Home – América do Norte – Canadá

As paisagens mais bonitas do mundo: Jasper e Banff

Depois de quase 60 horas dentro de um trem, era chegada a hora de conhecer as paisagens mais bonitas do mundo: Jasper e Banff! Mal podíamos esperar…

Se existia uma coisa que me deixava maluco com a ideia de conhecer o Canadá, era sem dúvidas, conhecer e fotografar os parques nacionais Jasper e Banff – que viriam a ser considerado por nós, como um das paisagens mais bonitas do mundo!

Mesmo tendo viajado por anos pelo mundo, dedicado quase que integralmente todo nosso tempo para conhecer novos lugares, novas culturas, o Canadá conseguiu nos surpreender com um excelente equilíbrio de belos lugares com boa infra estrutura!

Apreciando a beleza do Lake Moraine, um dos lugares mais lindos que já vimos!

Como chegamos até os parques?

Nossa jornada de trem cruzando o Canadá acabou em Edmonton por uma opção nossa! Na verdade o destino final do trem é Vancouver, no extremo oeste do país. Porem dessa forma nós perderíamos a flexibilidade de curtir essa região dos parques nacionais.

Bom, dito isso, optamos por descer em Edmonton e alugar um carro. Para facilitar devolveríamos o carro em Vancouver e curtiríamos o caminho entre as duas cidades. É legal dizer que elas não são próximas. Estamos falando de 2.000km entre elas, mas foi a única opção financeiramente viável de conseguir um carro para devolver na costa.

É comum os preços de serviços e hospedagens dentro dos parques nacionais serem mais caros que fora, e de carro, poderíamos achar um bom equilíbrio. No ano de 2017, por o Canadá comemorar os seus 150 anos, as entradas nos parques nacionais são gratuitas.

Mais uma coisa que nos ajudou a gastar menos por lá!

Em 2017 o Canadá completou 150 anos e isentou as taxas de entrada nos parques federais.

A primeira impressão dos parques

Apesar de já ter visto dezenas de fotos dos lagos, montanhas e rios dessa região, eu confesso que sempre fico meio cético com o lugar até ver com meus próprios olhos. Isso ter a ver com o que escrevi acima. Depois de ter visto tantos lugares lindos, as vezes você não acredita que pode haver algo ainda melhor!

Mas ainda bem que as vezes estamos errados.

Mal entramos em Jasper, rodeado por montanhas de pinheiros verdes, altos, lindos e já sentimos que estávamos em um lugar especial. Munidos de um mapa do parque já seguimos para alguns lagos que a Chel havia selecionado. O clima estava meio nublado, mas mesmo assim já ficamos extasiados com tamanha beleza intocada.

No final de tarde, enquanto voltávamos para nosso hotel fora do parque o sol deu as caras, já baixo no horizonte, e saímos de lá com uma linda luz avermelhada fechando o dia.

Dormiríamos cedo porque o dia seguinte prometia…

Nossa primeira tarde em Jasper já rendeu belos momentos.

Uma das primeiras fotos que fizemos, logo na entrada do Jasper.

Um elke pastava próxima da estrada e rendeu belas fotos.

Por que demoramos tanto para vir aqui?

Acordamos junto com o sol e com os termômetros marcando 7 graus caímos na estrada rumo, novamente, ao Jasper! Sedentos por belos cenários, decidimos que gastaríamos o dia nele para ver tudo queríamos, com calma.

No caminho passamos no mercado, compramos alguns sanduiches naturais, latas de chá, agua, algumas barrinhas de cereais e por que tanta comida? Porque, como falamos acima, tudo é muito mais caro dentro dos parques por aqui. Então a meta era ter sempre algo para comer e no limite, comer por lá! Tem uma outra coisa também, gasta-se menos tempo parando em restaurantes e mais tempo nos parques.

Preparam-se para ver lagos maravilhosos, translúcidos, com agua paradinha e montanhas lindas cercando o cenário. Some a tudo isso uma palheta infinita de cores, com os mais variados tons de azuis, verdes. O vermelho vem das folhas queimada nos pinheiros, anunciando que o frio já está chegando.

Filme, é isso, parece um filme de tão lindo e perfeito que é, mas…

E ficou ainda melhor: Parque Banff maravilhoso!

Para sermos sinceros, estávamos com a sensação que não dava para ter algo mais bonito do que o que já tínhamos visto em Jasper no Canadá.

Queríamos ficar mais tempo em cada canto para poder degustar com calma cada um dos inúmeros lagos, montanhas, glaciais e visuais que encontrávamos pelas estradas dessa região.

Os lagos e cenários eram ainda mais magníficos! Todos os lugares parecem uma pintura, quase surreal de tão lindo. Ficamos com uma sensação que já tínhamos que ter vindo para esse lugar antes! Sério, por que demoramos tanto?

A parte boa é que já está na lista de lugares que queremos voltar e com certeza com mais tempo, pois 3 dias achamos que foi pouco, aliais, muito pouco!

Tudo muito perto, tudo muito lindo

Diante de tanta beleza no Canadá, é razoável imaginar que comparamos o que estávamos vendo ali com o que vimos na Nova Zelândia, Chile, Escócia… regiões que possuem paisagens semelhantes em algum grau.

E sem muito esforço concluímos que o Canadá era especial porque ele tinha um pouco de cada um desses lugares, no mesmo lugar! E tem mais, as distancias entre um lugar bonito e outro são menores. A verdade mesmo é que o tempo todo é bonito, e de verdade, não é força de expressão. Para onde você olha, é bonito nesta região!

Hora de seguir em frente, rumo a Vancouver e começar a pensar nos próximos passos! Foi aqui, diante de tanta beleza, que pensamos: Por que não vamos até o Alasca?

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem