Como tirar o visto para o Canadá em poucos minutos

Desde maio de 2017, brasileiros que possuem o visto americano para turismo ou visto canadense emitido há menos de dez anos tiveram a entrada no Canadá facilitada.

Aqueles que não se encaixam nesse perfil devem solicitar o visto canadense. Mas, como tirar o visto para o Canadá?

Atualmente existem diferentes tipos de vistos canadense: visitante, estudo, trabalho temporário, imigrante ou para relações familiares. Na PÁGINA OFICIAL do Governo do Canadá é possível responder um questionário para saber que tipo de solicitante você é. Porém, há casos que precisam apenas da Autorização Eletrônica de Viagem (ETA) enquanto outros necessitam somente de passaporte válido.

Todo o site pode ser visualizado nas línguas oficiais do país, inglês ou francês.

Nesse artigo vamos focar em como tirar o visto para o Canadá para residentes temporários, ou seja, pessoas que desejam conhecer o país para turismo ou por um período inferior a seis meses. Assim, é bom lembrar que passageiros em trânsito pelo país, cujo voo faz escala em alguma cidade canadense, também precisam de um visto válido para desembarcar.

Se você já tem um visto para os Estados Unidos ou um visto para o Canadá tirado há menos de 10 anos, você vai solicitar uma autorização eletrônica de viagem ou em inglês eTA (Electronic Travel Authorization). Para ter certeza que você é elegível ao eTA clique AQUI. Então, depois é só preencher o formulário, pagar a taxa de 7 dólares canadenses e você deve receber seu eTA por email.

Quem deseja solicitar o eTA deve acessar essa tela

Informações sobre o visto para o Canadá

Se você não é aplicável ao eTA ai precisa solicitar o visto. Mas, para aplicar para o visto canadense é preciso cumprir alguns requerimentos básicos de viagem, tais como: ter um passaporte, não ter tido problemas anteriores relacionados à imigração ou ter dinheiro suficiente para a estadia.

O visto concedido para turistas chama-se Temporary Resident Visa, ou visto para residentes temporários. Assim, com esse documento é possível permanecer por até seis meses no país. Porém, será o oficial de serviços de fronteira, no guichê de imigração, que irá determinar por quanto tempo o turista pode ficar em solo canadense.

Aquele que deseja ficar mais do que a estadia autorizada deve solicitar uma prorrogação, com até 30 dias de antecedência do final autorizado para a estadia, mais informações sobre esse processo estão AQUI.

Mas, como solicitar visto para o Canadá?

Todo o processo para tirar o visto para o Canadá pode ser realizado online e todas as informações estão disponíveis no SITE do Governo. Então, para aplicar online é necessário ter os documentos solicitados escaneados e ter um cartão de crédito válido para o pagamento.

Caso queria aplicar através de um formulário de papel é preciso obter o pacote de aplicação, pagar as taxas e submeter a aplicação enviando os documentos por correio ou comparecendo ao VAC (Visa Application Centre) mais próximo.

Para solicitar o visto canadense, você acessa essa página

Então são, ao todo, quatro etapas para tirar o visto online:

  1. Verificar se você é elegível para tirar o visto online;
  2. Preencher os formulários e anexar documentos;
  3. Submissão online da solicitação;
  4. Enviar por correio o passaporte e formulário gerado pelo sistema;

Na primeira parte é preciso responder algumas perguntas sobre a sua nacionalidade, idade, capacidade de comunicação nas línguas oficiais do país, membros da família, educação, experiência de trabalho, renda e detalhes sobre a oferta de trabalho.

A quantidade de perguntas varia de acordo com as respostas, visto que o questionário é dinâmico. Assim, é com base nessas informações concedidas que o sistema seleciona o tipo de visto ideal para você.

Mas, vale ressaltar que todo esse processo, de perguntas e respostas, pode ser realizado apenas em inglês ou francês. Então, para iniciar o preenchimento do teste de elegibilidade basta clicar nesse link AQUI.

As perguntas finais, mas calma, vai ser fácil!

Após as perguntas, aparecerá uma tela confirmando se, com base nas suas respostas, você é elegível para aplicar para o visto online. Caso dê afirmativo, na página “Your document checklist” constará o código de referência pessoal que deverá ser utilizado no processo. Então, é nessa página que aparece a listagem com os próximos passos para a obtenção do visto, e nela também consta quais documentos precisam ser digitalizados e anexados a solicitação.

O número de passos restantes pode variar de acordo com as respostas informadas. Outro detalhe importante é que não é preciso realizar todas as pendências no mesmo dia, você pode retomar o processo de onde parou em outro momento. Além disso, o código de referência pessoal vale por até três meses.

Mas, quanto custa tudo isso?

O visto para visitante (Visitor Visa) custa $100 CAD, aproximadamente R$248, e é válido por 10 anos. Ele permite viajar para o Canadá por avião, carro, ônibus, trem ou barco. Porém, o tempo de processamento pode variar porque depende da quantidade de aplicações em curso.

Depois de anexar os documentos e realizar o pagamento você verá uma página que confirma que seu pedido foi enviado. Nela constará mais informações sobre os próximos passos. Assim, pouco depois de enviar, você também receberá uma mensagem de confirmação em seu e-mail.

Fique atento as notificações que chegam por e-mail porque é por ali que você receberá informações sobre a aprovação do visto.

A página da VFS Global, a fornecedora do Governo Canadense

Etapa final, quase lá!

Se seu visto for aprovado, você deverá, enfim, enviar seu passaporte para a VFS Global – a fornecedora do Governo Canadense, autorizada a prestar serviços de apoio administrativo aos requerentes de visto no Brasil. Mas, o envio do passaporte e todos os custos referentes a esse passo ficam sob responsabilidade do solicitante.

Para as solicitações online é preciso pagar $26,32 CAD, aproximadamente R$65,47, referente a Taxa de Transmissão Segura.

Após o envio o do passaporte é preciso aguardar alguns dias para recebê-lo de volta. Então, uma dica é que se várias pessoas estiverem solicitando o visto, mesmo que os processos sejam realizados separados, é possível enviar os passaportes juntos, na mesma correspondência.

Com toda a burocracia resolvida só resta aguardar o embarque!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link