Os encantos e atrações de Istambul na Turquia

Resolvemos ficar uma semana em Istambul. Aproveitamos para nos deixar levar pelos encantos e atrações de Istambul na Turquia.

A importância de Istambul na história recente se dá principalmente pela sua localização. Além de ligar o continente Europeu ao Asiático também tem o estreito de Bósforo que liga o Mar Negro ao Mar Mármara e é uma importante rota. A questão é que são muitos encantos e atrações de Istambul na Turquia que nem sabíamos por onde começar.

Um dos passeios que você pode fazer na cidade é o passeio pelo Bósforo e assim ter uma vista das principais pontos turísticos do barco.

No nosso segundo dia por aqui resolvemos conhecer a Cisterna da Basílica, que foi construída ainda no Império Romano para suprir a cidade com água. O mais interessante dentro da cisterna são as duas estátuas de Medusa uma de ponta cabeça e a outra com a cabeça de lado.

Ninguém sabe a real razão por elas estarem nessa posição mas algumas lendas a respeito podem ser encontradas nas placas durante o passeio.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Atrações de Istambul na Turquia

Passeamos pelo jardim do palácio Top Kapi mas decidimos não entrar. Os dois principais castelos por aqui são o Top Kapi e o Dolmabahce. O primeiro é maior e foi a residência do sudão até o império otomano começar a perder força e ai foi construído o novo palácio, um pouco menor, mas ainda um palácio.

Os dois tem um harém que podem ser visitado e nós optamos por visitar só o Palácio Dolmabahce.

Como ainda tínhamos tempo, resolvemos ir até o Spice Market que é o mercado de especiarias. Apesar de não ser tão grande quando o grande Bazar ainda sim é um belo lugar, com muitos vendedores de comidas, temperos, louças para chá, cerâmicas, doces, tudo sensacional.

Para quem gosta de comida é um prato cheio! Saindo do Bazar ainda é possível encontrar outras lojas de comida, vendendo café moído na hora, carnes, frutas, uma delícia!

Sempre que cansávamos aproveitávamos para sentar em algum café, tomar um delicioso chá, comer alguns Turkish Delights que o Leo adora, e refletir sobre tudo o que estávamos vendo.

A sensação é que precisávamos de um mês para ver todas as atrações de Istambul na Turquia.

Alguns momentos do caminho até o Parque Nacional Torres del Paine, Chile.

Aproveitando cada segundo de Istambul

Demos a volta até a Galata Bridge, que liga o centro histórico a cidade nova, passamos pelos barcos que fazem um sanduíche com peixe e ainda tem varias mesquitas para visitar. Aproveitamos para ficar um pouco por ali, fotografar e novamente voltamos para o hotel quando já tinha escurecido.

No nosso terceiro dia em Istambul estávamos exaustos! mesmo com tantas atrações de Istambul na Turquia para serem vistas, não tínhamos mais forças.

Não só dos dias por aqui mas foi um cansaço das últimas semanas… paramos para pensar e desde que saímos de Berlin tem sido uma correria, com poucos dias em cada lugar, 10 mil km dirigidos, 14 países, um monte de cidades, diferentes culturas, diferentes línguas, milhares de informações…

Ufa, precisamos de um descanso!

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Mais dois dias em Istambul que passaram em um piscar de olhos

Por esse motivo decidimos ficar mais um dia na cidade e nesse dia descansar. O ponto é que sempre temos algo para resolver. Precisávamos limpar o sensor da câmera do Leo e resolvemos ir atrás de alguma loja para fazer isso. Era a meta do dia.

No fim nos rendemos a essa charmosa e caótica cidade, afinal, são muitas atrações de Istambul na Turquia, e batemos pernas pelo centro, paramos para um delicioso chá turco com os turkish delights. E descansar que é bom, nada!

No dia seguinte fomos buscar a máquina, que no fim não foi consertada, e seguimos para a Galata Tower que fica no bairro de Taksim, o mais famoso da cidade.

A fila para subir na torre estava gigante e resolvemos não subir e aproveitar para caminhar muito pela Istiklal Caddesi, uma rua fechada com milhares de pessoas, muitas lojas boas e também lojas baratas, vendedores ambulantes e uma mistura única de culturas.

Aproveite para observar as pessoas e apreciar a diversidade de religiões e diferentes culturas, todo mundo em um mesmo lugar, aproveitando as mesmas coisas sem nenhuma distinção.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Visitando um Palácio em Istambul

Apesar do cansaço, andamos até não aguentar mais, nosso corpo doía tanto que até ríamos da situação, acho que estamos ficando velhos.

Já tinha passado quase uma semana mas não poderíamos ir embora antes de visitar uma das principais atrações de Istambul na Turquia: o Palácio Dolmabahce.  Tínhamos recebido a dica que esse Palácio tem número limitado de visitantes por dia então é bom visita-lo na parte da manhã.

Você pode optar visitar o Palácio e o Harém ou só o Palácio ou só o Harém. Pagamos aproximadamente 18 dólares por pessoa para o tour guiado nos dois lugares. Uma pena é que os tours são com muitas pessoas, eu que gosto de ouvir a história tive que ficar colada no guia.

Outra coisa que não gostamos muito é que é proibido fotografar dentro do Palácio. Porém muitas pessoas não respeitam a regra. O guia chegou ao ponto de ter de pedir para uma pessoa se retirar. Meio desagradável já que somos todos adultos. Cada um tem o direito de optar em fazer ou não o passeio, se achar que não vale conhecer o lugar porque não pode fotografar, é só não ir.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Bem-vindos a Ásia

De lá tentamos dar um pulo do lado asiático e foi muito legal ver a placa “Bem-vindos a Ásia”. Lá fomos passear pelo bairro de Kadikoy, como tudo por aqui, lotado.

Nos impressiona chegar a um novo bairro e ver um monte de docerias, restaurantes, lugares para tomar café e muitas lojas. Novamente um lugar para sentir a atmosfera da cidade e de seus muitos turistas.

Como já tínhamos comentado nos primeiro post o transito aqui é caótico. Acabamos perdendo muito tempo no transito. Nossa ida até o lado asiático nos custou 4 horas e tivemos que dormir na cidade.

Apesar de já termos feito check-out voltamos ao hotel (que não tinha mais quartos) e o gerente nos ajudou a encontrar um outro hotel. Inclusive, temos que agradecer a atenção que recebemos do hotel Sultan Inn.

Depois de quase uma semana em Istambul, nossa coordenada mais a leste na Europa, começaremos nossa jornada rumo a Inglaterra pelo sul da Europa.

Nos vemos na estrada!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link