Home – Ásia – China

Cara a cara com os pandas de Chengdu na China

Chengdu é a cidade dos pandas e do maior Buda do mundo. Ficar cara a cara com os pandas de Chengdu na China foi uma experiência inesquecível.

Apesar de ser uma cidade que nunca tínhamos ouvida falar, Chengdu tem 14 milhões de pessoas, com turismo bem desenvolvido e uma excelente infraestrutura.

Isso é o que mais tem nos impressionado nesses primeiros dias de China. Visitamos Guilin, que é para ser uma cidade “rural” mas que recebe 20 milhões de turistas. Chengdu, nossa segunda cidade, apesar de nunca termos ouvido falar, é uma cidade gigante e mega desenvolvida.

China só surpreendendo.

Cara a cara com os pandas na China.

Transporte na China

Nosso voo veio de Guilin e até o aeroporto aqui em Chengdu, nos impressionou. Gigante, organizado, parece que pensado para o futuro… Nosso voo de Guilin para Chegdu levou menos de duas horas.

Voar ainda é a maneira mais fácil de se locomover na China, já que as distâncias são longas. A parte boa é que existem várias companhias aéreas e os preços são bem competitivos.

Dependendo do destino trem bala também funciona.

Os pandas são um dos símbolos da China

Cara a cara com os ursos panda

Acordamos cedo para ir visitar um centro de reprodução de ursos panda e ficamos surpresos de saber que existem menos de 2.000 deles no mundo!

A guia, que o pessoal da The China Guide reservou para nós, chegou no horário e antes das 9 da manhã já estávamos cara a cara com pandas adolescentes! Mas, como tudo na China, estavamos nós e mais umas 500mil pessoas, todos com suas câmeras apontadas tirando milhares de fotos! Ficamos impressionados com a organização e estrutura do lugar. Segundo nossa guia, muitos pandas são reintroduzidos na selva quando atingem a idade adulta.

Esses animais estão em extinção devido a destruição de seu habitat e o crescimento acelerado das cidades no interior da China. Para piorar a situação, apesar da taxa de nascimento de gêmeos ser maior que 50%, a mãe geralmente deixa um dos filhotes morrer. Aqui nesses centros o que eles fazem é trocar os bebês e cada dia a mãe cuida de um. Sem saber que está sendo enganada, ela acaba criando os dois filhotes.

A Chel é apaixonada por esses animais e estava enlouquecida. Inclusive, alguns desses centros de reprodução, permitem que você passe o dia cuidando de um panda. Com certeza era isso que ela queria fazer, mas, não tínhamos tempo.

Além de ver os pandas adultos é possível ver os ursos panda recém nascidos na incubadora. Muito pequeninos e fofos.

Esperamos que esse trabalho todo não seja somente para lucrar em cima desses belos e carismáticos animais! Outra coisa que aprendemos aqui, é que todos os ursos panda do mundo pertencem ao governo da China.

Se você já viu algum urso panda em alguma zoológico, esse urso é alugado. Isso mesmo, o governo da China aluga os animais e no fundo, todos pertencem a China.

A Rachel é fascinada por esses animais e foi um momento muito feliz poder vê-los de perto

O panda vermelho é outro animal em extinção 

Maior buda do mundo!

Após nossa visita ao centro de reprodução dos ursos panda, dirigimos por quase três horas até Leshan.

Chegamos a Leshan e fomos direto almoçar. Até agora a questão da comida está indo bem. Sempre tem arroz, uma carne ou frango em pedaços, muitos legumes, tudo delicioso. A única coisa estranha é sempre tomar um copo de água quente antes da comida. Ah, e sempre pedimos para a comida não ser apimentada.

Nosso objetivo na cidade era ver o maior Buda do mundo, com 71 metros de altura, todo esculpido nas pedras! Pegamos um barco e em menos de dez minutos estávamos diante do Buda. Por ser fim de semana, estava lotado de moradores da região, que vem aqui pedir proteção e prosperidade!

Acaba que é uma longa viagem para pouco tempo de passeio. Você pega esse barquinho, navegue por 10 minutos e pronto, está de frente para ele, faz umas fotos, escuta uma explicação e volta para a margem do rio. É possível também subir na estátua, mas, vimos milhares de pessoas por todos os lados, um calor insuportável. Achamos melhor ficar só com o passeio do barco.

Como optamos por não pegar a fila gigante só para vê-lo mais perto, voltamos para Chengdu… mais duas horas e meia de estrada!

Diante do maior Buda do mundo

O passeio de barco dura menos de meia hora

O charme de Chengdu

Apesar do dia ter começado cedo, com a visita aos pandas e o passeio até Leshan, de 3 horas, pedimos para o motorista da The China Guide nos deixar no centro.

Queríamos conhecer a Jinlin street, você passa por um portal, bem de filme, e vai caminhando entre lojas e restaurantes. Impressionante é a quantidade de pessoas que vai surgindo conforme vai escurecendo. Como os chineses não gostam muito de sol, pois acham que quanto mais branca a pele mais bonito é, é de noite que o bicho pega.

Caminhamos por horas entre as ruelas do lugar, a cada esquina uma surpresa nova. Como essa é a cidade dos pandas, tem muitos produtos com o animal, é boneco, pelúcia, caneca, chaveiro, o que você quiser de panda! Fora as barracas de comida, que são um show a parte.

Mortos de cansaço voltamos de tuk-tuk para o hotel.

Caminhando pela cidade

No dia seguinte tiramos o dia para caminhar por Chengdu. Caminhamos por grande avenidas e cruzamos uma praça com uma estátua imponente do Mao Tse-Tung, um gramado bem florido, muitas flores, polícia por todos os lados. Tudo em ordem.

Queríamos chegar em um mercado de rua, igual ao que fomos ontem, mas não sabemos porque esse de hoje estava bem mais vazio…Mas como sempre tiramos proveito da situação, deu para tirar umas fotos, vimos uma exposição bem legal de fotos do Tibet…

Ah detalhe, quando falamos que não estava muito cheio, é para os parâmetros chineses, porque sempre tem algumas milhares de pessoas por todos os lados!

Na volta ainda passamos por dentro do parque do povo e vimos uma turma dançando ao ar livre, algo bem comum por aqui! O que não sabíamos era que sem querer cairíamos em uma praça super moderna, daquelas que impressiona qualquer um!

No fim do dia tínhamos caminhado 9km no total! Mas adoramos tudo que vimos por todos os lados.

Nós adoramos a cidade de Chengdu, moderna mas cheia de tradição e muito pujante

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem