Home -Europa – Holanda

Encantados com Haia, na Holanda

Estávamos ansiosos para chegar em solo Europeu! Depois de um ano de viagem e toda a América percorrida, ir para outro continente nos trazia um frio na barriga! Mais desafios em relação a língua, cultura e assim precisaríamos fazer uma imersão em tudo isso!

Depois de mais de 24 horas de voo, duas escalas e um voo perdido chegamos a Amsterdã! Nosso destino final, a cidade de Haia é a capital administrativa da Holanda. Lá fomos recebidos pela Ingrid, brasileira que já mora aqui há um tempo! Depois de gastar um tempinho para registrar que nossas malas não chegaram, pegamos o trem dentro do aeroporto mesmo e de lá seguimos para Haia.

Cinco minutos ali e já tivemos a primeira dificuldade com a língua, compramos o ticket para a direção certa mas não tínhamos a mínima ideia de onde pegar o trem, já que existem um monte de plataformas! Recorremos ao guichê de informação e o funcionário nos informou! Chegando em Haia quase congelamos ao sair do trem, os termômetros mostravam 11 graus e o céu completamente cinzento.

Ainda descemos na estação errada e ainda bem que tudo por aqui tem internet, avisei a Ingrid e ela gentilmente nos buscou! Assim começamos nossa chegada por aqui, mortos mas com um sorrisinho faceiro no rosto por chegarmos!

Fomos para casa da Ingrid, comemos um delicioso arroz com feijão e bife acebolado e capotamos!!

Andando pelas ruas de Haia

Aproveitando o dia de sol e céu azul em Haia

Fomos passear por essa charmosa cidade! Ingrid nos acompanhou com o pequeno poliglota Kori de três anos que se divertia pelo caminho e gentilmente se aconchegava no carrinho e dormia quando cansava! Visitamos os canais, vimos milhares de bicicletas, passamos pelo City Hall, pelo Parlamento, Palácio da Paz, pelo museu Mauritshuis.

Onde geralmente dá para ver o quadro a moça do brinco de pérola de Vermeer, mas que no momento está fechado para reforma e o quadro está fora do país em alguma exposição.

A Corte Internacional de Justiça, onde alguns ditadores já foram julgados. Por ser a capital administrativa, ter algumas instituições da ONU e da EU, embaixadas e empresas multinacionais também há muitas pessoas de todos os lugares! Ainda visitamos o castelo onde o rei trabalha e a Igreja principal da cidade na praça de Binnenhof.

Apesar de não ser a cidade mais turística do país, tem muita coisa pra fazer e a cidade é bem bonita

A cidade de Haia nos surpreendeu

Para nós além dos lugares turísticos gostamos muito de observar o dia a dia de quem mora por lá. E para isso nada melhor que andar a pé. As pessoas de bike com certeza são o principal destaque! Além disso encontramos apartamentos feitos de containers que nos chamaram a atenção. A praia de Scheveningen cheia de restaurantes e lounges que são montados só para o verão.

Também encontramos uma grande comunidade árabe pela cidade e seus açougues vendendo carne 100% halal. Inclusive passamos em frente a uma mesquita e fomos convidados a entrar e foi interessante. Apesar de não ter ninguém para nos falar um pouco sobre o lugar tinha alguns senhores sentados conversando, assim como vemos nos filmes. Muito legal, adoramos!

Haia nos surpreendeu e já ficamos mais felizes ainda por ter começado a viagem por aqui!

O sol está se pondo as 10:00 da noite então nós ainda fomos para casa e voltamos para tentar fotografar a noite! A segurança de andar pelas ruas, pegar transporte público a noite! Tudo isso é muito bom!

Mais uma vez, felizes!

Bicicletas por todos os lados, casas feitas de contêineres e muitos museus

Manhã de Sol e uma visita inusitada a feira de rua

Depois de um dia delicioso conhecendo a cidade de Den Haag aproveitamos a cidade com a família da Ingrid como uma pessoa local! Adoramos quando temos a oportunidade de ver o dia a dia das pessoas. Começamos o dia indo a feira, apesar de ter acordado me sentindo péssima e achando que estava com um início de amigdalite adorei estar naquela manhã de sol.

Vimos todas as frutas possíveis e ficamos surpresos, pois geralmente tem aquela lenda que isso ou aquilo só encontramos no Brasil. Melancia, melão, laranja e até maracujá!

A Ingrid ia reunir uns amigos em casa para comemorar o aniversário do Kori, que tinha sido durante a semana. Compramos tudo que precisávamos e ainda passeamos pelos corredores de peixes que estavam com uma cara deliciosa! Juro, dava vontade de comer tudo de tão bonitos que estavam! Ainda passamos no mercado para comprar o que faltava e seguimos para casa.

Aos poucos os amigos começaram a chegar e fomos ficando impressionados com tantas pessoas de cada lugar. Nós de brasileiros, húngaros, ingleses, alemães, holandeses e até um amigo de Curaçao.

Fomos a uma feira no fim de semana e nos surpreendemos de encontrar de tudo

Foi muito legal conhecer pessoas de diferentes culturas e também compartilhar nossa história! Como está escurecendo só as 10:30 da noite pareceu até um churrasco e não um jantar! A Ingrid fez comida mexicana que nós adoramos e foi tudo uma delícia! Ficamos muito felizes com essa exposição, discutimos o que fazer e planejamos de aproveitar mais um dia por ali.

Visitar Delft e depois seguir para uma viagem de 15 dias para a parte oeste da Alemanha, Luxemburgo, Bélgica. Depois vamos voltar para Haia para buscar o carro. Para assim começar a viagem junto com o nosso querido Coyote!

Não tenho dúvidas que vai ser um desafio para nós que sempre temos o carro como apoio, mas como desafio é uma palavra que adoramos: vamos lá!

Só precisamos melhorar dessa gripe agora!

Delft é uma pequena cidade universitária que fica a meia hora de Haia

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link