Home – África do Sul – África do Sul

A beleza da Garden Route na África do Sul

Muitas cidades, muitos parques, muitos animais. Uma viagem só está completa se aproveitar a beleza da Garden Route na África do Sul.

Quando saímos de Jeffreys Bay sabíamos que teríamos muita coisa para ver no caminho até a Cidade do Cabo. É a famosa Rota do Jardim ou Garden Route em inglês. Nossa ideia era ir aproveitando os dias, pararmos em todas as pequenas cidades e praias, tudo com calma.

Começamos por duas pequenas cidades, Cape St. Francis e St. Francis Bay. As duas cidades são um charme, St Francis Bay tem as casas todas brancas com telhados de sapê. Apesar do telhado simples as casas são grandes e com uma bela arquitetura, tudo muito charmoso, achamos a cidade bem bonitinha.

Como a ideia era só passar por ali seguimos para o próximo destino, Cape St. Francis, que fica menos de 10km da primeira cidade.

Apesar das casas de sapê não reinarem por aqui a cidade também é bem bonitinha com as casas na beira da praia, que na verdade não é praia, mas sim uma costa cheia de pedras, flores amarelas preenchiam o cenário e com a sol alto tínhamos um belo visual.

Aproveitamos para caminhar com calma e fazer algumas fotos por ali. Há uma praia, aí sim, praia de verdade, a apenas alguns metros, onde famílias se divertiam, algumas crianças tentando surfar, um clima bem agradável de cidade pequena.

Dirigir pela Garden Route é incrível

Contrastes pela Garden Route na África do Sul

A única coisa triste é ver entre essas duas pequenas e bonitas cidades uma comunidade vivendo em condições bem precárias.

Vimos um pequeno vilarejo cheio de barracos, com muita sujeira, inclusive um porco andando no meio do lixo… ficamos nos perguntando porque não é feito um trabalho para no mínimo trazer dignidade para aquelas pessoas?

O mais cruel é pensar que devem ser os trabalhadores de ambas as cidades. Devem ser pessoas que devem limpar as casas, trabalhar nos supermercados, cuidar dos jardins impecáveis… Dúvidas que não são facilmente respondidas em um país com tantos contrastes…

E o melhor é ter a possibilidade de parar em qualquer lugar, encontramos muitos campings pelo caminho

As cidades da Garden Route na África do Sul

Knysna é mais uma das cidades na Garden Route e como muitas delas tem um atrativo especial, essa também. As pessoas que param na cidade vêm buscar o lindo visual formado por lagoas de lindo azul turquesa… uma bela mistura do encontro de Oceano com os rios da região…

Quando se dirige na pequena estrada em direção a Knysna Heads, se vê uma grande área alagada de um lado e um grande campo de golfe do outro…

Isso é algo que nos impressionou por aqui quando se fala de esportes. O rubgy é uma das paixões nacionais, o cricket é outro esporte que atrai os locais e o golfe, também é um esporte que você vê quase todos os dias quando dirige pelas cidades…

Com certeza não vimos tantos campos de golfe em nenhum outro país como vimos aqui. Em Johanesburgo conhecemos pessoas que tem o jogo na rotina, acordam as 5 da manhã e jogam golfe antes do trabalho… no mínimo diferente.

Bom, apesar de já ser final de tarde, encontramos um camping e seguimos para o lugar onde deveríamos ver do alto o belo cenário das lagunas, porém, a luz não estava das melhores e vimos um cenário bonito, mas bem longe do que vimos nas fotos…

Voltamos para o nosso camping, a África do Sul tem as estações como as do Brasil, pois está no mesmo hemisfério, e por aqui já tem ficado frio a noite, precisamos nos agasalhar bem e acabamos indo rapidinho para dentro da barraca depois que escurece.

São várias cidades e centenas de cenários deslumbrantes

Campings em todos os lugares da Garden Route na África do Sul

No dia seguinte demos mais uma volta pela cidade, há um pequeno centrinho, resolvemos algumas coisinhas e pegamos estrada novamente.

Novamente seguimos com calma, paramos para ver um dos maiores bungee jump do mundo, direto de uma ponte na Garden Route, 216 metros de altura. Gente, eu e o Leo, infelizmente, nunca pularíamos… vimos algumas pessoas pulares, fotografamos e seguimos viagem.

A região toda é bonita, há o parque Tsitsikamma e até entramos para ver o preço, a maioria dos parques são cuidados pela San Parks (South Africa National Parks) e é preciso pagar para entrar, nesse caso, era quase 20 dólares por pessoas, mais o custo do camping.

Como já estávamos com o orçamento apertado resolvemos pular o parque e seguir viagem, mas dizem que é lindo e vale o passeio.

Tínhamos a coordenada de campings em Mossel Bay e resolvemos parar por lá. Apesar do camping ser na frente da praia, em um belo cenário, a cidade estava abarrotada, não é um lugar que voltaríamos. Ainda tínhamos duas noites antes dos meus sogros chegarem, e agora era uma questão de tempo. Para podermos aproveitar melhor o tempo com eles alugamos um apartamento na Cidade do Cabo! Até lá.

Para quem ama um belo visual, a Garden Route é cheio de lugares deslumbrantes

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem