Loading...
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Como planejar uma viagem à Europa

Planejar uma viagem à Europa é item indispensável para poder aproveitar os países que você deseja conhecer e ainda conseguir otimizar o tempo da viagem.

Ao planejar uma viagem à Europa algumas perguntas precisam ser respondidas, como “por onde chegar?”, “quanto tempo ficar?” e “o que conhecer?”. Para isso, pesquisar informações sobre o destino é essencial. Quanto mais você souber sobre o lugar, maiores são as chances de não ter problemas durante a viagem.

Para quem vai a primeira vez para o velho continente, saber sobre o que pesquisar é outro detalhe básico. Pensando nisso, elaboramos abaixo um miniguia com dicas de como planejar uma viagem à Europa. Você pode usar os tópicos como ponto de partida para elaborar o roteiro das suas próximas viagens.

Paris

Paris pode ser o destino perfeito para uma viagem

Não compre a passagem por impulso

Vira e mexe surgem promoções de passagens aéreas para a Europa e o difícil é se segurar e não querer comprar logo, por impulso. Quem opta por comprar a passagem só pelo preço pode ter problemas se não quiser conhecer o destino e, consequentemente, vai acabar gastando mais com transporte para as cidades que deseja ir.

O ideal é pensar o roteiro antes da passagem de saída e retorno ao Brasil. Caso a promoção seja para um lugar que você já queria conhecer, vale a pena comprar. Se for o contrário, é melhor ter cautela para não gastar mais do que o necessário.

Menos é mais na hora de definir o roteiro

Quem a vai a Europa se empolga e quer conhecer vários destinos em uma só viagem. Quem faz essas viagens e fica até três dias em cada cidade tende a gastar muito mais com os transportes, que não costumam ser tão baratos. Além disso, o viajante não consegue conhecer nenhuma cidade profundamente, já que precisa passar rapidamente pelos pontos turísticos e ir logo para a próxima parada.

O dilema de “menos é mais” é válido também para quem deseja viajar pelo velho continente. Cidades grandes como Paris, Londres ou Lisboa merecem ser apreciadas com calma, pois possuem diversas atrações interessantes. Assim, às vezes é melhor abrir mão da quantidade de países visitados em prol de uma viagem com mais qualidade e momentos de apreciação.

Amsterdã

Amsterdã é uma cidade linda e merece ser visitada em uma viagem à Europa

Hospedagem: hostel, hotel ou Airbnb

Na Europa o que não faltam são opções de hospedagem. Tem para todos os tipos, preços e gostos. Quem quer economizar, opta pelo hostel. Quem prefere um pouco mais de conforto, pode escolher o hotel. E quem vai em grupo ou família tem a facilidade do Airbnb.

Mas, o ideal é reservar a hospedagem com o máximo de antecedência possível. Sites de reservas são ótimos por isso, pois você pode fazer uma reserva gratuita e, se achar outro lugar para ficar, cancelar sem precisar pagar nada.

Vale ressaltar que em cidades como Londres, Paris e Berlim você estará bem localizado se ficar próximo ao metrô. Em cidades menores é mais recomendado se hospedar perto do centro histórico. Antes de ir viajar pesquise quais são as melhores áreas para ficar nos destinos que você pretende visitar.

Faça bate-voltas

Uma boa maneira de aproveitar melhor uma viagem à Europa é fazendo bate-voltas. Todas as cidades que fiquem a menos de 1h30 da sua cidade base e que não seja tão grande a ponto de justificar um pernoite, vale um bate-volta. Use essa técnica para cidades como Pisa e Verona na Itália, por exemplo.

Se você estiver de carro vale a pena ir fazendo paradas pelo caminho, caso contrário, deixe suas malas no hotel e volte a noite, a tempo de aproveitar a sua cidade base para um passeio noturno.

Malta

A Europa é repleta de cidades históricas, como Malta

Praca do Palacio

O que não faltam são praças charmosas

Noruega

E ainda dá para apreciar belíssimas paisagens

Como se locomover dentro da Europa

Na Europa o que não faltam são opções de meios de transporte. Dá para viajar de carro, ônibus, trem, avião em voos low costs e até de bicicleta, para os mais aventureiros. Mas, vale ressaltar que nem sempre trem é a opção mais econômica e nem o avião a opção mais cômoda. Sem contar que carros em cidades grandes é sinônimo de trânsito, e tudo que a gente não procura nas férias é o estresse.

Logo, decidir como se locomover na Europa depende de como será seu roteiro e quais cidades você pretende visitar. Para longas distâncias opte pelo avião, trem para distâncias menores e carros para viagens com muitas paradas. Ônibus pode ser uma boa opção para quem quer economizar, já que, dependendo da época, é possível encontrar trechos por até €5,99.

carro san marino

Alugar uma Ferrari e viajar pela Europa não seria nada ruim, não é?

Visto e documentos obrigatórios

Antes de embarcar para qualquer viagem é preciso confirmar quais são os documentos obrigatórios, se não você corre o risco de não conseguir nem embarcar. Brasileiros podem viajar pela Europa por 90 dias, em países-membros do Acordo Schengen até 2021. A partir dessa data, será preciso solicitar o visto.

Não esqueça também que seu passaporte deve estar com validade superior a seis meses desde a data de volta. Outro item obrigatório para entrar na Europa é o seguro saúde, que pode ser contratado de graça pelo seu cartão de crédito.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
*você receberá um e-mail atutomaticamente de confirmação - verifique suas caixas de entrada
close-link
2018-07-21T00:18:37+00:00
Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
*você receberá um e-mail atutomaticamente de confirmação - verifique suas caixas de entrada
close-link
shares