Loading...
Nova Zelândia 2018-06-29T16:27:16+00:00

Nova Zelândia

Nova Zelândia é muito conhecida por suas belezas naturais e é um dos destinos mais completos e atraentes da Terra. Localizada do outro lado do mundo, na Oceania, quem conhece pode afirmar com certeza de que vale cada quilômetro percorrido.

Para conhecer um cenário impecável, basta visitar sua Ilha Norte que proporciona praias quentes, perfeitas para surfistas ou para quem quer tomar um banho de sol. Em seu interior é possível encontrar vulcões ativos, lagos multicoloridos, entre outras formações geológicas que deixam qualquer um de boca aberta.

Já o outro lado, em sua Ilha Sul, as atrações são os picos nevados, a costa povoada por focas e baleias, fiordes, cidades cheias de charme e o cenário perfeito para ser explorado dirigindo um motorhome.

Como se as paisagens já não fossem motivos o suficiente para querer conhecer o país, é possível encontrar ótimos vinhos, cidades incríveis, pessoas admiráveis e uma infraestrutura espetacular.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Estradas isoladas são um convite para explorar esse pais de carro

Informações úteis

Capital: Wellington
Moeda: Dólar Neozelandês
Idioma: Inglês
População: 4,6 milhões
Requer Visto: Não 
Requer Vacinas: Não
Eletricidade: 220v
IDH: 0,90 (3º)

Quando ir a Nova Zelândia

Nova Zelândia está no hemisfério sul, então as estações são as mesmas do Brasil. O melhor período para visitar o país vai depender da sua preferência. Se você gosta de aproveitar as atividades ao ar livre, escolha conhecer o país no verão.

Caso queira fugir da alta temporada, aposte na primavera e outono que trazem temperaturas mais amenas. E para quem gosta de pistas de esqui, no inverno costuma nevar e as temperaturas são bem mais rigorosas, principalmente na Ilha Sul.

Alta temporada (de dezembro a fevereiro): Para aproveitar ao máximo o sol, mar e areia, as praias e lagos são perfeitas para se refrescar no verão, com temperaturas que variam de 21 a 32 °C, com poucos dias chuvosos. Nessa época, o dia amanhece cedo, por volta das 6h30 e escurece perto das 22h, aumentando a possibilidade de coisas que você consegue fazer ao longo do dia.

Janeiro é o mês em que as praias ficam cheias, os hotéis e campings lotados e por isso é necessário programar a viagem com antecedência para conseguir realizar as reservas e economizar.

Média temporada (junho a agosto): No inverno as estações de esqui estão lotadas trazendo a neve que cobre as enormes montanhas. As temperaturas variam de 1,5 a 15,5 °C, com chuva muito presente. Os dias são mais curtos e por volta das 17h já escurece. É importante se prevenir e ficar atento para eventuais mudanças repentina

Baixa temporada (setembro a novembro): A primavera traz climas de todos os tipos. Você pode esperar por dias frios, gelados, claros, ensolarados e quentes. É a estação mais ventosa e úmida e a que traz a beleza dos cenários com as tradicionais cerejeiras e tulipas. Por ser baixa temporada, é quando os hotéis oferecem mais ofertas. Fique de olho nas promoções!

Melhores meses: Há quem diz que a Nova Zelândia é incrível nos 365 dias do ano e por isso não existe melhor época para conhecê-la. Em relação ao orçamento, os períodos que vão de outubro a novembro ou abril e maio correspondem ao final da primavera e ao final do outono. Apesar de não terem o brilho do verão, essas estações oferecem ótimos preços e atendimentos.

Como chegar a Nova Zelândia

Muita gente acredita que seja difícil chegar à Nova Zelândia, mas o que pouca gente sabe é que o país está cada vez mais acessível. Não é necessário cruzar o mundo para chegar até lá.

As opções de voo: Existem opções de voos de 13 horas começando pela conexão direta via Buenos Aires e Santiago. A Aerolineas Argentinas possui voos que partem de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre com conexão em Buenos Aires.

Transporte no País

Uber: Um dos meios de transportes através de aplicativos mais famoso é o Uber. Legalizado na Nova Zelândia, é uma ótima opção para quem deseja economizar (é mais barato que táxi!). Ao chegar, no aeroporto de Auckland existem vários desses disponíveis.

Trem: Uma ótima opção para se deslocar dentro do país é o trem. Eles atravessam regiões com paisagens incríveis. Ligam na North Island, Auckland a Wellington, desembarcam os passageiros em frente ao ferry para a South Island. De Picton a Christchurch na costa leste e corta a ilha até Greymouth. A passagem custa em média NZ$ 3 por 40 minutos rodados.

Car Pooling: Uma maneira barata e ecológica é o CarPooling. Você aluga um carro e compartilha a corrida com alguém. Isso reduz os custos de combustível e estacionamento. Uma opção famosa na Nova Zelândia é o Let’s Carpool. É só entrar no site, se inscrever e escolher um carro que esteja indo para o seu destino.

Ônibus: Os ônibus passam por todos os pontos de interesse e os passageiros podem subir ou descer em qualquer parada. Os dois principais serviços desse tipo de transporte são as empresas Intercity e Naked Bus, com tarifas a partir de NZ$ 10. Em Auckland, os pontos possuem uma tabela fixada com os horários em que os ônibus passam e as passagens são cobradas por trechos.

City Pass para o Transporte: Ter um cartão em mãos antes da viagem pode ser útil por permitir que você use em qualquer atração, evite filas de ingresso e eles fornecem mapas, cupons e outras opções sobre as atrações que você quer visitar.

Navio/ Barco/ Cruzeiro: Se você está atrás de belezas naturais, outra opção interessante de cruzar a Nova Zelândia são os cruzeiros. A maioria deles saem da Austrália e da Oceania e outros são de viagens ao redor do mundo.

Acessibilidade: Um país destinado para turismo de aventura conta com uma grande lista de atrativos para estimular a adrenalina. Muitas empresas que fornecem essas atrações investem em equipamentos para torna-los acessíveis a pessoas com pouca acessibilidade.

A cidade de Queenstown na Nova Zelândia

Essa foi a vista saindo do aeroporto, paixão a primeira vista

Hospedagem na NZ

Nova Zelândia possui ótimas opções de acomodação como albergues, hotéis convencionais e acampamentos abrangendo todos os níveis de conforto e orçamento. O país é recheado de paisagens incríveis e os locais são muito bonitos. A maioria dos lugares são limpos e organizados, sem problemas de segurança.

Para viver uma aventura verdadeiramente neozelandesa, existe a opção de se hospedar em uma cabana de férias – conhecida como Bach.

O Airbnb também funciona super bem por lá e já usamos algumas vezes.

Para ter uma ideia os HOSTELS devem custar em média 30 dólares americanos para uma cama em um quarto compartilhado.

Há muitos CAMPINGS pelo país, então se resolver fazer sua viagem de motorhome, isso não será um problema.

SUGESTÕES:

— LOW BUDGET – ATÉ 30 USD:

Em Auckland existem muitas opções baratas para hospedagem por ser a maior cidade e a porta de entrada da maioria dos turistas. Sua melhor localização é perto da Queen Street, principal acesso da cidade. O hostel YHA Aucklando City está nessa região. Seus quartos são compartilhados e divididos por até seis pessoas e o custo mais baixo de uma noite de hospedagem é de US$ 19 e para quem possui o Hosteling International possui 10% de desconto.

— MÉDIO – 50 – 70 USD:

O Grand Millennium Auckland está localizado no centro da cidade, a 40 minutos do aeroporto, e é uma boa opção. Com piscina coberta, academia e um delicioso restaurante japonês, o hotel oferece ótimas instalações.

— LUXURY – Experiências diferenciadas, luxo:

Para quem quer desfrutar de um local bem equipado, é possível escolher entre uma grande variedade de acomodações que abrangem bairros históricos, chalés em vinícolas ou casas de hóspedes de luxo. Em Hokianga, o Luxury Eco B&B possui vistas deslumbrantes e é perfeito para quem está em uma viagem romântica.

Couchsurfing: Está viajando com pouca grana ou quer economizar na hospedagem? Couchsurfing pode ser a solução. O sistema oferece hospedagem na casa de moradores da cidade em que deseja. Para isso, basta cadastrar-se no site e escolher um anfitrião disponível. Depois é só conversar com ele e verificar sua reputação. Os anfitriões oferecem um espaço em suas casas sem receber nada em troca e você tem a chance de viver como um local do lugar que está visitando.

Se você não quer gastar nada de hospedagem a opção é usar o COUCHSURFING, essa plataforma possibilita dormir no sofá de alguém sem pagar nada. Mas, o couchsurfing é mais do que só conseguir um lugar para dormir de graça, onde a  ideia é ter uma visão local e interagir com seu anfitrião.

Principalmente no verão, reserve com antecedência para não ficar sem opções ou pagar preços exorbitantes.

Você pode gostar:

O que levar

O tempo da Nova Zelândia é famoso por variar bastante e dizem que você pode experimentar as quatro estações em um só dia, então é importante variar bem quando for arrumar as malas. Foque principalmente nas roupas que são leves, fáceis de colocar ou de tirar. Jeans são ideais para qualquer estação.

Por existir inúmeras atrações que ativam a adrenalina, não se esqueça da mochila para guardar seus pertences durante o passeio. Se você não quer ter despesas com itens pessoais, não se esqueça de levar shampoo, condicionador, desodorante, pasta e escova de dente, sabonete e medicamentos de emergência caso sinta dor de cabeça, enjoo ou febre.

O que levar no verão: No verão a média das temperaturas varia entre 20 a 30 °C, então pode se preparar para um calor intenso, variando com algum ventinho gelado. Camisetas leves, shorts, bermuda, vestido, cardigan, protetor solar, tênis, chinelo, sapatilha, óculos de sol, boné e biquíni ou sunga para aproveitar as praias são os itens que você não pode esquecer.

O que levar no inverno: O inverno em Nova Zelândia é bem intenso, principalmente se estiver indo para as montanhas. Invista em blusa de lã, camiseta com manga comprida, segunda pele, meias, jaqueta e calça impermeável para neve, touca, luvas, cachecol, manta de microfibra e pijamas mais quentes.

Veja também:

Comidas imperdíveis

As comidas típicas da Nova Zelândia são ótimas. Uma curiosidade é que eles se orgulham de ter desenvolvido o que chamam de “culinária do pacífico”. Seus ingredientes vão de queijo e carne a frutos do mar e seu o sabor é delicioso. O café da manhã é considerado a refeição principal e eles capricham, então aproveite!

#1 Ostras de Bluff  Prato típico da Nova Zelândia muito apreciado em Southland, onde as ostras são mais frescas. Para os especialistas nessa carne, dizem que o sabor é inigualável.

#2 Queijo Azul – Em 1952 a primeira receita de queijo da região foi criada e é produzida até hoje. O Queijo Azul é considerado uma das comidas da Nova Zelândia que todo turista deve experimentar.

#3 Fish and Chips – Sem fugir do óbvio, peixe com batata frita é uma das comidas típicas do país. Consiste em peixe frito empanado acompanhado por fritas, limão e molho tártaro.

#4 Pavlova – Em forma de bolo e a base de merengue, é a sobremesa mais famosa da Nova Zelândia. Crocante por fora e macia por dentro, recheada com marshmallow cremoso e decorada com frutas.

#5 Cordeiro Assado – Um dos pratos prediletos dos neozelandeses, suculento e macio é adicionado ao cordeiro alecrim e vegetais da estação.

Dezenas de pássaros na Nova Zelândia

Cena comum: natureza intocada na Nova Zelândia

Top 10 imperdíveis

  1. O cenário dos fiordes da Nova Zelândia são realmente de filme.
  2. A estrada para chegar em Milford Sound é uma das mais belas do mundo.
  3. O parque nacional de Tongariro tem trekking e vistas incríveis.
  4. Em Stuart Island é possível ver a Aurora Boreal.
  5. São muitos glaciares, não deixe de visita-los.
  6. Também são muitas termas, não deixe de visita-las em Rotorua.
  7. Dirigir o máximo que puder na Ilha Sul, os cenários são magníficos.
  8. Gaste algum tempo na Ilha Norte, você vai se surpreender.
  9. Aproveite os lagos Wanaka e Tekapo. Estão entre os mais lindos do mundo.
  10. Se você gosta de esportes radicais e adrenalina Queenstown é perfeita pra você.

Dicas e Curiosidades da Nova Zelândia

  • Nova Zelândia não tem nenhum animal perigoso, perfeito para quem ama acampar e estar perto da natureza.
  • Os Maoris, população nativa da Nova Zelândia está muito bem integrada na sociedade e você pode vê-los o tempo todo.
  • O nome do país, em Maori, significa “terra da longa nuvem branca”.
  • Caso queira conhecer um pouco da cultura maori, é possível algumas cerimônias em um Marae.
  • Poluição é quase inexistente no país.
  • A Nova Zelândia é o país com os menores índices de corrupção do mundo e com a melhor estrutura para turismo.
  • A primeira pessoa a escalar o Monte Everest foi o neozelandês Edmund Hillary.
  • Existem cerca de 7 ovelhas para cada pessoa no país.
  • O bungee jumping foi inventado na Nova Zelândia.
  • Os Maoris tradicionais cumprimentam com “hongi”, onde encostam narizes e testas simbolizando que os dois entendem a alma do outro.

Se você gosta de…

Adrenalina: Caso queira mergulhar em pura adrenalina e aventuras que acelere o coração, pule de paraquedas em Lake Wanaka ou em Queenstown. Você verá paisagens incríveis quando estiver a mais de 3.500 m do chão. Não se preocupe se for iniciante, os paraquedistas experientes apresentarão passo a passo sobre o que fazer em seu salto e o que esperar.

Caminhadas: Uma das melhores formas de apreciar as paisagens e explorar áreas selvagens do país é caminhando. Com milhares de quilômetros de trilhas, existem opções de caminhada que se adequam a todas as pessoas, com experiência e condicionamento físico diferentes. Podem levar de 30 minutos a 3 horas, esse tipo de passeio está em todo lugar. E para quem é aventureiro e quer apostar em algo maior, confira a trilha de vários dias, que inclui Great Walks. Pegue sua mochila e vista suas botas!

Culinária: Considerado um dos melhores restaurantes de Queenstown, o Flame Bar and Grill vale a visita para apreciar uma boa gastronomia típica.

Cultura: A Whakawerawera Village é perfeita para você conhecer uma tradicional vila Maori. O local é construído sobre uma região geotermal onde é possível aprender muito sobre as tradições do povo originário do país. Além de encantadora por si só, você pode presenciar uma apresentação do Haka, show cultural que abrange os costumes e a cultural Maori e fazer uma tatuagem com um artista local.

Encontro com animais: Você pode vivenciar uma experiência única nadando com lobos marinhos nas águas rasas de Kaikoura Peninsula. É possível encontrar baleias e golfinhos também, pois eles possuem morada permanente nas águas costeiras.

Paisagens memoráveis: Quem visita as Cavernas Waitomo saem encantados. As cavernas subterrâneas estão localizadas na Ilha Norte e são a casa de milhões de vagalumes que iluminam o caminho. Labirintos e rios subterrâneos foram formados ao longo de milhares de anos, estalactites descem do teto até encostar no chão. Esse passeio pode ser feito a pé ou de barco.

Refúgios remotos: Para fugir um pouco do comum, faça uma incrível viagem de balão. Os voos pela Ilha Norte sobrevoam áreas rurais, em que você consegue observar uma tapeçaria natural feita por pastos, plantações, vinhedos, florestas, estradas, rios, lagos e cidades. Já na Ilha Sul, os Alpes do Sul formam um lindo cenário coberto de neve.

Vida urbana: Se você é o tipo de pessoa que prefere passeios em meio à cidade, a Sky Tower é a atração perfeita. Erguida no meio de Auckland, com 328 metros de altura é a maior torre do hemisfério sul. Tem como objetivo principal emitir comunicação com sua antena, mas a torre é um dos observatórios mais famosos, atraindo milhões de turistas por ano. Existem diferentes níveis durante o passeio e um deles é ficar em cima de uma base de vidro para olhar a vista lá de baixo.

Vida noturna: Um misto de aventura com passeio noturno, você precisa visitar a atração na cidade de Tauranga, na Ilha Norte. Uma atividade com caiaque, o Waimarino Adventure Park leva os turistas a passeios noturnos guiados para presenciar o brilho etéreo de milhares de Glow Worms (vermes com iluminação própria no teto das cavernas naturais). O passeio parte uma vez por dia, antes de anoitecer, pois é necessário que esteja tudo escuro para presenciar o show de luzes naturais.

Nossa viagem por lá

Ficamos 30 dias na Nova Zelândia, onde tivemos a oportunidade de ver amigos, visitar museus, termas, glaciais e muito mais. Fomos de avião para a ilha sul, viajamos de motor home, dirigimos o país todo, foi demais!

É um país seguro?

Mais um país que é incrível no quesito segurança. A Nova Zelândia está no topo da lista de países mais pacíficos do mundo, ocupando a quarta posição de acordo com o Global Peace Index 2016, e em 2017 ficou em segundo lugar, atrás somente da Islândia.

Viajando por lá você sente isso. Nosso motorhome estava com um problema na porta e não trancava, mas, seguimos viagem mesmo assim, o carro estava sempre aberto e ouvimos de outros viajantes que mesmo tendo a tranca na porta, eles não trancavam.

Há muitos campings públicos e privados e por muitos lugares do interior do país, você vai ver mais turistas do que moradores. Além de encontrar pessoas passando a noite com seus carros em lugares maravilhosos tranquilos de não ter que se preocupar com a segurança.

Caso você seja mulher e está pensando em ir à Nova Zelândia sozinha, não tenha medo. O país considera seriamente o assédio sexual e a privacidade é muito respeitada.

Para nós turistas, o país traz uma sensação de segurança pouco experimentada, então é normal que se sinta relaxada e deixe de tomar tanto cuidado, mas se você está sozinha, é sempre bom ficar atenta.

Veja também: 

Leo e Chel Spencer na Nova Zelândia

Deslumbrados com as termas de Rotorua na Nova Zelândia

O que nós achamos da Nova Zelândia?

Confesso que o dia em que chegamos à Nova Zelândia, tínhamos saído da ensolarada Gold Coast na Austrália e chegamos a Auckland embaixo de chuva com um frio assustador. Ainda no aeroporto pensamos se não era uma boa já comprar uma passagem para voltar para a Austrália.

Mas, apesar do tempo que muda constantemente, e por ser uma ilha, tem ventos assustadores, sabíamos que o país tem tantas belezas naturais, que valeria a pena enfrentar o mal tempo. E isso com certeza é um bom resumo do que achamos, o tempo não é a melhor coisa da Nova Zelândia, mas, os lugares são tão lindos, que vale a pena enfrentar o frio e o vento.

Viajar pelo país de motorhome também é um dos destaques, vale muito a pena até porque hospedagem é caro e restaurantes também, e você consegue fazer essas duas coisas dentro do motorhome.

Ficamos quase um mês no país e foi uma viagem realmente incrível.

Siga eles no Instagram: Leo Spencer e Rachel Spencer

Melhores Roteiros

Contrate um guia

Essa parte está em desenvolvimento, mais novidades em breve. Caso você já tenha usado o serviço de guia no país, ou conheça alguém, por favor no indique pelo e-mail contato@viajologoexisto.com.br. Obrigado!

Intercâmbio na Nova Zelândia

Apesar de ser um país pouco divulgado na mídia, a Nova Zelândia é um destino incrível para quem quer estudar, trabalhar e desfrutar de uma qualidade de vida que poucos lugares no mundo podem oferecer.

Terra de praias paradisíacas e de cenários incríveis já conhecidos pelos fãs das Crônicas de Nárnia e Senhor dos Anéis, a Nova Zelândia tem custo de vista mais baixo em relação aos outros países de língua inglesa. Por não ser tão explorado pelos brasileiros, o país se torna ótima opção para quem quer focar 100% no inglês e evitar falar português.

Quer mais informações de intercâmbio na Nova Zelândia? Clique aqui e fale com um consultor da Goal Travel.

Trabalho x Habilidade

Hoje em dia, mais do que nunca, está cada vez mais fácil você viajar pelo mundo. Mas mais do que isso, existem diversas empresas que te ajudam a encontrar um trabalho em troca das suas habilidades. Você já pensou em fazer um trabalho social ou cuidar de animais, ou até mesmo pintar a parede de um hotel?

Sites como Workaway ou Wordpackers são exemplos de plataformas onde você pode encontrar famílias, instituições, serviços, que precisam de alguma ajuda.

Em breve vamos colocar mais informações para vocês sobre esse assunto!

Localize-se no mapa

Baixe nosso guia

Quer todas essas informações de forma gratuita no seu smartphone, mesmo se não tiver internet durante sua viagem? É só baixar o e-book com todo o conteúdo disponível nesta página.

Em breve

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
Receba nosso conteúdo gratuito
Acreditamos que juntos chegaremos mais longe e é por isso que disponibilizamos e-books, guias e planilhas gratuitas para vocês, seguidores do Viajo logo Existo
Clique aqui para confirmar
close-link
shares