Home – América do Norte – México – post 02

Conhecendo as mais belas ruínas Maias do México

Achei que tudo está muito turístico e caro em Cancún, com exceção da água do mar que tem uma cor linda e dos cenotes, todo o resto parece Miami… Muitos hotéis novos, tudo moderno, parques aquáticos, para a gente que gosta de história, natureza, ali ficou devendo!

As ruinas Maia existem em toda a Peninsula Yucatan. De Cancun até Chichen leva algo como 2 a 3 horas de viagem, existe uma estrada nova e direta, mas tem o pedágio mais caro de toda a América, 250 pesos. Ok, a estrada é ótima e vazia, mas não vale a pena por nada no mundo pagar isso ai! Chegamos por lá no fim do dia e achamos um hotel, que era o mesmo preço do camping. Cozinhamos no carro mesmo e comemos sentados no chão em frente a entrada do hotel. Uma experiência no mínimo interessante e diferente.

Na manhã seguinte dirigimos os poucos quilômetros até a entrada do parque. No caminho, já ficamos impressionados com a quantidade de ônibus e vans na região – sem duvidas é a ruina mais movimentada de todas que fomos. Chegamos às 8:30 e essa é uma excelente dica: depois das 11hrs começa a ficar abarrotado de gente por todos os lados. Se achávamos que tinha muita gente quando chegamos, na saída tinha dez vezes mais, impressionante!

Chichen Itzá é a ruina mais famosa do México, talvez devido a sua proximidade de Cancun.

Chinche Izta é sem duvidas um lugar que vale a pena visitar

A pirâmide principal é gigante e mesmo restaurada, ainda preserva um aspecto original. O mesmo para as demais construções no sitio, como o campo de futebol, as casas, as estelas e outras coisas mais. Dentro também há um cenote, uma espécie de piscina natural ao céu aberto, onde os Maias acreditavam ser o caminho para conversar com alguns Deuses através das oferendas humanas.

Outra coisa que nos chamou atenção no sitio foi a quantidade de ambulantes vendendo coisas de todos os tipos dentro do parque. Alias, falando que é brasileiro já consegue, pelo menos, 50% de desconto! Compramos uma lembrancinha que começou em 100 pesos, falei que era do Brasil foi para 50 pesos e no fim saiu por 40. Ai eu tinha que comprar!

Show super interessante em Uxmal

Chegamos em Uxmal por volta das 17hrs e o tempo ainda não estava ajudando. Uma fina chuva caia na entrada do parque e colocava em risco o show daquele dia, o que seria um serio problema para nós, porque se quiséssemos realmente vê-lo teríamos que ficar mais um dia por ali. Enquanto não tínhamos o veridito final se teríamos ou não a apresentação naquele dia ficamos sentados na entrada do parque. Existia algumas lojas ali e aproveitamos uma livraria para comprar uns livros sobre os Maias e entender mais aquele rica cultura.

Lá para as 18:30 tivemos a boa noticia que o show iria acontecer as 19hr pontualmente.

Em Uxmal é permitido dormir em uma área gramada nas imediações do parque por 15 dólares, o que era perfeito para nós. Pegamos nossas capas de chuva pela primeira vez e as 19hrs presenciamos um interessante espetáculo em meio as ruínas de Uxmal. Nada no estilo DisneyWorld cheio de luzes e efeitos especiais, mas mesmo assim interessante e diferente!

Uma passeio que vale a pena se você está por perto! Durou algo como 50 minutos e estava lotado de turistas que surgiram sei la de onde na ultima hora!

As ruinas de Uxmal durante o dia, maravilhosa!

O parque de Uxmal durante o dia

Dormimos no estacionamento do parque e foi uma noite tranquila. Nosso plano era acordar cedo e visitar o parque novamente agora de dia e com mais tempo, o que valeu muito a pena! Apesar de também ser uma ruina Maia ele é completamente diferente de Chinchen Itza, primeiro pelo seu relevo. Onde Chinchen é mais plana, aqui existe diversas construções em partes altas e tudo parece mais original aqui do que por lá.

Claro que todos os parques passaram por restauração, até porque depois que os Maias sumiram no final do século 17 e as florestas simplesmente tomaram conta de tudo. Tanto é que em vários sítios onde mais de 80% do lugar ainda está debaixo da terra, expondo somente uma minoria para os visitante! Em Tikal, na Guatemala, por exemplo é possível avistar dezenas de pequenas montanhas de terra e vegetação que esconde alguma construção embaixo, tudo muito interessante!

Levamos quase três horas para dar uma boa olhada em Uxmal e nosso plano era seguir viagem para Campeche, dormir por lá e depois seguir para Palenque. Nosso ultimo sitio arqueológico antes de seguir para a costa do Pacifico.

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem