Como usar o cartão de crédito para fazer seu seguro viagem

O seguro viagem é um item indispensável para quem pretende conhecer outro país.

Existem várias opções de contratar um seguro viagem: por agências, direto com as seguradoras ou através do cartão de crédito. Já escrevemos sobre qual plano de saúde de viagem escolher, entretanto também é importante saber que existem opções de preços, produtos e contratos para o seguro viagem.

 

 

Como funciona o seguro viagem do cartão de crédito?

Alguns cartões de crédito, principalmente os que têm status platinum ou superior, oferecem o seguro viagem gratuitamente para os clientes. Porém, para adquirir tal benefício muitas vezes é preciso comprar a passagem aérea ou as taxas de embarque pelo cartão.

Apesar da aparência gratuita, o seguro faz parte dos serviços pagos com a anuidade do cartão. E não são todos os cartões que oferecem tal benefício. Por isso, entre em contato com seu cartão para saber se você tem direito ao seguro viagem.

Há casos em que o seguro é automático, ativado independe da compra da passagem. Outros seguros de cartão de crédito oferecem cobertura mesmo dentro do Brasil, a partir de uma certa distância da residência do viajante.

Como utilizar o benefício

Para utilizar o seguro viagem basta entrar em contato com o cartão de crédito e solicitar para as datas da sua viagem.

Para esportes radicais é recomendado contratar o seguro viagem.

É importante saber!

Caso utilize o seguro do cartão de crédito, se informe antes sobre todos os direitos do segurado, qual o valor da cobertura, o tipo de seguro e os números de contato para atendimento.

Além disso, vale ressaltar que tal benefício embutido em algumas categorias de cartões consegue representar uma boa economia, já que “não é preciso pagar” pelo seguro viagem. Mas também pode oferecer cobertura insuficiente, dependendo dos planos do viajante.

A cobertura oferecida pelos cartões de crédito

A cobertura oferecida pelos seguros de cartões de créditos costuma se assemelhar à dos planos mais básicos oferecidos pelas seguradoras. Além disso, há casos especiais em que é melhor contratar um seguro específico, como para atividades radicais ou viagens longas.

A maioria das apólices convencionais de seguros não cobrem acidentes de pessoas que se expõem ao risco. E nesse termo, estão incluídos os esportes radicais, como snowboard, esqui, bungee jump e voo de asa-delta. Nesses casos, é preciso contratar um seguro específico para esportes de aventura.

 

 

Outro detalhe é que o período máximo de cobertura oferecido pelos cartões são de 30 a 60 dias. Por isso, quem viaja para um mochilão, período sabático ou intercâmbio deve contratar um seguro viagem para períodos estendidos.

No geral, o seguro viagem do cartão de crédito costuma ser uma boa opção para viagens de curta duração. Vale a pena aproveitar os benefícios para viajar tranquilamente.

Imagem destacada: Pixabay

Veja também

As belezas da Islândia: cachoeiras, lago de icebergs e caverna de gelo

Faça chuva ou faça sol, nós viemos ver as belezas da Islândia! Essa poderia ter …