Home – América do Sul – Suécia – Post.16

O dia que fizemos um bate e volta na Suécia

O dia que fizemos um bate e volta na Suécia: Depois de passarmos um delicioso dia em Copenhagen cruzamos a ponte que separa a Dinamarca da Suécia e dormir nesse novo país!

Apesar de não existir uma fronteira, assim que termina a ponte tem uma barreira policial onde fomos parados! A policial, que era super bonita, nos pediu os passaportes, Leo falou da viagem, que tínhamos dirigido de carro e ela com um sorriso desconfiado não acreditou! Entregamos um cartão da viagem, ela perguntou qual era nossa relação, falamos que somos casados e ela nos liberou!

Foi uma situação engraçada!

Saindo da Dinamarca e rumo a Suécia

Não sabíamos bem o que estávamos fazendo na Suécia

Paramos em uma área de descanso bem depois do posto policial e dormimos ali! No dia seguinte nosso plano era conhecer a cidade de Malmo, que não foi possível devido a chuva!! Estava uma chuva torrencial, parecidas com as de São Paulo no verão!

Resolvemos ir sentido norte e 50km pra cima o tempo já estava completamente aberto e um lindo dia! Fomos até Helsingborg que é uma cidade portuária e de onde pegaríamos a balsa para voltar para a Dinamarca!

Passeamos pela cidade quem tem um centro bem pequeno mas bonito e passamos no Castelo Sofiero, apesar de querermos ver o castelo, estava tendo uma feira de carros antigos, todos expostos no jardim e não conseguimos ver muita coisa!

Não é muito comum ver um carro do Brasil na Suécia.

E aí, já sabe para onde você quer ir?

Ruas calmas em mais uma manhã de primavera sueca.

Cruzando de volta para Dinamarca de barco

A balsa para a Dinamarca custa aproximadamente 65 dólares e você desce em Helsingør. Aqui você pode visitar o castelo Kronborg, imortalizado na famosa peça Hamlet de William Shakespeare o castelo é muito lindo! É um dos mais importantes castelos renascentistas do norte da Europa e considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Ele foi construído em um lugar estratégico e assim controlava o estreito de Øresund e por mais de 400 anos a Dinamarca cobrou um pedágio para os barcos que passavam por ali!

Depois de aproveitar a luz que estava linda, seguimos para a casa da Elaine, que mora em Hillerød, que tinha nos convidado para um café! Fomos com ela, o marido Lassen, o pequeno Noah e a Lua, a pequena cachorra da família passear pelo “jardim” da casa deles que é praticamente o castelo Frederiksborg!

Para nossa sorte a luz estava ainda mais bonita e o Leo aproveitou para fazer muitas fotos e nós para passearmos!!

A balsa que pegamos para voltar da Suécia para a Dinamarca

De volta a Dinamarca visitamos o castelo Kronborg

Castelo imortalizado na obra de Hamlet de Shakespeare.

Volta para Dinamarca

Nesse dia o Leo até brincou comigo que eu não podia mais reclamar de não ver castelos, já que tínhamos ido ver três!!

A Elaine nos convidou para ficarmos por lá e foi super legal!! O Lassen morou no Brasil por um ano e falava português super bem além de adorar nosso país! Estava até com a camiseta verde e amarela!! Comentamos com eles que para nós sempre tem a partida também, encontramos pessoas muito legais e que gostariam que ficássemos por mais tempo e ao mesmo tempo que queremos ficar, precisamos nos despedir e seguir em frente!

Faz parte da viagem!!!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link