Apaixonados por Mascate em Omã!

Mascate, capital de Omã no Oriente Médio, foi uma grata surpresa, na verdade, o país todo nos surpreendeu positivamente.

Chegamos das montanhas direto para a casa de uma simpática família de brasileiros. O papo rendeu ontem a noite, eles nos levaram para fazer um rápido tour pela cidade e então eles nos contaram que hoje eles iriam a um concerto no Opera House. 

Até ai tudo bem, isso não fazia muita diferença para nós! Porém quando passamos em frente ao prédio do Royal Opera House pensamos: “caramba, nós temos que ir nisso aí, será uma experiencia marcante”. 

Entramos na internet hoje e investimos 150 reais cada um para sentar na última fileira, literalmente, do teatro. Esse era o ingresso mais barato de todos. 

Uma praia que nunca imaginamos em Omã

O Royal Opera House de Omã

Na verdade pensa em um lugar maravilhoso, com uma arquitetura moderna, mas com detalhes inacreditáveis tradicionais! 

Problema: eu, Leo, precisava usar traje social e seria meio complicado para quem só trouxe uma calça jeans e um tênis, rs! Bom, para piorar lavei a calça hoje cedo e ela não tinha nem secado. Precisei ficar com o secador de cabelo para dar aquela última secada. 

Se não desse um jeito teria que pegar uma roupa local emprestada da Opera House, o que até seria interessante! De última hora o Adilson achou uma camisa que me serviu e lá foi eu de calça jeans escura, tênis preto, camisa branca… Bom, passei na revista e recebi a chamada de dois seguranças, mas acabaram deixando eu seguir em frente! 

Aproveitamos que nossos anfitriões iam ver uma ópera e resolvemos acompanha-los

Uma experiência fantástica em Mascate

O lugar, como já falamos, é fantástico! A parte interna é tão bonita quanto a externa! Muito detalhes. A apresentação foi maravilhosa, apesar do sono no começo. Infelizmente nao podemos fotografar, mas curtimos bastante! 

Foi caro, mas foi uma experiencia super exótica e que adoramos! Fizemos algo junto com uma família que mora aqui, um programa completamente fora do roteiro turístico! 

O Royal Opera House durante o dia

Quanta beleza em um lugar que só imaginávamos deserto

Doha, Geórgia, Armênia, Omã – essa frase acima tem sido repetida todos os dias nos comentários dos posts que temos colocado em nossas redes sociais.  Já são quase 20 dias desde que saímos do Brasil e ao todo, tirando a escala de 24horas em Miami, já visitamos os 4 países listados acima. 

Não nos assusta ter tantas pessoas repetindo esse ar de espanto a cada novo lugar que dividimos aqui. Infelizmente da mesma forma que o algoritmo das redes sociais SÓ lhe mostram assuntos que você DEVE gostar (baseado em um comportamento parecido com o seu), a maioria dos conteúdos de viagem tendem a ser de onde? Você sabe a resposta? 

De lugares que você fatalmente DEVE gostar. Até ai nenhum problema, as empresas precisam vender e nada mais justo do que fazer propaganda do que vende mais. 

Porém dessa forma tendemos a ficar reféns dos mesmos destinos. O tempo passa e somos tão martelados pelos mesmos países que parece que os 193 países da Nações Unidas se resumem a meia dúzia de países na América e Europa + Tailândia (quando aparece). 

E atenção, ninguém está falando que um país é melhor que o outro, que voce deve ir para aqui e não ali, NÃO! Só estamos refletindo porque MUITAS pessoas estão surpresas com a beleza de Omã ou da Armênia, por exemplo. 

Some tudo isso a errada percepção de segurança que rola de alguns MUITOS países e pronto: esquece novos países um pouco mais exóticos! 

Omã tem uma mistura única de praias lindas, arquitetura muito bem conservada e deserto

Mais um dia especial em Mascate

Como adoramos a arquitetura muçulmana e apesar de já termos visitado dezenas de mesquitas, sempre tem algo novo e impressionante para admirarmos. Dessa vez foi o lustre interno e os detalhes do teto, os tons de azul, tudo impecável. 

A mesquita se chama Sultan Qaboos Grand Mosque e é a principal mesquita da cidade de Mascate, capital de Omã. Da mesma forma que vimos em lugares como Doha ou Abu Dhabi, o grande charme desses lugares são os detalhes. 

Uma coisa em comum é: todas são extremamente bem cuidadas, não existe uma sujeira em nenhum lugar. As plantas são podadas perfeitamente, não existe uma falha no mármore branco, o lustre é lindíssimo, tudo feito e cuidado para impressionar qualquer ser humano. 

Hoje eu já fui preparado, de calça para cobrir meus joelhos. Mulheres devem estar com os joelhos, ombros, colo e cabeça cobertas. 

Assim que chegamos já ficamos impressionados com o jardim, sempre lindo… nos misturamos aos turistas que estavam por todos os lados e passeamos com calma, aproveitando cada detalhe desse lindo lugar! 

Para fechar o dia, nosso anfitrião Adilson, foi atrás de um local onde pudéssemos admirar o por do sol. Fechamos assim, com chave de ouro, nossa passagem pelo país.

Estávamos contando os minutos para ver os belos cenários holandeses.

Ficamos com a sensação que vimos bastante, mas, que daria para aproveitar ainda mais este belo país

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link