Home – Europa – Holanda

Viajando de trem por Delft e Utrecht na Holanda

Viajando de trem por Delft e Utrecht na Holanda: Depois de alguns dias na cidade de Haia, chegou a hora de começar nossa exploração pela Europa porém de uma forma diferente. Como nosso carro ainda não havia chegado dos EUA, nossa viagem agora seria de trem!

Como nosso carro ainda não chegou, optamos por fazer uma viagem de trem pelo sul da Alemanha, Luxemburgo e algumas cidades da Bélgica. A ideia é já tirar da frente essas cidades e quando estivermos com o carro podemos viajar para o restante da Europa. Muita gente no facebook questionou esse roteiro, mas ele é so temporário, é so enquanto estamos sem carro. Depois pretendemos dirigir até a Turquia e então voltar até Portugal, cruzando o continente todo.

Viajamos poucas vezes de trem, mas é sem duvidas um ótimo meio de transporte, principalmente aqui na Europa. É rápido, polui pouco, te leva para todos os cantos e tem um preço acessível. Pela internet mesmo você pode ver o preço e horário dos trem, avaliando as trocas, tempo de viagem, hora de chegada. Uma outra coisa também, é que estamos vendo como utilizar vários sites de carona, que no fim acaba sendo uma opção mais barata que o trem, ajudando a gente a economizar um pouco mais por aqui.

Delft é um daqueles achados, lindo, pequeno, charmoso…

Delft: pequena cidade cheia de canais…

Localizada a menos de meia hora de carro de Haia, Delft é uma pequena cidade cheia de canais, belas construções, igrejas e super tranquila. Tudo bem que era domingo cedo e por aqui já deu para perceber que domingo é o dia de não fazer nada e também não sair de casa. O tempo estava ótimo para ajudar, um sol forte brilhava entre algumas nuvens no céu.

O segredo para explorar a maioria das cidades na Holanda é sempre procurar pela catedral ou igreja central, geralmente tudo gira em torno dela. Usávamos essa tática na América do Sul também, onde tudo girava em torno da igreja e a praça central. Como estávamos com a Ingrid, ela conhecia um pouco a região e de verdade fomos sem muita pressa até a praça central de Delft. E isso parece ser o mais legal por aqui…

Andar sem pressa e ir explorando cada nova esquina das cidades.

Uma coisa que nos chamou a atenção eram as casas todas juntas e coladas, muitas dela somente uma portinha e dois andares. Isso estava nos intrigando, por que casas tão finas e altas? Foi ai que descobrimos que no passado o imposto territorial era cobrado pelo tamanho da sua fachada na rua, portanto quanto mais fina a casa, menos imposto.

Isso explica por que varias delas são somente um porta e depois abre um patio grandioso no fundo. Desde sempre a humanidade encontrando maneiras “legais” para não pagar impostos… interessante!

As casas apertadas características da Holanda

Todas as cidades sempre possuem uma bela praça e um igreja!

Céu azul em Delft na Holanda!

Fácil entender por que todo mundo adora a Holanda

Delft foi nossa segunda cidade na Holanda e fica fácil entender por que todo mundo adora a Holanda. Os lugares são lindos, as pessoas bonitas e elegantes, quase não tem carro nessas ruas, logo não tem barulho também. As calçadas apesar de antigas são limpas e as flores sempre muito bem cuidadas. As pessoas que falamos foram gentis e prestativas.

O tempo agradável. Se tem uma coisa negativa são os preços, depois de muito tempo na América Latina e Estados Unidos, tudo aqui está parecendo caro. Para nós, no mínimo 30 a 40% mais caro em tudo.

Por fim chegava ao fim nossa manhã em Delft, queríamos voltar para organizar os detalhes finais da nossa viagem de trem pela Europa enquanto o carro não chega.

Fica a dica se você está procurando lugares novos e legais para conhecer por aqui!

De passagem e sem fotos em Utrecht

Nosso primeiro destino depois que saímos de Haia. Pegamos nosso primeiro trecho de trem e em menos de meia hora lá estávamos! Utrecht é quarta maior cidade dos Países Baixos e centro da maior universidade do país. Infelizmente o tempo não estava ajudando muito, uma leve garoa as vezes aparecia para atrapalhar um pouco nosso passeio e mais ainda nossas fotos. Mas quando se está viajando por tanto tempo, fica difícil ter sempre dias de sol e céu azul, ou seja, faz parte e seguimos em frente.

Para facilitar nossa vida, deixamos nossas poucas malas trancadas em um “locker” dentro da estação de trem e levamos somente o essencial. Dinheiro e máquina fotográfica!

Nosso plano era explorar o charmoso centro da cidade e depois pegar um trem para Cologne, já na Alemanha. A estação de Utrecht é grande, e como tudo na Holanda, limpo e bem organizado. Pagamos 4 euros para deixar nossas malas por até 6 horas trancadas. Leves, saímos para andar sem rumo pelo centro da cidade. As diversas ruelas sem carro garantem uma agradável caminhada em meio a lojas e restaurantes.

Pequenas pontes ligam a cidade entre os canais e o destaque fica para a torre da catedral com seus mais de 110 metros de altura. A construção de 1300 teve a nave destruída e hoje somente a torre está lá! Uma pena que o tempo nublado e chuvoso não permitiu explorar toda a beleza do lugar.

*No dia seguinte nosso HD do computador quebrou e perdemos as fotos de Utrech e dos primeiros dias da Alemanha. Mais do que nunca revisamos nossa politica de fazer back-up das fotos no mesmo dia!

Correndo contra o tempo

Uma curiosidade é que em diversas cidades da Holanda você tem internet gratuita por 30 minutos, ótimo para procurar o centro de informações mais próximo. E foi o que fizemos, tem um bem do lado da torre, lá pegamos um mapa da cidade com todas as atrações.

Em menos de três horas tínhamos praticamente andado por todos os cantos e resolvemos parar para comer um delicioso Kebab turco.

Tínhamos uma carona agendada para as 17hrs e portanto nosso horário era contado, literalmente. Como era nossa primeira vez pegando uma carona aqui na Europa, resolvemos chegar uns 20 minutos antes e garantir que tudo saísse bem, afinal iríamos economizar uns 40 euros com isso.

Bom, o fato é que o cara nunca apareceu no lugar combinado e agora correndo contra o relógio tivemos que comprar uma passagem de trem para Colonia, já na Alemanha e garantir que chegássemos a tempo pois tínhamos um hostel bookado por lá.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link