Loading...
Tailândia 2018-06-29T17:17:02+00:00

Tailândia

Junte cultura, prazer e exotismo e você terá um pouco do que a Tailândia tem para oferecer ao turista. Localizado no Sudeste asiático é o único país desse lado do continente que não foi colonizado pelos europeus e por conta disso tem sua cultura tradicional muito forte. O destino virou escolha para muitos turistas brasileiros por conta de  paisagens de tirar o fôlego e cultura única e rica.

Seja uma viagem de mochilão ou com luxo o país é receptivo pata todos seja para uma viagem calma em suas praias paradisíacas como Railay Beach, Phranang Cave Beach ou Tonsai beach,  para os apaixonados por mergulho tem a  Ilhas Similan, e os mais baladeiros com certeza irão amar Koh Phangan.

Suas animadas festas, o preço baixo, além do contato com uma cultura tão rica e diferente da nossa e a oportunidade de contato com gente de todo o mundo tem tornado o país um dos mais visitados nos últimos anos.

Dos templos budistas, as paisagens exuberantes, ao  grande  palácio e os canais e os rios que banham algumas cidades como Bangkok tem tudo para tornar a viagem uma experiência única para aqueles que a visitam.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Bangkok, capital da Tailândia, é uma das cidades mais legais da Ásia

Informações úteis

Capital: Bangkok
Moeda: Baht
Idioma: Tai (oficial), chinês e malaio
População: 69,1 milhões
Requer Visto: Não 
Requer Vacinas: Sim, vacina amarela
Eletricidade: 220V
IDH: 0,740 (87º)

Quando ir a Tailândia

A Tailândia é um país grande e é possível visitar durante quase o ano todo. Por ser divido por costas suas têm temperaturas diferentes, enquanto em uma é sol na outra pode estar chovendo. Como a temperatura varia de costa para costa escolher a época certa para visitar o país pode ser uma tarefa difícil, mas nada que uma boa pesquisa não ajude.

Por ter muitas praias pegar tempos de moções onde muitas estradas alagam e chove sem parar pode acabar com sua viagem. Para que isso não acontece, conheça as melhores épocas para viajar:

Alta temporada (novembro a fevereiro): Novembro é quando chega ao fim a época de chuva predominante em partes do país como nas ilhas da costa do Golfo. O sol volta a aparecer e é quando acontece em Chiang Mai  o famoso Yipeng Lantern Festival. Dezembro tem a temperatura ideal para quem gosta de muito calor ao longo do dia, mas um friozinho a noite. Janeiro e Fevereiro é quando o clima está as alturas, época ideal para visitar a Tailândia.

Você poderá curtir boa parte do país, suas ilhas paradisíacas como Koh Kood e Koh Muk, visitar os templos budistas durante o dia e ainda aproveitar as inúmeras festas que acontecem na região.

Média temporada (março a maio): Começa a época mais quente do país, mesmo sendo conhecido por suas belíssimas praias e ilhas o calor assusta um pouco quem não é acostumado com temperaturas tropicais. Porém, é uma boa época para conhecer grande parte das ilhas, por ter passado a alta temporada você poderá curtir melhor as ilhas mais populares. Abril é o mês com temperaturas mais altas e é quando acontece o Ano-novo budista, Songkran. A festa recebe milhares de turistas que vão para comemorar no estilo tailandês o início do novo ano com muita guerra de água nas ruas.

Em maio o clima fica mais seco e começa a época de chuva, são mais amenas, mas pode estragar a viagem caso não se programe bem.

Baixa temporada (junho a outubro):  As famosas monções começas, ou seja, o tempo de fortes chuvas e ventos chegam ao país. Julho é o mês que mais chove na Tailândia em cidades como Chiang Mai e Bangkok pode haver alagamentos e inclusive fechar algumas estradas. Em setembro a chuva diminui e já possível aproveitar algumas ilhas. Em outubro chega ao fim as chuvas fortes e o verão começa a dar as caras.

Melhores meses: Os melhores meses para viajar a Tailândia são os meses entre novembro e março. O país está ensolarado e não há tanta umidade. As ilhas ficam cheias, mas isso não impede que você aproveite e se encante pelas magníficas paisagens tailandesas. Época ideal para visitar algumas ilhas como ilha de Phuket,Ko Phi Phi Don, Ko poda, Ko Yao Yai, entre outras.

O finalzinho do ano em dezembro é quando o clima está mais fresco e abril é o mês mais quente. Independente do mês ir nessa época é sempre uma boa escolha.

Como chegar na Tailândia

As paisagens deslumbrantes e a culinária asiática são alguns pontos que atiçam o turista a querer visitar o país. Dê uma olhada em um foto até o planejamento da viagem existem alguns pontos a serem observados. É longe? o preço das passagens é alto, vale a pena? a resposta para as duas perguntas é: sim. Conhecer um país tão diferente do nosso é uma experiência única.

A viagem é longa, mas a vale a pena. Os preços das passagens são um pouco salgados, mas uma boa pesquisa ajuda na hora de encontrar uma mais em conta e se manter lá é muito fácil, a maioria das atrações, refeições e hospedagens são baratas.

As opções de voo

No Brasil podemos contar com algumas empresas que voam para a Tailândia e a maioria fazem apenas uma conexão. Air France,British Airways, Lufthansa, Emirate e KLM, tem voos saindo diariamente do Rio de janeiro para  Bangkok e de São Paulo. Além dessas companhias na capital paulista saem voos da  Turkish Airlines, Qatar Airways, Etihad e  Swiss. Como falamos a viagem é longa e escolher uma boa companhia que ofereça bom preço e conforto é ideal.

Transporte no país?

Uber: Em cidades grandes como Bangkok e Chiang Mai, o aplicativo de locomoção é uma opção. Apesar de ser um pouco mais caro que os táxis é uma boa para quem busca conforto na viagem como se locomover do hotel até o aeroporto por exemplo. Também é uma opção caso você não fale Tailandês e não seja muito bom no inglês,, como o motorista já terá sua rota traçada pelo aplicativo você não terá que explicar da mesmo forma que faria com táxi ou tuk tuk.

Trem: Para viagens de médias e longas distantes o trem é uma opção. A Tailândia tem uma rede ferroviária extensa e consegue-se chegar a boa parte do país. Uma boa forma de economizar é fazer as viagens noturnas de uma cidade para outra. Por terem cama você poderá poupar o valor de uma noite de hospedagem. Para essas viagens os bilhetes são vendidos nas próprias estações e não é possível comprar pela internet.

Moto táxi e tuktuk: A Tailândia é conhecida por ser transito caótico e o transporte não seria muito diferente. Uma forma de locomoção dentro das cidades são os tradicionais tuktuk, uma espécie de moto coberta e os moto taxis, que existe em algumas regiões do Brasil. É uma forma de viagem mais rápida e barata usada por muitos turistas e locais.

Metro: Assim como em boa parte do mundo o metrô é um dos meios de transporte mais utilizados e eficientes. Com comboios bem estruturados e estações modernas, o metrô é de fácil acesso para os turistas. Como no Brasil em alguns horários, conhecidos como horário de pico, as estações ficam lotadas e as viagens mais lentas, porém ainda é uma boa escolha para se locomover nas cidades.  Existem passes especiais para turistas divididos de 1, 3 a 30 dias.

Ônibus: Os ônibus são opções para viagens curtas e médias distâncias. No país existem os autocarros governamentais que contam com linhas regulares e são mais baratos que os turistas.  Também existem os autocarros com 6-12 lugares disponibilizados por agências turísticas e te levam a locais já definidos. Os bilhetes podem ser comprados nas próprias estações ou pela internet.

O barco também é um transporte usual na Tailândia e é altamente provável que vá ser utilizado numa viagem de turismo. Os mais característicos “long-tail boat” são normalmente utilizados em passeios e pequenas viagens pelas zonas costeiras ou pelos rios do interior.  Para trajetos maiores entre o continente e as ilhas ou entre ilhas já se utilizam barcos maiores do tipo ferry-boats. Os bilhetes são normalmente comprados na véspera ou no próprio dia, quase sempre através de uma das centenas de agências

City pass para o transporte: Em cidades grandes como Chiang Mai e Bangkok vende-se os CityPass, que oferecem pacotes de de 1 à 3 dias com descontos no transporte e incluem entradas em diversos pontos turísticos e tours. É uma opção para quem tem pouco tempo de viagem e quer conhecer muitos pontos turísticos ao mesmo tempo.

Navio/barco/cruzeiro: Por ser um país repleto de praias o barco é uma forma de transporte usual. Para o turista é quase impossível não utilizá-lo. Divididos por categorias, os “long-tail boat” são utilizados para passeios pelas zonas costeiras ou  viagens pelos rios do interior.  Para percursos maiores entre o continente ou entre ilhas utiliza-se os barcos maiores, conhecidos como ferry-boats. Os bilhetes são vendidos nas inúmeras agências espalhadas pelas cidades.

Para o turista o avião ainda é a forma mais utilizada para se locomover entre cidades. Com grande ofertas e rotas variadas as companhias oferecem bons preços e é uma forma de poupar tempo na viagem. Além de algumas companhias lowcost oferecerem inúmeras promoções de passagens. Empresas como Bangkgok Airways, Nokair, AirAsia e Lion Air são algumas das que oferecem voos com custo baixo.

Acessibilidade: O país não é muito bom com acessibilidade. Os meios de transporte na sua maioria são bem caóticos e para andar de cadeira de rodas, ou com muitas malas é bem difícil.

As cores mais lindas do mundo na Tailândia

Hospedagem na Tailândia

As passagens para Tailândia com suas inúmeras ilhas paradisíacas e praias deslumbrantes podem sair mais caras que o planejado, mas na hora da hospedagem o valor é compensado. Com lugares dos mais simples aos mais luxuosos escolher a melhor opção é o difícil. Os custos vs benefícios são enormes e englobam todos os tipos de turistas desde o mochileiro aos viajantes mais exigentes.

SUGESTÕES:

— LOW BUDGET – ATÉ 30 USD

Suneta Hostel Khaosan: Hostel em Bangkok localizado a poucos metros das principais avenidas  Khaosan e Rambuttri. O lugar conta com área comum, lobby refeitório e uma cozinha comunitária.Tem opções de dormitórios compartilhados para até 16 pessoas e também quartos privados. Uma boa dica para quem quer economizar as diárias são a partir de US$ 15.

Connect Guesthouse: Na ilha de  Phuket  uma das acomodações disponíveis é o Connect Guesthouse. A poucos metros da praia e com ótima localização o Hostel oferece quartos confortáveis ​​com ar-condicionado e WiFi gratuito em todas as áreas. Perto da badalada rua Bangla, com diversas baladas e bares  a diversão é garantida no lugar. O Hostel ainda oferece por um custo extra serviços de translado para algumas atrações e para o aeroporto. O lugar tem um restaurante que serve pratos tailandeses e europeus, diariamente das 08:00 às 00: 00 h.

— MÉDIO – 50-70 USD

Blue Ocean Resort: A 40 minutos de carro do Aeroporto Internacional de Phuket o Blue Ocean Resort fica localizado a apenas 5 minutos a pé da Praia de Patong e a 10 minutos do Shopping Center Jungceylon. O lugar oferece piscina ao ar livre, restaurante e  academia, além de serviço de transfer para o aeroporto.

We Briza Hotel Chiangmai: O We Briza Hotel Chiangmai  fica perto do Aeroporto Internacional de Chiang Mai e apenas 15 minutos a pé do Mercado Warorot de Chiang Mai. Seus quartos são climatizados e disponibiliza acesso Wi-Fi gratuito nas áreas públicas. Conta com serviço de Transfer, Academia e Quartos para não fumantes.

— LUXURY – experiências diferenciadas, luxo

Fair House Villas & Spa, Koh Samui: O Fair House Villas & Spa, Koh Samui um refúgio a apenas 4 minutos da Praia de Mae Nam. Com piscina ao ar livre e WiFi gratuito em todas as áreas. O lugar conta com um  SPA onde você poderá usufruir de massagens relaxantes e terapêuticas. Com vista panorâmica do mar a academia é uma das áreas mais utilizadas por seus hóspedes.  O restaurante serve pratos tailandeses e europeus. O hotel também oferece o serviço de translado para o aeroporto.

Villa 88 Nimman-Chiang Mai: Em Chiang Mai, a 2 minutos de Nimman Haemin é a 700 metros do Centro Comercial Kad Suan Kaew está localizada a Villa 88 Nimman-Chiang Mai. Com casinhas privativas, cozinha totalmente equipada e área de jantar.  A vila oferece um parque infantil e um terraço com piscina. O Mercado Ton Payom fica a 11 minutos a pé do alojamento. O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Chiang Mai, a 3 km da propriedade.

Couchsurfing: Está viajando com pouca grana ou quer economizar na hospedagem? Couchsurfing pode ser a solução. O sistema oferece hospedagem na casa de moradores da cidade em que deseja. Para isso basta cadastrar-se no site e escolher um anfitrião disponível. Após é só conversar com ele e verificar sua reputação. Os anfitriões oferecem um espaço em suas casas sem receber nada em troca e você tem a chance de viver como um local do lugar que está visitando.

Você pode gostar:

O que levar para Tailândia

Muita gente pensa que porque você vai para a Tailândia aproveitar praia só vai levar biquíni na mala… bom, vale lembrar que primeiro, a religião budista não só é a principal religião do país, como também os templos estarão no seu roteiro, então, lembre-se de levar calça e blusas de manga comprida de tecidos leves, para poder entrar nos lugares sagrados.

O que levar no verão: Para fazer a mala é importante pensar antes em seu tamanho. Por ser uma viagem em que dificilmente você ficará hospedado muito tempo em um só lugar, é preciso que a mala seja leve para carregar de um lado ao outro. Por conta do calor excessivo,as muitas trilhas e passeios pela natureza é ideal levar roupas leves e confortáveis. Aposte em shorts ou bermudas, saias e vestidos, biquíni (pelo menos dois), um casaquinho leve para usar no final da tarde ou noite, camisetas e pelo menos uma calça. Protetor solar, repelente e produtos de higiene.  Um tênis e uma rasteirinha lembre-se que andará bastante então, estar confortável é essencial.

Não esquecer de adaptador de tomada universal que obrigatório em praticamente toda viagem.

O que levar no inverno: A Tailândia não sofre com invernos com temperaturas rigorosas igual a europa e alguns países da américa. O inverno é conhecido pela época de monções que é quando o país recebe fortes ondas de ventos e chuvas. Mas o clima não chega a ser frio. Por conta disso sua mala não será muito diferente de uma mala de verão. Lembrando sempre que o tempo lá muda de acordo com a região.

Leve blusas de manga curta, shorts e calças e panos leves,  blusa de manga comprida leve, tênis e sapato fechado, pelo menos 4 pares de meias, Protetor solar, repelente e produtos de higiene.

Veja também:

Comidas imperdíveis

Um forte atrativo para os turistas que visitam a Tailândia é a gastronomia. Dos pratos tradicionais simples as comidas mais exóticas como espeto de escorpião o país é repleto de alimentos saborosos.

#1 Pad Thai  O prato mais famoso do país é feito de noodles com soja, camarão e cebola, temperado com molho de soja, açúcar e pimenta malagueta servido em um wok quente.

#2 Pineapple Rice – Arroz frito com abacaxi doce caramelizado com especiarias tailandesas. A mistura agridoce pode parecer estranha, mas é muito saborosa.

#3 Comida de Rua – Na Tailândia as barraquinhas de rua não vendem apenas petiscos o lugar apresenta uma variedade enorme desde café da manhã a espetos de alguns animais como barata e escorpião.

#4 Green Curry  O Curry verde de leite de coco e pimentas verdes é apenas uma das variedades de curry que o país tem.

#5 Mango Rice – Sobremesa Tradicional o arroz doce de manga é um dos pratos mais famosos no verão época da manga no país.

Não é fácil, mas as vezes aparece uma praia deserta na Tailândia

Top 10 imperdíveis

  1. Visitar a capital cultural Chiang Mai
  2. Viver como local em Bangkok, uma das capitais mais vibrantes da Ásia
  3. Mergulhar ou fazer snorkel em Koh Tao
  4. Visitar algum centro que cuide de elefantes (por favor não ande nos elefantes)
  5. Visite quanto templos conseguir, você não vai se cansar
  6. Aproveitar os festivais, o Songkran, ano novo tailandês é um deles
  7. Comer um Pad Thai nas barracas de rua
  8. Fazer uma massagem tailandesa
  9. Visitar as ilhas do mar de Andaman
  10. Passar algumas noites nas isoladas ilhas de Koh Lipe

Dicas e Curiosidades da Tailândia

  • A Religião oficial da Tailândia é o budismo.
  • Muang Boran é considerada o maior museu a céu aberto do mundo.
  • Falar mal do rei pode levar à prisão.
  • Tailândia é o único país do Sudeste Asiático que não foi colonizado por europeus.
  • Colocar a mão na cabeça de outra pessoa é falta de educação.
  • Bangkok tem cerca de 400 templos sagrados.
  • Pisar em dinheiro é considerado ilegal.
  • O hino toca duas vezes por dia e você é obrigado a parar imediatamente em sinal de respeito.
  • Não se utiliza faca para comer, apenas colher e garfo.

Se você gosta de…

Adrenalina: Para quem gosta de aventura deve incluir Krabi em seu roteiro. O lugar tem escalada, trilhas e outras diversas atividades ao ar livre. A escalada em suas montanhas pedrosas são uma das atrações da ilha e proporcionam uma vista incrível.

Caminhadas: O Parque Nacional Khao Yai é ideal para quem gosta de caminhar em meio a natureza e belas paisagens. Sendo o segundo maior parque do país seus atrativos principais são as vegetação, o verde por toda parte encanta os olhos. Deixar o dia agitado da caótica cidade grande e passar boas horas apenas respirando ar fresco e observando os pássaros do lugar.

Culinária: O lugar indicado para experimentar a gastronomia tailandesa é o Wang Lang Market. O mercado é repleto de barracas com  comida de rua, no horário de almoço o lugar fica cheio. A diversidade de alimentos é tão grande que o difícil é escolher o que vai comer primeiro.

Cultura: A cidade milenar Ayutthaya foi fundada em 1350 pelo rei U-Thong e  foi a primeira capital do país. Os templos e ruínas deixadas após sua invasão tornam o lugar único. Tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco, Ayutthaya recebe turistas de todo o mundo que tem curiosidade para conhecer mais a fundo sua história e da Tailândia.

Encontro com animais: Se gosta de mergulho, snorkel  e animais a ilha Koh Tao é o seu lugar.  Conhecida como “Turtle Island” por proporcionar a possibilidade de nadar com tartarugas.

Paisagens memoráveis: A Ilhas Phi Phi é uma das mais famosas da Tailândia e com certeza está entre as mais visitadas. E não é por menos, suas paisagem paradisíaca são deslumbrantes e inclusive serviram de cenário para filme.

Refúgios remotos: Bang Kachao é uma ilha artificial formada por uma curva do rio Chao Phraya e um canal. O parque é considerado um refúgio urbano, onde muitos locais vão para relaxar no fim de semana.

Vida urbana: Faça compras no Mercado Flutuante, visitar outro país nos deixa com vontade de viver como um local. O melhor lugar para experimentar como é o dia a dia de um tailandês. Visita obrigatória para nós turistas os mercados flutuantes vendendo inúmeros tipos produtos desde roupas, remédios, alimentos, entre outros.  Visitar um mercado flutuante durante a noite é uma experiência totalmente diferente.

Vida noturna: Se durante o dia Bangkok é uma cidade caótica a noite não perde nada. A avenida Khao San Road tem uma das vidas noturnas mais animadas do país. Com  bares, baladas e restaurantes tem um lugar ideal para cada gosto.

Nossa viagem por lá

Quando chegamos na Tailândia sentimos que tínhamos chegado no céu! Sem exagero! Vínhamos de dois meses de Índia mais uma semana em Myanmar, sem acesso a hotéis neste último país, acampando em qualquer lugar. Quando cruzamos a fronteira, na primeira cidade já encontramos um resort por 30 dólares, comida maravilhosa, shopping center, dezenas de restaurantes, cinema, estradas boas, nem acreditamos!

O país é tão legal que ficamos até o limite do visto do nosso carro, de 60 dias. Aproveitamos ao máximo tudo que podíamos. A Tailândia é simplesmente demais!

Load More Posts

Tailândia é um país seguro?

Para nós brasileiros, a Tailândia é um país seguro, mas, principalmente na capital Bangkok, pequenos crimes como roubos de bolsa ou carteira, acontecem, então fiquem alerta.

Outra coisa é a corrupção por parte da polícia, nós não tivemos nenhum problema, mas, soubemos de casais que foram pegos dirigindo depois de terem bebido e foram extorquidos pela polícia.

Regra é regra e lá não se pode beber e dirigir e se você ainda for estrangeiro, pode ter problemas, então, sigam as regras do país e não terão problemas.

Veja também: 

Koh Samui, uma das principais praias da Tailândia

O que nós achamos da Tailândia?

A Tailândia é um lugar dos sonhos, não temos dúvida disso. As praias são incríveis, a cultura mais ainda e as pessoas muito amigáveis… e a comida, hummm, nem se fala!

Nós ficamos dois meses no país e temos certeza de que foi pouco tempo. Tentamos o máximo possível aproveitar tudo que podíamos, mas, a cada dia descobríamos um lugar novo, uma tribo, um templo, um festival, parece que não acaba…

Você também ficará com essa sensação, faz parte, aproveite intensamente cada minuto, cada segundo, cada garfada e aceite que você terá de voltar um dia!

Siga eles no Instagram: Leo Spencer e Rachel Spencer

Melhores Roteiros da Tailândia

Contrate um guia na Tailândia

Bangkok

Nome: Theazinho Chunkag (no facebook Experiência Tailândia – Tours em Português)

E-mail – info.exptailandia@gmail.com // Telefone – +66830142144

Ele responde super rápido através do Facebook e pode escrever em português mesmo.  Achamos ele ótimo e além de falar dos lugares também falou da vida na Tailândia, que é a parte que mais gostamos.

Intercâmbio

Existem diversas agências de viagem que oferecem intercâmbio no país.  Os mais famosos são os para trabalho voluntário com duração mínima de 2 semanas programas para cuidar de animais e preservação do meio ambiente. Cuidar de elefantes, tigres ou ensinar inglês para crianças carentes são alguns dos programas que você pode se candidatar.

Há opções também de cursos de idioma em inglês ou em tailandês.

Mais informações em breve!

Trabalho x Habilidade

Hoje em dia, mais do que nunca, está cada vez mais fácil você viajar pelo mundo. Mas mais do que isso, existem diversas empresas que te ajudam a encontrar um trabalho em troca das suas habilidades. Você já pensou em fazer um trabalho social ou cuidar de animais, ou até mesmo pintar a parede de um hotel?

Sites como Workaway ou Wordpackers são exemplos de plataformas onde você pode encontrar famílias, instituições, serviços, que precisam de alguma ajuda.

Em breve vamos colocar mais informações para vocês sobre esse assunto!

Localize-se no mapa

Baixe nosso guia

Quer todas essas informações de forma gratuita no seu smartphone, mesmo se não tiver internet durante sua viagem? É só baixar o e-book com todo o conteúdo disponível nesta página.

Em breve!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
shares