Ohrid, um paraíso escondido na Macedônia

Ohrid surgiu na hora certa da nossa viagem, situada em um lago na fronteira da Macedônia com a Albânia, Ohrid é o lugar perfeito para você desligar de tudo e curtir sua exuberante paisagem.

Nossa passagem por Escópia, capital da Macedônia, havia sido tranquila, mas meio sem sal, conforme falamos nesse post. Mas Ohrid parecia ser diferente, muitas pessoas haviam nos falado sobre essa pequena e simpática cidade em nossas redes sociais.  

Agora iriamos lá para ver com nossos próprios olhos. 

Conhecer Ohrid foi uma surpresa em nossa viagem

Ohrid é muito mais que o centrinho 

Saímos de Escópia logo depois do almoço, nosso plano era passar na cidade de Bitola no caminho, almoçar por lá e depois seguir viagem pelas belas paisagens da Macedônia. Ah, Google maps não é muito preciso por aqui, nem o MapsMe, assim, eles vão te levar até o lugar, mas a previsão de tempo não é muito precisa, e nem as ruas as vezes. Mas como o país é relativamente bem sinalizado, não tem muito transito, você consegue se virar bem usando eles e as placas pelo caminho.  

Bitola é arrumadinha, organizada, mas muito pequena, só comemos algo pelo centro e seguimos viagem para Ohrid. Chegamos na cidade no final do dia e por um erro nosso, colocamos o centro da cidade e não nosso hotel, o que nos levou até uma rua fechada, tipo calçadão na frente para o lado, repleto de gente. 

Já que estávamos lá, paramos o carro e fomos dar uma volta. Lojas e mais lojas vendendo um pouco de cada coisa, algumas sorveterias, famílias caminhando, mas nada que justificaria alguém falar tão bem daquele local.  

Bom, o que viria a seguir é que realmente fez valer a pena a nossa visita. 

Ohrid tem paisagens surpreendentes

Um lugar diferente, cheio de charme 

Seguindo as novas coordenadas no celular, começamos a dirigir pelas estreitas ruas próximas ao lago de Ohrid. Tão estreitas que não passaria um carro e uma moto juntos. Mas se o caminho era aquele, seguiríamos em frente. Nosso hotel era localizado em uma parte alta, próximo de uma muralha.  

Sentindo o cansaço da viagem nos últimos dias, chegamos desmaiamos na cama, mas lá para as 22hrs, a fome bateu. Pesquisamos um lugar para comer no TripAdvisor e saímos para caminhar. E foi aí que o charme da cidade começou… 

As ruas vazias, o silencio, as casas de pedras, tudo muito bem cuidado e bem iluminado… Uau, que lugar diferente. O restaurante que buscávamos ficava em frente a um anfiteatro romano de 200 anos antes de Cristo. Nos olhamos e refletimos sobre que lugar incrível era aquele. Comemos, sozinhos, em um restaurante de frente para o anfiteatro.  

Parece meio estranho, mas são momentos como esse que nos fazem querer ir cada vez mais longe. Ali, só eu e a Chel andando por aquelas ruas de pedra vazias, muito longe de casa… 

A beleza do lugar nos deixou impressionados

Ohrid é um dos lugares mais incríveis da Macedônia

Aproveitar essa paisagem durante uma refeição não é nada mal

Ohrid, belos mosteiros e bons restaurantes 

Uma das coisas que tínhamos anotado em nossos roteiros quando decidimos colocar Ohrid na viagem, era visitar o mosteiro de Saint Naum, localizado a 40min ao sul de onde estávamos. Chegamos a este lugar por ele estar na lista de patrimônios da humanidade da Unesco. O trajeto de carro é bem legal, principalmente se você está com o carro alugado, porque você pode ir parando, fotografando, curtindo o caminho com calma. 

Se você estiver por aí no verão, vale a pena levar roupa de banho e aproveitar a viagem para dar um mergulho no lago de Ohrid. O monastério é bonito, bem organizado e vale a visita. Existem alguns restaurantes bacanas por lá e se você tiver tempo, recomendamos dar uma olhada. 

Do monastério nós seguimos direto para a cidade de Struga, no outro extremo do lago, ao norte. Algumas pessoas haviam comentado que a cidade era bonita, charmosa e resolvemos ir dar uma olhada. Bom, talvez tenhamos ido no dia errado, hora errada, sei lá, mas não achamos nada demais. Assim, é arrumadinha, restaurantes de frente para o rio, mas sem charme nenhum. Resumo, não ficamos nem uma hora por lá e voltamos para o nosso hotel. 

Conhecer o lago é um dos melhores passeios em Ohrid

Um dia ainda voltamos para Ohrid 

Já havíamos visto tudo que Ohrid tinha ao redor, mas ainda faltava entender porque esse lugar era tão querido pelos turistas, mas claro que essa não é uma pergunta que o Google te responde facilmente hahaha. Com fome e já escuro, saímos para achar um lugar bacana para comer. A Chel ouviu falar de um restaurante na frente do lago e essa era a nossa missão. 

O que não imaginávamos era que o caminho seria tão encantador. Depois de descer algumas escadas de pedra nós chegamos a Igreja Santa Sofia toda enfeitada de luzinhas, restaurantes charmosos ao redor, um clima ótimo. Eu, leo, achei que ali seria o nosso destino, mas a Chel tinha outros planos e seguimos por ruelas que nos levavam direto para os tempos romanos. 

Chegamos ao lago e uma passarela de madeira por cima dele, beirando o paredão de pedra, no levou até alguns restaurantes escondidos nas falésias de Ohrid. Era uma perfeita cena de filme, os postes com luzes amarela, ninguém por perto, o silencio, a comida excelente. Que delícia. E o melhor, uma infraestrutura super descente. 

Ali, enquanto provávamos a culinária local, ouvindo o barulho das aguas batendo nas pedras, admirando as igrejas iluminadas nas falésias, nós entendemos porque esse lugar encanta quem aqui já esteve. 

Quando quiser um lugar para renovar as energias, desligar do mundo, já sabe onde ir…  Um dia ainda voltamos para Ohrid na Macedônia. 

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link