Home – América do Sul – Peru

O dia que ficamos frente a frente com as ruínas de Machu Picchu

O dia que ficamos frente a frente com as ruínas de Machu Picchu: Já estávamos ansiosos para chegar a Machu Picchu, depois de 1:30hrs no confortável trem que pegamos na estação em Ollantaytambo, chegamos a Água Calientes e ficamos bem surpresos!

Tínhamos ouvido muitas recomendações sobre a cidade ser horrível e que não valia a pena ficar nenhum dia por lá! Infelizmente não tínhamos essa opção, pois como só compramos os tickets do trem quando chegamos a Ollantaytambo. Compramos os horários disponíveis e por isso chegamos no final de tarde a Aguas Calientes, dormiríamos aqui, dia seguinte Machu Picchu e pegaríamos o trem de volta a Ollantaytambo as 9hrs da noite.

Achamos a cidade de Aguas Calientes um charme no pé de Machu Picchu

Tudo de última hora para Machu Picchu

Se você for com tudo comprado do Brasil, com certeza dá para chegar pela manhã, fazer o passeio e voltar para Cusco no mesmo dia. Fora isso os trens tem preços diferentes então se quiser economizar compre antecipadamente pois esse é o que esgota mais rápido. Há mais de cinco horários por dia, o que possibilita fazer do jeito que você quiser.

Voltando a Aguas Calientes, ainda era final de tarde e aproveitamos para andar pelas estreitas ruas e ladeiras, olhar as lojinhas e comer alguma coisa! Aproveitamos para também comprar os tickets da entrada para Machu Picchu.

Como a cidade é minúscula e não tínhamos nada para fazer, já que só levamos a roupa do corpo e equipamento fotográfico, pela primeira vez arriscamos ligar a TV do hostal em que estávamos e foi muito engraçado. As novelas mexicanas tomavam conta da televisão, com um trama fraca e superficial.

A famoso trem que leva os turistas até Machu Picchu

Muito charme na cidade de Agua Caliente no Peru

Hora de conhecer Machu Picchu de verdade

No dia seguinte pegamos a van e seguimos para Machu Picchu, o dia estava super ensolarado e centenas de pessoas faziam fila na entrada da Cidade Inca. Fora o congestionamento de pessoas, tudo impressiona, o lugar é realmente lindo e é de ficar admirado de pensar como eles construíram tudo isso.

Outro fato interessante é que a cidade é de 1.500 e como os Incas foram lutar contra os espanhóis os mesmos nunca encontraram essa pequena cidade que foi abandonada antes do seu término. O que confirma isso é o fato de não ter nenhuma igreja católica por ali, diferente de todas as outras cidades peruanas, que junto com suas praças de armas tem suas catedrais.

Não importa a época do ano, está sempre cheio Machu Picchu

A fotografia mais comum de Machu Picchu

Realizados de chegar em mais um destino épico do Viajo logo Existo

Chegamos perto das nove da manhã e uma coisa é fato sobre o que nós lemos: lá pelas duas da tarde o parque já começa a ficar bem vazio, pois muitas pessoas pegam o trem para voltar no meio da tarde. Então aproveitamos o parque esvaziando e ficamos ali até o limite para ir embora, quatro da tarde.

Fizemos muitas fotos, vimos estrangeiros de todos os lugares, desde grupos inteiros de japoneses e guias falando em todas as línguas!

Ficamos felizes de ter feito esse passeio e se você estiver planejando passar férias no Peru tem que ir, nós mesmos queríamos ter ido já fazia algum tempo, mas ao mesmo tempo achamos o passeio caríssimo perto de tantos lugares incríveis que vimos e que tinham o custo somente para manutenção do parque.

Preços:

  • Tickets do trem de Ollantaytambo para Machu Picchu – USD 115,00 por pessoa
  • Entrada para o parque – USD 46,00 por pessoa
  • Dormir em Aguas Calientes – USD USD 15,00 por pessoa
  • Van para Machu Picchu – USD 18,00 por pessoa

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link