Escópia na Macedônia: a capital mais estranha da Europa

Repleta de estatuas, prédios de fachadas e até uma caravela no meio de um rio, Escópia, capital da Macedônia, nos pareceu umas das cidades mais estranhas que já visitamos.  

Dirigimos por quase cinco horas de Tirana até Escópia capital da Macedônia para conhecer essa região dos Balcãs que nunca havíamos visitado antes. Ela seria nosso ponto de partida para essa viagem de alguns dias que faríamos pela região. Foi da cidade que fizemos uma visita a Kosovo e também de onde seguiríamos para a cidade de Bitola e Ohrid. 

Nem tudo é estranho, uma tradicional igreja ortodoxa

Pouco tempo em Escópia foi o suficiente 

A verdade mesmo é que acabamos separando poucos dias para essa viagem pela Albânia e Macedônia, e como resolvemos fazer um day tour em Kosovo, acabamos ficando com ainda menos tempo para explorar essa bela e pouco turística região do mundo.  

Dito isso, Escópia na Macedônia acabou ficando com somente algumas horas para visita-la, mas no final, talvez nem precisássemos de mais tempo. Como um todo o centro da cidade é fácil de explora-lo a pé e tranquilo de se localizar. 

Paramos o nosso carro alugado em um estacionamento de rua, compramos um ticket na banca de jornal e saímos para visitar o centro da cidade. 

A cidade toda é repleta de estátuas

Mas por que Escópia na Macedônia é estranha? 

Bom, basta você chegar a praça principal para ficar um pouco perdido, mas no caso não é perdido fisicamente, é perdido com o excesso de estilos arquitetônicos. Para onde você olha, tem uma estatua. É um leão virado para frente, um gigante guerreiro em um cavalo, uma mulher amamentando, postes de luzes igual de Paris. Caramba, que cidade estranha essa Escópia. 

Tudo ficou ainda mais claro quando descobrimos que há quase uma década o governo da Macedônia lançou um plano de revitalizar a cidade toda, reconstruindo prédio e “espalhando” história pela cidade. Ou seja, diferente de cidades nessa região da Europa que você se depara com a arquitetura de centenas, milhas de anos, Escópia está sendo reconstruída como se fosse algo histórico e isso é, assim, meio estranho, não? 

Nós não somos nenhum máster da arquitetura, e até apreciamos coisas novas e bem-feitas, mas em Escópia, sério, você fica confuso, principalmente por causa das estatuas. Uma hora a Chel falou, “nossa, dá para contar 5 estatuas diferentes no quadro dessa foto”- existe até uma escultura dentro do rio. É surreal… 

Caminhamos mais um pouco até o mercado de rua, tipo um bazar, mas talvez por ser de dia, ele não estava o mais bonito de todos. A noite talvez com as luzes da cidade, tudo mude, mas não tínhamos tempo para ficar até a noite. Sem falar que as lojas por ali já vendem um monte de coisa chinesa, não tem aquele charme de coisas típicas, como ainda tem em Istambul, por exemplo. 

Escópia foi uma das cidades mais estranhas que já visitamos

Chegamos em Nova York?

Porque não uma estátua dentro do rio?

Era hora de deixar Escópia para traz 

Escópia, como já deixamos claro acima, não foi uma cidade que nos encantou. Claro que o clima como um todo na cidade é gostoso. Acho que foi mais essa questão da arquitetura do centro da cidade. Como um todo a cidade é muito segura, as pessoas são simpáticas, os preços são ótimos, não tem transito, comida é boa. 

Se você estiver por perto, de uma passada lá para ver, mas não reserve muitos dias da sua viagem. Bom, agora era hora de seguir viagem para a cidade de Bitola e depois Ohrid, já na fronteira da Macedônia com a Albânia. 

Mal sabíamos que o melhor ainda estava por vir! 

E você, conhece Escópia na Macedônia? O que achou do lugar? Conta pra gente nos comentários!

No mínimo diferente, certo?

Artigos relacionados

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link