Loading...
Panamá 2018-06-30T05:43:58+00:00

Panamá

Do mar turquesa claro às florestas tropicais, o Panamá pode ser tão descontraído ou emocionante quanto você desejar. Oficialmente República do Panamá, o país é mundialmente conhecido por seus 77 quilômetros do Canal do Panamá que unem o Oceano Pacífico ao Oceano Atlântico. A cada ano, mais de um milhão de pessoas visitam o Canal do Panamá e observam esta maravilha da engenharia.

Para além da fantástica obra, o Panamá também oferece belas praias e cidades impressionantes, como é o caso da Cidade do Panamá, capital do país, onde é possível encontrar restaurantes de alta qualidade, vida noturna intensa e cassinos por todos os lados.

Turistas do mundo inteiro visitam a capital e descobrem uma bela cidade cosmopolita com todos os confortos que um centro de negócios e turismo pode oferecer.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

O famoso canal do Panamá visto de dentro de um barco

Informações úteis

Capital: Cidade do Panamá
Moeda: Dólar americano ($) e Balboa Panamenho (PAB)
Idioma: Espanhol
População: 4 milhões
Requer Visto: Não
Requer Vacinas: Não
Eletricidade: 120v
IDH: 0,78 (60º)
Graus: Celsius

Quando ir ao Panamá

Com temperaturas constantes durante o ano todo, o Panamá possui um clima tropical que faz com que seja um bom destino para se visitar em qualquer época do ano.

A umidade no país é geralmente alta, especialmente durante a estação de chuvas, que ocorre entre junho e dezembro. De um modo geral o clima no Panamá se divide em duas estações: seca e chuvosa.

Mas, quando ir ao Panamá depende muito mais do que você deseja fazer no país. Por exemplo, para quem quer fazer scuba diving ou snorkeling, a melhor época é entre dezembro e abril, quando a visibilidade d’água não é afetada pelas chuvas.

O único mês não recomendado para quem deseja viajar a turismo é novembro, quando há muitos feriados nacionais. Geralmente, os locais lotam os hotéis, muitos lugares fecham as lojas e, além disso, chove bastante.

Alta temporada (dezembro a março): Também conhecida como estação da seca, é quando menos chove no Panamá, por isso, costuma ser a época que os turistas mais vão ao país. Além disso, é nesse período que os europeus e americanos fogem das temperaturas negativas do inverno e vão aproveitar o sol nas praias panamenhas.

Média temporada (abril a junho): É o início da época de chuvas no Panamá e quando os preços começam a baixar depois da alta temporada. É a melhor época para quem deseja surfar no mar do Pacífico.

Baixa temporada (junho a dezembro): Conhecida como estação verde, a baixa temporada é a época das chuvas no Panamá. Nessa época, os preços e disponibilidade são melhores. O país ganha vida depois das chuvas tropicais. Além disso, a chuva geralmente não dura mais de uma hora e evapora tão rapidamente que você esquecerá que estava lá.

Melhores meses: dezembro, janeiro e fevereiro.

Como chegar no Panamá

O Panamá está localizado na América Central e a forma mais rápida de chegar até lá, desde o Brasil, é voando.

As opções de voo

A Copa Airlines, por ser uma empresa panamenha, tem seu hub no país. Por isso, oferece 66 voos semanais diretos para a Cidade do Panamá, a partir de sete capitais brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife e Manaus. As rotas são operadas com aeronaves Boeing 737-800 ou 737-700, respectivamente com capacidade para 155 e 124 assentos.

Outras companhias aéreas como Avianca, Gol e United também voam para o Panamá.

Indo de Carro

Apesar de ser conectado fisicamente com a Colômbia, não há estrada que conecte os dois países. Pelo contrário, é uma floresta densa e por isso se você for de carro até a Colômbia e quiser cruzar para o Panamá, terá de colocar o carro em um contêiner ou pegar uma balsa se houver uma em funcionamento. Nós acabamos enviando o carro de contêiner.

Já vindo da Costa Rica a fronteira é tranquila e funciona bem.

Ônibus

Para viajar pelo país, o serviço de ônibus vai para a maioria das cidades do Panamá. Muitos possuem ar-condicionado, mas geralmente operam em condições precárias. No terminal de ônibus que está perto do aeroporto doméstico de Albrook, você pode embarcar para a Costa Rica e muitos outros países da América Central.

Transporte no país

O transporte público no Panamá não é bem estruturado, sendo assim a melhor opção, principalmente nas grandes cidades, é optar pelo táxi.

Na Cidade do Panamá o Metrobus cobre quase toda a cidade e região metropolitana, entretanto, não é de fácil locomoção. Essa é a opção mais barata para se locomover. No entanto, é bastante difícil descobrir as rotas e paradas, além disso, muitas vezes estão sobrecarregados e são considerados inseguros.

Com exceção do trem histórico entre a Cidade do Panamá e o Colón que corre paralelamente ao canal, e é operado pela Companhia Ferroviária do Canal do Panamá, não há serviços ferroviários de passageiros que operam no Panamá.

Uma boa maneira de se locomover no Panamá é alugar carro. As principais empresas de aluguel de carros ficam no aeroporto internacional do Panamá, Tocumen, e nos principais centros da cidade. Por lá, você pode encontrar a maioria das principais agências de aluguel de carros.

O Panamá tem praias belíssimas, é só escolher qual você quer visitar

Hospedagem no Panamá

O país oferece uma grande variedade de meios de hospedagens, desde os mais econômicos até elegantes hotéis-butique.

Lunas Castle Hostel: Localizado no Casco Viejo, a 15 minutos da estação de metrô, o Lunas Castle Hostel  é a opção de hospedagem mais econômica da região. O albergue possui quartos compartilhados e privados, além de possuir um bar bastante animado, sendo uma boa opção para viajantes solos que querem conhecer novas pessoas.

Hard Rock Hotel Panama Megalopis: Nós já ficamos no Hard Rock e o hotel é ótimo! Os quartos são modernos, a cama é confortável, o serviço é impecável e oferece toda a infraestrutura de um hotel internacional. Além disso, também possui academia, piscina e suítes equipadas com banheiras. E o destaque sem dúvidas é o café da manhã.

Sortis Hotel, Spa & Casino – Autograph Collection: É um dos melhores e mais modernos hotéis da Cidade do Panamá. O empreendimento combina uma impressionante arquitetura moderna com sofisticação e comodidades, que garantem a experiência na hospedagem. Seus mais de 390 apartamentos e suítes dispõem de cama de luxo, closet, sofá-cama, amenidades, máquinas de café Nespresso, TV LED full HD e o wi-fi de alta velocidade. O hotel ainda possui um luxuoso spa e o maior e mais moderno cassino da cidade, além de um shopping center privado com mais de 30 lojas locais e internacionais.

Couchsurfing: É uma opção econômica para quem não se importa em dormir na casa de moradores locais. O contato acontece através do site da plataforma, onde o viajante busca por possíveis hospedagens para o lugar onde deseja conhecer.

O que levar

No Panamá, os residentes raramente usam shorts se não estão na praia. Por isso, leve calças, saias e roupas leves. O jantar e a vida noturna podem ser formais na capital: leve sapatos adequados ou sandálias e uma saia ou vestido para mulheres, calças e uma camisa para os homens.

Não esqueça de um suéter leve para restaurantes e passeios de ônibus com ar-condicionado. Um casaco de lã e leve é necessário para as regiões altas do Panamá. Para caminhadas, mangas compridas e calças de secagem rápida ajudam a manter os insetos afastados.

O que levar no verão: Biquíni, sunga, canga e todos os itens que são usados para dias a beira mar. Não esqueça do protetor solar e hidrante para os dias de sol.

O que levar no inverno: No inverno, leve guarda-chuva para os dias chuvosos e casacos impermeáveis porque costuma chover bastante no Panamá durante essa época do ano.

Link para post sobre o que levar na mala

Comidas imperdíveis

Ao longo das costas do Caribe e do Pacífico, a dieta consiste principalmente em coco, frutos do mar, raízes e frutas tropicais. A costa caribenha tem comunidades predominantemente indígenas e afro-antilhanas. Isso proporciona métodos mais tradicionais de cozimento, com todos os ingredientes naturais.

A influência afro-antilhana também trouxe comida mais picante em algumas áreas do Panamá.

#1 Hojaldras – É uma massa folhada leve, frita e não fermentada, que é feita em várias camadas com adição de recheio, usado tanto em doces quanto salgados.

#2 Tortillas de maíz con queso fresco – São tortilhas feitas de milho com recheio de queijo fresco. O preparo inclui ovos, sal, pimenta, cebola, milho e queijo.

#3 Bollos Bollo é um bolo feito de milho, aipim ou batata. As variações são consumidas na cozinha espanhola, colombiana e panamenha.

#4 Patacones – É feito com pedaços de bananas verdes fritas. Prato popular em muitos países latino-americanos, como Colômbia, Panamá, Equador, Costa Rica e Venezuela.

#5 Carne o salchicha guisada – Nada mais é que nosso cachorro quente. Feito com salsichas picadas ao molho de tomate, cebola e pimentão.

O Casco Viejo é o principal ponto turistico do Panamá

Top 10 imperdíveis

  1. Admirar o pôr do sol entre os prédios na Cidade do Panamá
  2. Visitar as ilhas do lado do Caribe
  3. Visitar as ilhas do Atlântico
  4. Fazer o passeio de barco pelo canal do Panamá.
  5. Separe um dia para explorar o Casco Antiguo a pé.
  6. Snorkeling nas águas cristalinas do Caribe
  7. Ir para San Blas
  8. Comer um Patacones
  9. Ir a um dos muitos cassinos da Cidade do Panamá
  10. Fazer turismo comunitário em alguma aldeia indígena.

Dicas e Curiosidades do Panamá

  • A moeda local é o Balboa, ele equivale a 1 dólar americano – ambos são aceitos em qualquer lugar no país
  • É um dos países mais baratos até agora na viagem.
  • Não deixe de ir na zona franca, encontramos preços melhores que nos EUA.
  • Se você vai viajar por toda a Am.Central faça um mercado caprichado no Panamá, vale muito a pena.
  • Segundo os locais, a zona franca de Colon (1hr da capital) tem preços ainda melhor que a Cidade do Panama.
  • Em Colon, cuidado para não ficar na região próximo do porto, é feia e perigosa.
  • Estadia é acessiavel mas não tão barato como as outras coisas, principalmente comparado com a Costa Rica que é um país caro.
  • Chove muito entre os meses de Junho e Outubro, evite!

Se você gosta de…

Adrenalina: Exploração das cavernas do lago Bayano.

Caminhadas: Parque Nacional Soberanía é o lugar ideal.

Culinária: Cada vez mais novos chefs estão modernizando a culinária na Cidade do Panamá

Cultura: Caso Viejo na Cidade do Panamá é o lugar cheio para quem gosta de cultura.

Encontro com animais: Snorkeling nas praias caribenhas.

Refúgios remotos: Bocas del Toro

Vida urbana: Cidade do Panamá

Nossa viagem por lá

Já visitamos o Panamá duas vezes e tivemos experiências completamente diferentes! Confira um pouco do que vivenciamos por lá!

Panamá é um país seguro?

As regiões turísticas requerem o mesmo grau de atenção exigido em qualquer viagem de turismo feita no Brasil e nos demais países da América Latina.

O Panamá é seguro desde que algumas áreas sejam evitadas, como as remotas áreas da província de Darién, fora de rodovia Pan americana. Esta área engloba o Parque Nacional Darién, assim como algumas reservas naturais de propriedade privada e estâncias turísticas.

Devido à escassez de estradas, a maioria das viagens é pelo rio ou a pé. Isto, combinado com infraestrutura médica irregular fora de grandes cidades, faz com que alguns lugares sejam potencialmente perigosos.

Além disso, a presença de grupos colombianos terroristas, traficantes e outros criminosos é comum em toda a área de fronteira Colômbia-Panamá, aumentando o perigo para os viajantes. As forças armadas revolucionárias da Colômbia (FARC) operam nas áreas remotas da província de Darién, no Panamá.

Outro lugar perigoso, é a “Costa do Mosquito”, uma área extremamente remota e inacessível ao longo da costa norte do Panamá delimitada pelo Rio Chiriquí, a oeste de Coclé Del Norte. O acesso à essa região é quase exclusivamente por barco ou avião. A área também costuma ter algumas estradas irregulares e caminhos que não são marcados no GPS.

Esse litoral é frequentemente usado para o narcotráfico e outras atividades ilegais.

O Cidade do Panamá tem cada dia mais restaurantes como este!

O que nós achamos do Panamá?

Visitamos o Panamá pela primeira vez em 2013 e estivemos de volta em 2018. Tivemos duas experiências completamente diferentes e nossa percepção do país mudou muito.

Em 2013 tivemos de tirar o carro do porto em Colón e ficamos meio assustados com o que vimos. Fora que era época de chuvas, em outubro, então todos os dias chovia muito, e não conseguimos fazer muitas coisas.

Já em 2018 foi tudo diferente. Visitamos o país em Fevereiro, época seca, e apesar do calor e da umidade, os dias estavam lindos e fizemos muitas coisas. Desde voltar ao Casco Viejo, bairro antigo mas que está muito mais bem conservado, como fazer o cruzeiro pelo canal do Panamá, que foi uma experiência super interessante.

Mas o destaque do nossa visita foi mesmo visitar a tribo indígena Emberá e conhecer um pouco mais sobre essas comunidades. Foi uma experiência super rica e de muito aprendizado.

Achamos também que os serviços melhoraram muito, com uma preocupação muito maior com o turista, pessoas mais gentis e educadas nos hotéis e lugares turísticos.

Siga eles no Instagram: Leo Spencer e Rachel Spencer

Melhores Roteiros

Contrate um guia no Panamá

Essa parte está em desenvolvimento, mais novidades em breve. Caso você já tenha usado o serviço de guia no país, ou conheça alguém, por favor no indique pelo e-mail contato@viajologoexisto.com.br. Obrigado!

Intercâmbio

Conhece alguém que já tenha feito intercâmbio neste país? Se sim, por favor divida conosco e nos ajude a melhorar essa categoria do portal. Clique aqui e fale conosco, abs e obrigado, leo e chel

Trabalho x Habilidade

Hoje em dia, mais do que nunca, está cada vez mais fácil você viajar pelo mundo. Mas mais do que isso, existem diversas empresas que te ajudam a encontrar um trabalho em troca das suas habilidades. Você já pensou em fazer um trabalho social ou cuidar de animais, ou até mesmo pintar a parede de um hotel?

Sites como Workaway ou Wordpackers são exemplos de plataformas onde você pode encontrar famílias, instituições, serviços, que precisam de alguma ajuda.

Em breve vamos colocar mais informações para vocês sobre esse assunto!

Localize-se no mapa

Baixe nosso guia

Quer todas essas informações de forma gratuita no seu smartphone, mesmo se não tiver internet durante sua viagem? É só baixar o e-book com todo o conteúdo disponível nesta página.

Em breve!

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
shares