Home – África – Tanzânia – Post.

Cratera Ngorongoro é um safári inesquecível pela Tanzânia

Já tínhamos visto muitas coisas pela África nesses meses por aqui. Mas não parávamos de ouvir que a Cratera Ngorongoro é um safari inesquecível pela Tanzânia.

Meu sobrinho Arthur é simplesmente apaixonado por animais. É assim desde que nasceu.

Apesar da minha irmã ter vindo nos visitar em Paris, junto com a Ju, irmã do Leo, ela liberou o Arthur, que tem só dez anos, para viajar para o outro lado do mundo e vir nos encontrar aqui na Tanzânia, na África.

Nenhum lugar rodeava mais a cabeça dele do que aqui…

Com o carro alugado em Dar es Salam, seguimos para o norte, região mais famosa do país quando se fala em safari. O circuito do norte inclui vários parques e escolhemos um dos preferidos pelos turistas para ir levar nossa família Ngorongoro Crater.

Onde tem muitos carros, certeza de que tem algum animal por perto 

Encontro inesperado

O caminho é longo, demoramos dois dias para chegar a Karatu, apesar de Arusha ser a capital turística do país, fomos o mais perto possível para poder fazer os passeios sozinhos.

Chegando a cidade, já com o sol se pondo, eu avistei alguns elefantes na beira da estrada. O Leo parou o carro e vimos elefantes andando ao nosso lado. Neste momento o Arthur simplesmente entrou em desespero! A única coisa que conseguiu dizer foi: “acho que vou ter um ataque do coração”.

Ele não conseguiu nem aproveitar o momento, de tão nervoso que ficou! Minha mãe que estava do lado da janela onde estavam os elefantes só falava, não é perigoso? Ai meu Deus, vamos embora! Para nós foi bem divertido ver a reação deles.

E lá estavam duas leoas comendo um gnu

Cratera Ngorongoro é um safári inesquecível

Voltando a Cratera de Ngorongoro, o motivo por esse lugar ser um dos preferidos dos turistas é pela habitat único existente ali. O parque já foi uma caldeira de um vulcão e depois de milhões de anos inativo acabou tendo alguns animais que migraram para lá e ficaram. Em um ambiente relativamente pequeno você tem um grande número de espécies.

A única coisa que não sabíamos era que o turismo de safari na Tanzânia é caríssimo comparado com os outros países que já tínhamos passado mais ao sul do continente.

Achamos um hotel ruim, mas que acomodava todos nós e começamos a planejar o que fazer. A permissão para entrar com carro dentro da cratera custa 200,00 dólares. Bom, para não correr o risco de gastar essa grana e ainda não ver os animais, resolvemos ir com guia.

O passeio para nós quatro custou 500,00 dólares. E cá entre nós, o guia foi muito ruim, no final não era um guia e sim um motorista. Bom, fica o aprendizado, por mais que seja caro um passeio, melhor gastar mais e ter uma boa experiência do que tentar gastar o menos caro e ainda ter uma experiência mais ou menos.

Bom, depois que estávamos lá, resolvemos aproveitar, como era o primeiro passeio do Arthur, ele se divertiu com tudo. Zebras, gnus, búfalos, vimos um rinoceronte de longe, duas leoas devorando um gnu (não tínhamos visto leões se alimentando nenhuma vez nesses seis meses de África), chacal, hienas, hipopótamos.

Algo que nos impressionou foi ver a fila de uns 40 carros fotografando as leoas comendo. Nada saudável para os animais e nem para os turistas. Dizem que o preço alto já é para limitar o número de pessoas e dessa forma proteger aquele habitat. Faz parte! O Arthur se divertiu, mas não preciso nem dizer, queria mais!

Uma fila de carros parados para fotografar os felinos

Um belo avestruz posando para a foto

Nossa parada para almoçar e esticar as pernas antes de seguir passeando

Um visita ao Lake Manyara

Com a visita da minha mãe e do meu sobrinho aqui na Tanzânia optamos por ficar alguns dia no norte do país e fazer alguns parques do Circuito Norte.

Além de visitarmos a Ngorongoro Crater, um dos passeios mais famosos na região, optamos por ir também ao Lake Manyara. Esse parque é bem charmoso, relativamente pequeno comparado com Serengeti e Masai Mara mas tem uma ótima diversidade de animais e pássaros.

O lago Manyara em si é reduto de uma bela colônia de flamingos e faz um belo contraste com a mata fechada. É interessante ver girafas, búfalos, passeando em volta de um lago cheio de outros bichos. Nesse parque também vimos a maior quantidade de babuínos. Ficamos impressionados.

Meu sobrinho feliz da vida não largou o binóculos em busca dos animais

Um belo cenário dos búfalos bebendo água com os flamingos no fundo

Por todos os lados há animais, inclusive uma variedade incrível de pássaros

Tudo saiu do jeito que queríamos!

Como sempre os parques aqui na Tanzânia bem organizados, tudo funcionou direitinho, nesse parque você pode dirigir você mesmo (self-drive) ou optar por fazer com alguma agência de viagem.

O parque tem duas áreas onde você pode descer do carro, uma perto da piscina de hipopótamos e outra perto do lago, onde há uma passarela grande, algumas mesas e banheiros.

Muitas pessoas acabavam fazendo uma parada para almoçar antes de conhecer o caminho de volta.

Mais uma vez nos divertimos, minha mãe sempre mais assustada de ver os animais tão de perto e meu sobrinho sempre querendo mais!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link