Visita ao campo de concentração de Auschwitz na Polônia

Após desbravar a contagiante cidade de Praga na República Checa chegava um dos momentos mais esperados em nossa passagem pela Europa Central: A visita ao campo de concentração de Auschwitz na Polônia.

A visita ao campo de concentração de Auschwitz na Polônia foi um dos momentos mais tristes e interessantes da nossa viagem. Chegamos até a discutir se deveríamos ou não visitar este lugar, uma vez, que eu Rachel, sofro bastante em ver de perto esse tipo de coisa.

Mas faz parte da história da humanidade, e pelo menos conversando as pessoas que conhecemos na Alemanha, elas sempre ressaltam que está lá para nos lembrar do que aconteceu e prevenir que aconteça novamente.

O clima sombrio e triste de Auschwitz na Polônia

Achamos um camping próximo

Conseguimos um camping bem bacaninha na entrada da cidade, preço justo, belo gramado, estava um lindo pôr-do-sol… Tiramos o final do dia para trabalhar na produção do livro da América e agendamos mentalmente a visita aos campos na manhã seguinte.

O lugar era parte de uma igreja e é onde acontecem vários encontros e retiros acontecem. Para nossa sorte éramos somente nós por lá e o lugar emanava paz. Perfeito para começar nossa visita a Polônia.

O camping tranquilo que achamos próximo de Auschwitz na Polônia

A hora de conhecer Auschwitz…

O dia seguinte amanheceu nublado, com um ar meio chuvoso, parecia que o clima estava prevendo nossa agenda. Chegamos a Auschwitz antes do meio-dia e para nossa surpresa, estava lotado de turistas. Ônibus, carros, motorhomes, tudo quanto é meio de transportes… Mas é tudo bem organizado e em menos de 30 minutos já estávamos em um grupo com uma guia muito boa falando um excelente Inglês.

Como já havíamos visitado o campo de Dachau, próximo a Munique, sabíamos um pouco dos acontecimentos e do que esperar por lá. Mas foi só pisar na entrada do campo, diante da fatídica frase “o trabalho liberta”, que voltamos a sentir todo o peso do lugar. Diante de uma fina garoa caminhamos entre os alojamentos que tiveram diversas finalidades, antes e durante, a segunda guerra mundial.

O que não sabíamos é que Auschwitz é o nome dado um conjunto de campos, onde Birkenau é o maior dele e onde iríamos logo em seguida… É duro imaginar o sofrimento das pessoas que por ali passaram, imaginar como enfrentavam o frio agudo do inverno europeu, como sobreviviam em celas super lotadas e minúsculas, uma ambiente pesado!

Milhares de sapatos deixado para trás nos campos de concentração.

Os corredores de Auschwitz na Polônia.

Os dormitórios onde as pessoas dormiam.

Arrepiados em Birkenau na Polônia

Visitamos Birkenau logo em seguida, um ônibus já incluso no ticket nos levou até o local do maior extermínio em massa que a humanidade tem registrado. Ali, mas de dois milhões de pessoas perderam suas vidas! Na chegada você já consegue avistar a linha do trem que levava os prisioneiros direto para o fundo do campo, onde ficava discretamente um galpão que em seu sub-solo possuía um engenhoso sistema de carnificina, as conhecidas câmaras de gás.

Visitamos também os alojamentos das pessoas, que mais pareciam grandes armários precários, sujos e gelados. Triste, pesado e quase inacreditável o ponto que o ser humano pode chegar.

Bom, após quase cinco horas nos dois campos chegava a hora de deixar Auschwitz para trás e seguir viagem.

O que mais me impressiona em tudo isso é saber que mesmo após milhares de anos de existência a nossa sociedade continua preconceituosa e racista como um todo, onde tais características se apresentam de forma discreta, velada, quase negada nas pessoas das mais diferentes culturas, nacionalidades e sexos…

Continuamos a ter uma visão muito singular do que é certo e errado na vida e no mundo e dessa forma acabamos, muitas vezes, “julgando” aqueles que desejam seguir caminhos diferentes dos nossos. Seja essa escolha sexual, religiosa ou cultural…

Precisamos justificar isso que chamamos de evolução dos nossos tempo e mover para frente de verdade, de preferencia deixando de lado as nossas diferenças e assim garantir que os genocídios do passado e do presente não se repitam no futuro.

Os campos de concentração de Birkenau na Polônia

Grades por todos os campos de concentração de Birkenau na Polônia

Os campos de concentrações foram, infelizmente, o fim da linha para muitas pessoas. 

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem