas nos despedimos, sabendo que agora, nos veremos de novo somente de volta ao Brasil.

Nossa última noite na África do Sul

Preparando tudo para irmos para a Namíbia

Nossos planos para a semana seguinte era organizar nossa vida para a viagem a Namíbia. Já estávamos há mais de 60 dias em território sul africano. Aceitamos o convite do casal Lidia e Walter, brasileiros que moram por aqui, e fomos ficar com eles.

Mal sabíamos que seriam 10 dias de muito mimo. Enquanto estivemos na casa deles conseguimos terminar o segundo livro, renovar nosso passaporte, arrumar o carro, e aprender muitas coisas com esse casal querido.

Fizemos coisas gostosas como ir comer comida japonesa, ver o por do sol em Signal Hill, almoçar em um domingo em Blouberstrad e no outro no Canal Walk.

Fomos até ver o culto na igreja Luterana onde o Walter é pastor e conhecemos todas as pessoas locais que admiram este brasileiro. Por intermédio do Walter demos até uma entrevista para o jornal local.

A Lídia, por sua vez, nos animava com sua risada constante e nos enchia de guloseimas, cuca, pastel, pão de queijo, tudo para nos agradar. O difícil é ter de se despedir, mais uma vez… mas faz parte da viagem.

Um dia antes de partir enchemos o tanque, fizemos mercado, deixamos a vida organizada. Seriam duas paradas antes da fronteira com a Namíbia, lá vamos nós, rumo ao nosso terceiro país pelo continente africano.

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem