Home – África – Etiópia – Post.

As impressionantes igrejas de pedra de Lalibela

Por muito tempo a Etiópia foi notícia pela miséria. Hoje o país atrai muitos turistas principalmente pelas impressionantes igrejas de pedra de Lalibela.

Decidimos ir para a Etiópia em cima da hora. Tem muitos outros lugares que adoraríamos conhecer no continente mas como agora estamos sem carro e os voos não são baratos tivemos que optar por um.

Além da capital Addis Abeba incluímos também a cidade de Lalibela.

O que sabíamos sobre essa cidade assim que compramos as passagens era pouco, a cidade é conhecida como a Nova Jerusalém e tem 11 igrejas monolíticas construídas no século 12 que inclusive são patrimônios da humanidade pela Unesco devido seu valor histórico.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

A cidade de Lalibela

Lalibela ainda é um vilarejo a 700km da capital Addis Abeba e por isso a forma mais fácil de chegar lá é de avião, já que de carro ou ônibus você vai levar dois dias pelo menos. Mesmo os voos internos ainda sendo caros na Etiópia é a maneira mais fácil de se locomover.

O vilarejo é pequeno mas tem algumas opções de hotel e achamos que ainda é barato dado que é o lugar mais turístico do país. O principal motivo para ir até lá é ver as igrejas então 2, 3 dias são mais do que suficientes. A maioria dos hotéis tem transporte do aeroporto para o hotel e o acesso até que é fácil.

Nós ficamos em um hotel simples que chama Lal Hotel e achamos que a vantagem é que é perto das igrejas. Você pode contratar um guia para fazer o passeio ou ir caminhando e descobrindo tudo sozinho, que foi o que fizemos.

Alguns momentos do caminho até o Parque Nacional Torres del Paine, Chile.

As impressionantes igrejas de pedra de Lalibela.

A entrada para as igrejas é cara, custa 50 dólares por pessoa, e é um dos patrimônios da humanidade mais caros que visitamos dos 100 que visitamos ao redor do mundo.

Mas já estávamos lá e não faria sentido não ver as igrejas então pagamos sem reclamar.

São dois grupos de igrejas e a igreja St. George que está um pouco afastada. O mais incrível é que as igrejas foram esculpidas na rocha e apesar de terem ficado cobertas até o século 20 até que estão em bom estado.

A St. George é a mais impressionante por estar embaixo da terra literalmente. Para entrar na igreja geralmente você segue por um túnel. Algumas delas tem algumas paredes esculpidas.

Além das igrejas eu particularmente fiquei impressionada com o modo de vida das pessoas. Vimos pessoas como vemos nos filmes que retratam 2.000 anos atrás… Parecia que estávamos em um filme. Tudo muito simples, mas exatamente como realmente é. Nada feito para o turista.

Você pode visitar as igrejas e também alguns monastérios que estão na região. Como estávamos com o orçamento limitado, ficamos só com as igrejas.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Um por-do-sol de tirar o fôlego

Outro lugar que acabou virando ponto turístico é o restaurante Ben Abeba, que tem uma linda vista para o vale. Pegamos um tuk tuk até lá, aproveitamos o por do sol e ficamos para o jantar.

A comida não surpreendeu, mas a vista fez valer a visita.

Visitar Lalibela como um todo foi uma experiência que valeu a pena!

A caminho de Punta Arenas, no meio do nada – Chile.

Nossos Parceiros

Microsoft_Home

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Nossos guias de viagem
Seja o primeiro a receber os guias de viagens feito por quem já rodou o mundo inteiro atrás de dicas, curiosidades e muito mais...
Quero receber dicas...
                                                                                                                      *não leva nem um minuto...
close-link