Home – América do Norte – Estados Unidos

O melhor do Grand Canyon até Los Angeles

Depois de aproveitarmos Las Vegas seguimos para um lugar que eu e o Leo queríamos muito conhecer: o Grand Canyon. Nosso roteiro seria ver o melhor do Grand Canyon até Los Angeles.

O Grand Canyon é famoso por ser o maior cânion do mundo e pelas fotos sensacionais de quem visita o parque. Saímos logo após o check-out de Las Vegas, nossos amigos alugaram um carro e lá fomos nós!

Paramos para comer algo e começamos a discutir o caminho, pois o Renan já tinha visto uma placa para o Skywalk (uma das atrações do parque).

Checamos os dados e realmente confirmamos que existem diversas entradas para o parque.

Quando eu coloquei Grand Canyon no GPS ele estava nos levando direto para o South Rim, que é uma entrada a 450 km de Las Vegas (aproximadamente 5 horas).

Essa foi a nossa primeira imagem do Grand Canyon.

Mudança de planos

Resolvemos voltar e ir para a entrada conhecida como West Rim (200km de Las Vegas), onde as principais atrações são o Skywalk, Guano Point e Eagle Point. Chegamos lá no final da tarde e descobrimos que o último passeio era as 5:30pm e que só no dia seguinte poderíamos nos aventurar por ali.

Estávamos no meio do deserto e a hospedagem mais perto é dentro do parque. Encontramos o Hualapai Ranch, fomos até lá e conseguimos um quarto para os quatro por um preço razoável!

A parte legal de ficarmos juntos é a diversão. A noite eles fazem uma fogueira com todos os hóspedes e ficamos ali, ouvindo histórias de quando só os indígenas moravam por aqui enquanto comíamos marshmallows feitos na fogueira, assim como nos filmes.

Quando voltamos para o quarto, o Leo e o Renan ainda aproveitaram para ficar tocando violão e ainda fizemos uma rodada de banco imobiliário!

Nosso hotel com a lua cheia nascendo no horizonte.

Clima delicioso em volta da fogueira.

Grand Canyon iluminado pela lua cheia.

O choque com os preços no Grand Canyon

No dia seguinte seguimos para o parque para fazer o passeio.

Chegando lá, algumas surpresas, o preço de U$ 29,95 é só para a entrada, se quiser incluir o Skywalk custa mais U$ 41,00 por pessoa e mais a questão de não poder tirar fotos.

O passeio começa voltando para o Hualapai Ranch (onde nós dormimos) ficando 15 minutos por lá e depois seguindo para os próximos pontos. Achamos o passeio caro e decidimos não ir.

Esse passeio pode ser feito de helicóptero direto de Las Vegas para quem gostar e estiver disposto a gastar.

Começamos nossa volta sentido costa do pacífico e chegamos a Las Vegas no final do dia. Nossos amigos queriam visitar o Premium Outlet e de lá seguimos viagem.

Para não dirigirmos muito durante a noite acabamos dormindo em uma pequena cidade chamada Barstow.

As cores do amanhecer no Grand Canyon.

Lugar para esquiar entre Las Vegas e Los Angeles

O Renan queria passar em algum lugar que tivesse ski ou snowboard. Descobrimos que perto de Los Angeles, no caminho de volta de Las Vegas, existe um lugar chamado Big Bear, com algumas montanhas para esquiar.

Apesar do inverno estar intenso na parte norte do país, na Califórnia o que ouvimos foi que foi um dos invernos mais quentes! E isso refletiu nas montanhas e na quantidade de neve também! Mesmo assim, por ser domingo, o que tinha de neve era suficiente para todas as pistas estarem cheias, muitas crianças e famílias aproveitando o dia ensolarado!

Eu e o Leo nunca esquiamos e estamos adiando isso, vamos deixar para tentar na Europa, sempre ficamos com medo de nos machucarmos e isso nos custar alguns dias parados na viagem. Olhamos, conhecemos e seguimos viagem.

O famoso Big Bear na California.

De volta a costa da Califórnia

Nosso próximo destino foi a cidade de Santa Monica, uma cidade que já conhecíamos e que gostamos bastante! Chegamos lá no pôr-do-sol e a cidade estava lotada! Santa Monica tem um clima leve, praiano, restaurantes legais a beira mar, pessoas curtindo a vida em um clima bacana.

Nossos próximos dias foram pela costa da Califórnia. Fomos até Santa Barbara onde a Raquel e o Renan já moraram, curtimos um dia por lá e na volta ficamos dois dias em Los Angeles, onde nossos amigos já tinham marcado de assistir um jogo de basquete.

Nós particularmente achamos Los Angeles meio deprê, talvez foi legal há alguns anos atrás e hoje em dia deve ter alguns bairros que sejam mais interessantes, mas com certeza a parte legal não envolve a calçada da fama.

Só mais um lugar qualquer na California.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link