Parque Nacional Moremi no Delta do Okavango

O Parque Nacional Moremi no Delta do Okavango é um dos ecossistemas mais incríveis do mundo. Por isso os campings precisam ser reservados com seis meses de antecedência.

Para chegar no Delta do Okavango é preciso chegar em Maun. Essa cidade é o ponto de partida para quem quer visitar o Parque Nacional Moremi ou Chobe, os dois isolados no meio do nada e onde você poderá acampar no meio dos animais.

Confesso que ficamos ao mesmo tempo surpresos e ao mesmo tempo intrigados, de ser um lugar tão isolado, e ao mesmo tempo, com tantos turistas e com uma estrutura para o turista.

Dormiríamos no Moremi se tivesse camping disponível, depois no Khwai e ainda no Savuti antes de voltarmos para Kasane. Pode parecer uma distancia curta, mas, estamos falando de estradas de areia, então, nem é algo que precisa ser feito em alguns dias.

É incrível como recebemos poucas informações sobre essa região do mundo… pelo contrário, na maioria das vezes só recebemos notícias ruins…

Precisa dizer algo mais?

Campings que precisam ser reservados com muita antecedência

Quando pensamos em visitar o Parque Nacional Moremi não tínhamos ideia que camping e hospedagem seriam um problema. Assim como tínhamos encontrado muitos campings na África do Sul e na Namíbia, ouvimos que Botswana também teria muitas opções e ficamos tranquilos.

A questão é que muita gente no mundo quer vir conhecer esse pedaço de paraíso. Você acampa em meio a natureza, sem cerca, sem nada, embaixo de uma árvore e os animais estão por ali, livres e soltos…  Bem diferente do que já tínhamos vivenciado na África do Sul e na Namíbia. Por isso os lugares são limitados e quem quer garantir seu lugar, já reserva com antecedência.

Todo mundo nos falou para nem tentarmos.

Mas, como já estávamos lá, fomos até a entrada do parque e perguntamos se tinha lugar disponível para acampar.

Por sorte conseguimos! Mas se prepare para pagar os campings mais caros da sua vida, entre 60 e 100 dólares para ter uma árvores para acampar embaixo.

Cenas da natura selvagem

Aproveitando ao máximo Botswana

Assim que você entra no parque você já fica naquela expectativa! Não importe onde você vá, os elefantes estarão por perto, afinal são mais 100mil elefantes em Botswana.

Fomos aproveitando o parque com calma, encontramos vários animais, antílopes, búfalos, elefantes, muitos pássaros, tudo indo bem! Chegamos ao camping e nos disseram que podíamos escolher uma árvore para parar nosso carro embaixo. Paramos perto de uma família que estava com filhos e pensamos, se eles estão aqui com crianças, deve ser porque ou é seguro, ou eles sabem o que estão fazendo.

Na hora do banho descobrimos que tiveram que colocar paredes duplas nos banheiros, pois os elefantes quebravam as janelas e conseguiam ligar o chuveiro em busca de água. Ouvimos até que já tinham visto turistas correndo pelados dos elefantes.

De qualquer forma, as portas tem que sempre estar fechadas por causa dos macacos. E após escurecer é recomendado que você fique dentro da barraca e não ande sozinho de forma alguma devido a presença de leões e hienas por perto.

Ao mesmo tempo é tudo incrível e levemente assustador…

Os verdadeiros donos do pedaço

Um transito diferente, búfalos

Eles estão sempre de olho

Mais uma aventura em Botswana, o Khwai

Depois de passarmos a noite no Moremi era hora de curtirmos a parte norte do parque e tentarmos chegar ao nosso próximo destino. Uma área chamada Khwai e de difícil acesso. Mas já que estamos aqui… por que não?

Seguimos as placas e as coordenadas que tínhamos nos mapas físicos e no gps. Cruzamos um rio cheio de elefantes e quando estávamos na estrada novamente fomos parados por um casal de alemães dirigindo. Eles também estavam indo para o Khwai, mas no sentido completamente oposto.

Bom, resolvemos ir juntos e tentarmos chegar ao tal camping. Eles nos seguiram e chegamos a algum lugar. Encontramos uma pequena casa, onde algumas pessoas vieram falar conosco. Eles nos mostrariam onde iríamos acampar.

Mais uma vez nos mostraram uma árvore. Nos despedimos dos nosso amigos alemães que foram para sua própria árvore. Enquanto montávamos acampamento, nossos amigos alemães voltaram e perguntaram se poderiam acampar conosco pois não estavam muito confortáveis. Topamos na hora pois nós também não estávamos!

O lugar é realmente incrível e cheio de animais. No primeiro dia, dirigimos 300 metros do onde tínhamos dormido e já vimos um leopardo. Durante o jantar, enquanto estávamos em volta da fogueira, ouvi um barulho e pedi para o Leo iluminar atrás da minha cadeira, e demos de cara com uma hiena! Não preciso nem falar que quase surtei e subimos correndo para a barraca!

E para fechar com chave de ouro, enquanto fazíamos café da manhã, antes de partirmos, elefantes passavam em volta do carro… não acreditávamos que estávamos vivendo tudo aquilo… quase surreal!

Olha o nosso camping

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Café da manha com elefantes, que tal?

Última parada selvagem, o Savuti

Ao mesmo tempo que ganhávamos terreno no interior de Botswana, estávamos sempre apreensivos. Medo de atolar o carro, medo de ficarmos perdidos, medo do carro quebrar, medo dos animais, era uma situação constante de insegurança.

Mas tudo isso passava ao vermos algum animal ou algum cenário novo!

O Savuti era um dos lugares mais isolados (todo lugar que iríamos visitar era o mais isolado) e o que mais ouvíamos era sobre o perigo de chegar lá.

Bom, fizemos tudo o que nos foi ensinado antes de pegarmos a estrada de areia fofa até o camping. A única coisa que deu errado foi que na entrada do parque, eles foram bem claros. A estrada vai bifurcar em 12 km e vocês tem que seguir pela direita. Pois a estrada da esquerda não passa ninguém.

Não preciso nem falar que nem vimos a bifurcação… só percebemos pois já tinham passado 12, 15, 20, 25km, então, não tinha o que fazer. E por ser uma mini estrada de areia, não dá nem para retornar. Só dá para ir pra frente e torcer para chegar no camping.

A parte mais sofrida do safári é você dirigir o dia inteiro e a noite no camping chegar alguém e falar que viu 20 leões juntos. Ou viu um leopardo com uma presa em cima da árvore… mas faz parte. Vimos muita coisa legal nos últimos dias, mas, os felinos não estavam querendo das as caras…

Pelo menos estávamos na direção certa

Inspire-se com nossos livros

Livro Viajo logo Existo Um ano na Estrada

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Estrada (1)

R$ 65,00

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente

Livro Viajo logo Existo no Velho Continente (2)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na África

Livro Viajo logo Existo na África Selvagem (3)

R$ 80,00

Livro Viajo logo Existo Um ano na Ásia e Oceania

Livro Viajo logo Existo Um Ano na Ásia e Oceania (4)

R$ 80,00

Nossos Parceiros

Logo Microsoft - Parceiro
Logo Smiles - Parceiro
The North Face logo - Parceiro
Logo Copa Airlines - Parceiro
Logo Software One - Parceiro

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Veja nossos guias de viagem